• Luxo Aju

Série Pele Saudável - Quando um Sinal representa perigo


Por: Suyan Vasconcelos - Dermatologista

“Sinais" e "pintas" (nevos) são tão comuns que é raro alguém não ter pelo menos um. Então quando devemos nos preocupar??


Pouquíssimas pessoas nascem com os nevos. As lesões surgem na pele ao longo dos anos e tendem a diminuir na idade adulta. Esses, são tumores benignos que se originam dos melanócitos. Estas são as células da pele que produzem o pigmento responsável pela sua cor, a melanina. Normalmente os nevos são arredondados, de cor marrom uniforme, elevados, simétricos, pequenos e com bordas bem demarcadas.


As células de alguns nevos melanocíticos podem se transformar em um tipo perigoso de câncer de pele, o melanoma. Os nevos com mais tendência a sofrer esta transformação são os nevos displásicos.


Por isso devemos reconhecer precocemente os sinais de gravidade usando a regra do ABCD.

  • Assimetria ou formato irregular: desenhe uma linha dividindo o sinal em 2 partes. Se as metades são diferentes, mais chance de ser anormal.

  • Bordas irregulares: as bordas de sinais atípicos não são bem definidas ou são "denteadas".

  • Coloração variada: um sinal com diferentes tonalidades de cor indica mais chance de ser anormal, especialmente se todos os outros sinais do corpo tem coloração uniforme.

  • Diâmetro maior que 6 milímetros: a maioria dos melanomas se espalha horizontalmente antes de se espalhar verticalmente. Sinais maiores que o diâmetro de um lápis devem ser suspeitos.


Portanto, examine a própria pele para se habituar com os seus sinais e pintas. Lembrando sempre de avaliar não só os braços, abdome e torax como também, axila, mão, pernas, pés (inclusive a planta), entre os dedos, couro cabeludo, nadegas e por fim a região genital.


Caso algum deles possua uma das caracteristicas da regra do ABCD procure um dermatologista para que este possa te avalair.


E ai! Você conhece todos os seus “sinais”? ;)