• Luxo Aju

Política by Adiberto de Souza

adiberto de souza_edited.jpg
Casas do amém

O retorno das atividades parlamentares na Assembleia e na Câmara Municipal de Aracaju será de quase nenhuma serventia para a população. Majoritariamente governistas, estes dois parlamentos estão mais preocupados em agradar o governador e o prefeito do que defender os interesses do povo. No Legislativo estadual o que realmente desperta a atenção é a suspeição de que a grande maioria dos deputados meteu a mão grande nas verbas de subvenções, concebidas para ajudar entidades ditas filantrópicas. 14 parlamentares estaduais sentarão no banco de réus se não explicarem direitinho à Justiça como gastaram R$ 36 milhões em pleno ano eleitoral. Na Câmara os interesses populares estão relegados ao último plano, pois a grande maioria dos vereadores se satisfaz balançando a cabeça afirmativamente para os projetos do Executivo municipal. A subordinação é tamanha que o vereador Lucas Aribé (PSB) já comparou aquela Casa a uma reles subsecretaria da Prefeitura. Tomara que nas próximas eleições o povo saiba escolher melhor seus representantes.

Dia de posse

Os suplentes Bertulino Menezes (PSB) e José Américo (PMDB), o popular “Bigode”, serão empossados daqui a pouco como os mais novos vereadores de Aracaju. Os dois substituem Robson Viana (PMDB) e Jony Marcos (PRB), eleitos ano passado, respectivamente, como deputados estadual e federal. Bertulino está retornando à Câmara, enquanto “Bigode” estréia seu primeiro mandato.

Medo de vaia

Diferente do governador Jackson Barreto (PMDB), que passou o Carnaval fora de Sergipe, o prefeito João Alves Filho (DEM) prestigiou alguns blocos carnavalescos de Aracaju. Temendo ser vaiado, como aconteceu ao tentar falar na feijoada do Bloco Rasgadinho, João Alves não abriu a boca em suas andanças pelos bairros da capital. Pelo menos não ficou rouco!

Santa inocência

Veja o que publica o amigo Eugênio Nascimento em seu blog Primeira Mão: Nos dias de hoje ainda tem morador antigo da Zona de Expansão que acha que a São Cristóvão quer a área para si por que possui muitas mangas, cajus e côco. Não sabem do valor da terra, do petróleo (roylaties), IPTU e do ICMS.Também desconhecem o peso de seus votos – são 120 mil moradores e algo em torno de 60 mil eleitores.

Pediatria completa

O Ipesaúde firmou convênio com o Hospital São Lucas para oferecer aos beneficiários um atendimento completo em pediatria. Segundo o presidente do Instituto, Lauro Seixas, esse convênio era um desejo antigo dos que fazem o Ipesaúde: “Estamos acabando com um velho gargalo, que era a falta de atendimento de alta complexidade aos filhos dos servidores públicos”, festeja.

Mercenários

Injuriado com os ataques recebidos por apoiar o governador Jackson Barreto (PMDB), o deputado estadual Augusto Bezerra (DEM) bateu duro em seus críticos: “A ingratidão e a falta de reconhecimento transformam alguns seres humanos em mercenários. Não sei como essas pessoas conseguem olhar para os filhos”, postou o demista numa rede social. Misericórdia!

Não acredite

A Polícia Federal está alertando os internautas que há usuários anônimos enviando mensagens eletrônicas em nome do órgão. As falsas mensagens informam que o internauta estaria navegando em "sites clandestinos e que isso resultaria na abertura de inquérito policial”. Depois, há um pedido para clicar em um link anexado à mensagem. Esse links podem instalar, em muitos casos, pragas no computador do usuário. Abra o olho!

Não quer mais

O empresário e primeiro suplente da senadora Maria do Carmo Alves (DEM), Ricardo Franco (PTB), não pensa em fazer carreira política. Entrevistado pelo amigo Habacuque Villacorte, o petebista disse que, “por enquanto, não tenho nenhuma outra pretensão política. Minha intenção está voltada apenas para a atividade empresarial”. Então tá!

Em baixa

Aos pouco, vão ficando para trás os anos de vertiginoso crescimento que acompanharam a indústria da construção civil. O empresário Tarcísio Teixeira, presidente do Sinduscon/SE, acredita que agora em 2015 as atividades do setor serão menores do que as de 2014, quando houve uma retração de 5% em relação a 2013. Segundo ele, essa redução já era prevista para este primeiro semestre.

Há vagas

Embora viva se lamentando da falta de recursos para tocar a máquina, o governo de Sergipe segue com o festival de nomeações de comissionados. De janeiro até agora já foram mais de 1050, e o Diário Oficial do Estado não pára de publicar novas contratações, procedimento que deve continuar por mais algum tempo. O critério de nomeação é o tradicional QI, de quem indica.

Recorte de jornal

A_mulher_é_o_alcoolismo_-_Correio_de_Aracaju_-_6_de_janeiro_de_1912_-_arquivo_0

Publicado no Correio de Aracaju em 6 de janeiro de 1912.