• Luxo Aju

Política by Adiberto de Souza

Reforma é engodo

Desgastada perante a opinião pública, a classe política elegeu a Reforma Política como sua tábua de salvação. Desde as últimas manifestações contra a presidente Dilma Rousseff (PT) não se fala em outra coisa no país que não seja na tal reforma, prometida há anos e jamais feita, justamente por não interessar aos políticos com mandatos. Qual deputado ou senador, eleito graças às malas pretas, caixas dois, compra de votos e doações suspeitas, vai querer moralizar as campanhas eleitorais, defender eleições justas? Os poucos que discordam da maioria até podem se esgoelar no Congresso, mas não conseguirão aprovar nada que contrarie quem defende que tudo continue como dantes no quartel de Abrantes.

Sem destino

Conforme a coluna suspeitava, o presidente da Assembleia, deputado Luciano Bispo (PMDB), disse ontem não saber ainda qual o destino dos R$ 36 milhões das verbas de subvenção. A Mesa Diretora do Legislativo já decidiu acabar com a suspeita filantropia pelega, mas quanto à grana não se sabe o que fazer com ela. Certamente, o Parlamento encontrará um jeito de usar essa dinheirama em benefício dos próprios deputados. Quer apostar uma mariola?

Saúde falida

Embora o prefeito João Alves Filho (DEM) insista em dizer que a saúde de Aracaju é uma maravilha, o povo segue massacrado nos postos de saúde. Ontem mesmo, grande número de doentes aguardou por horas por um socorro na Unidade Nestor Piva, zona norte da capital. A falta de médicos impediu o atendimento dos enfermos. Uma lástima!

Saúde falida II

O Pró-Mulher, que a Prefeitura de Aracaju vai realizar no próximo sábado, é mais uma demonstração de que não há estrutura nos postos para realizar exames de rotina. Como alternativa para minimizar o caos em que se transformou a saúde pública, o prefeito João Alves Filho ressuscitou o tal Pró-Mulher, que não passa de um malfadado mutirão, um paliativo para quem precisa e não tem assistência médica de qualidade.

De olho nela

A corrente petista Articulação de Esquerda deu o primeiro passo para se afastar do governo Jackson Barreto (PMDB). De olho na Prefeitura de Aracaju, este grupamento do PT começou a criticar a administração peemedebista, que ajudou a eleger. E para mostrar que não está de brincadeira, a Articulação de Esquerda já acionou seu braço grevista: os professores da rede estadual fizeram manifestação ontem para discutir uma próxima paralisação. Enquanto isso, o povo ó!

Prisão de ventre

De um gaiato num boteco da zona norte de Aracaju: “O prefeito João Alves está há dois anos sem obrar. A continuar assim, ele não terá merda nenhuma para apresentar na próxima campanha eleitoral”. Homem, vôte!

Aposentado

O deputado estadual Luciano Pimentel (PSB) anunciou ontem ter se aposentado da Caixa Econômica Federal. “Sei que meu ciclo na empresa foi concluído após 30 anos de trabalho. Por isso assinei minha rescisão com sentimento de dever cumprido”, declarou o deputado estadual e ex-superintendente da Caixa em Sergipe.

Beija mão

Os governadores do Nordeste se reúnem hoje em Brasília com a presidente Dilma Rousseff (PT). Vão levar o apoio à petista nesta hora em que a popularidade dela está baixíssima. Aproveitam para pedir uma ajudazinha do governo federal, visando reduzir os efeitos da crise financeira que se abateu sobre os Estados. O governador sergipano Jackson Barreto integra a caravana de pires na mão rumo ao Palácio do Planalto.

Fuleragem

O grupo Vivo/Telefônica lidera o ranking das empresas que receberam mais reclamações fundamentadas em 2014: 4.482 queixas. A Vivo é seguida pelo grupo Claro/NET/Embratel (3.749), Lenovo/CCE (2.465), Itaú/Unibanco (2.082), Oi (1.911), Bradesco (1.893), Pão de Açúcar/Extra/Casas Bahia/Ponto Frio (1.402), Tim Celular (1.397), Sky Brasil (1.367), Caixa Econômica Federal (1.028).

Casa caiu

Nos últimos 10 dias, a Polícia Federal apreendeu cerca de 150 quilos de maconha e cocaína em Sergipe. Quatro pessoas foram presas com a droga. Por conta destas apreensões, as bocas de fumo já aumentaram o preço do bagulho. Portanto, está mais caro dar um tapa na macaca!

Recorte de jornal

Anúncio_de_Chevrolet_-_Diário_da_Tarde,_Atacaju_16_de_novembro_de_1937.png

Publicado no aracajuano Diário da Tarde em 16 de novembro de 1937.