• Luxo Aju

Política By Adiberto de Souza

Carrasco do servidor

Caso insista em não conceder aumento salarial aos servidores estaduais, Jackson Barreto (PT) será visto pela categoria como o pior governador da história de Sergipe. Com salários achatados, os trabalhadores da administração direta não o perdoarão, assim como já ocorre com os professores, em greve pelo cumprimento do piso salarial do Magistério. Quem está vivendo na miséria não aceita pedido de paciência, nem pode esperar que o cofre público fique abarrotado para só então participar da divisão do bolo. Ademais, o servidor não tem culpa se, como dizem, a receita do governo está no limite prudencial. Ora, e por que continuam contratando milhares de apadrinhados para cargos comissionados? Portanto, seria bom Jackson repensar a política salarial pratica pelo governo, sob pena de entrar para a história como o carrasco dos servidores.

Todo errado

A Polícia Rodoviária Estadual apreendeu um Fiat Uno pertencente à Câmara Municipal de Tobias Barreto. Os policiais descobriram que o IPVA do carro está atrasado, falta a placa traseira e o motorista não tinha habilitação. O veículo foi rebocado para o pátio do Detran, em Aracaju. Pode uma coisa dessa?

Das antigas

Dernival Luiz de Moura, preso com documentos que podem ajudar a decifrar o escândalo das subvenções da Assembléia, não é um desconhecido. Há alguns anos, ele foi demitido da Deso por justa causa, após uma sindicância ter comprovado graves irregularidades cometidas contra a empresa. Mesmo assim, continuou prestando serviços para o Estado, o que demonstrar possuir bons padrinhos.

Ousadia

Bandidos fortemente armados invadiram o prédio da Justiça Federal, em Aracaju, e levaram as armas e os coletes balísticos dos quatro vigilantes. Até agora a Polícia desconhece o paradeiro dos assaltantes. Ora, se nem o protegido prédio da Justiça Federal escapa da ação dos marginais, imagine o cidadão comum residente na periferia da capital. Socorro!

Parasitas caros

Proibidos pela Justiça de seguirem em greve, os professores da rede estadual precisam encontrar outras formas de lutas para pressionar o governo a pagar o piso salarial da categoria. Que tal mostrar os equívocos do governo na condução da máquina pública? Seria legal divulgar quem são os parentes poderosos de boa parte dos ocupantes de cargos em comissão, que ganham R$ 8 mil, R$ 10 mil para não fazer nada produtivo.

Borrachudos

No primeiro quadrimestre deste ano, Sergipe ficou em terceiro lugar no ranking estadual dos cheques sem fundos, com 10,65% das devoluções, perdendo apenas para o Amapá (23,22%) e Roraima (11,62%). No mês passado, o percentual de devoluções de cheques pela segunda vez por insuficiência de fundos foi de 2,26%, um recorte. Segundo a Serasa Experian, este percentual elevado pode ser explicado pela queda da renda real dos consumidores e pela expansão das taxas de desemprego.

Sacanagem

Tem posto de combustível em Aracaju que só abastece o carro no cartão de crédito se o suplicante aceitar comprar gasolina aditivada, que é um pouco mais cara que a comum. Outros postos vão mais além e depois das 22 horas alegam que só têm o produto aditivado. Será que essa sacanagem tem cobertura legal?

Sem água

Lagarto, Riachão do Dantas e Simão Dias estão sem água tratada desde ontem, por conta do rompimento da adutora do Piautinga. Segundo a Deso, o problema foi provocado pelas fortes chuvas, aliado ao acúmulo de sujeira no riacho do Machado, onde a adutora rompeu. A previsão é que a tubulação seja recuperada até amanhã. Tomara!

Chuvas preocupam

As áreas afetadas pelas fortes chuvas caídas em Aracaju foram visitadas ontem pelo prefeito João Alves Filho (DEM). Ele disse que a Defesa Civil Municipal está em alerta para possíveis sinais de deslizamento nas 15 áreas de morro da capital. Daqui a pouco, o prefeito concederá entrevista coletiva para anunciar as providências tomadas visando reduzir os transtornos causados pelas chuvas.

Sem desespero

A crise econômica preocupa, mas não é motivo para desespero. Quem pensa assim é Alexandre Porto, coordenador do Fórum Empresarial de Sergipe e vice-presidente da Confederação das Associações Comerciais do Brasil. Segundo ele, diferente do que ocorreu no passado, o Brasil não está passando por um caos econômico: “A inflação não está em dois dígitos e não estamos vivendo aquela remarcação desenfreada de preços verificada nos anos 80”, afirma.

Recorte de jornal

Publicado no jornal aracajuano Folha da Manhã em 30 de setembro de 1939.

Resumo dos jornais