• Luxo Aju

Política By Adiberto Souza

João está delirando

O governador Jackson Barreto (PMDB) disse ontem o que muita gente já desconfiava: o prefeito de Aracaju, João Alves Filho (DEM), não está batendo bem da cuca. “Ele precisa melhorar a cabeça, pois anda muito confuso. Vocês não observam isso quando vão entrevistá-lo?”, indagou Jackson aos jornalistas. O governador estranhou o fato de João ter reclamado que há mais de seis meses tenta sem sucesso uma audiência com ele. “Isso é confusão da cabeça do prefeito, pois o recebi em Palácio no último dia 13 de abril. Ademais, foi o próprio João quem desmarcou o encontro agendado para a última terça-feira visando discutir sobre o BRT”. Barreto acha que Alves Filho está aperreado por causa das eleições de 2014: “Não prometi transporte de primeiro mundo ao povo de Aracaju. Vou dizer a ele que faça logo o BRT porque para o ano a cobrança vai ser feia”. Será que daqui pra lá o prefeito também vai esquecer das promessas que fez em 2012?

Sem segurança

Os consumidores ainda compram em camelôs artigos que não têm controle de segurança. Cerca de 32,1% dos entrevistados pela pesquisa do Instituto MDA relataram ter adquirido um produto no mercado informal nos últimos 12 meses, com destaque para brinquedos (37,1%). Mesmo assim, a consulta destaca que em relação à segurança, 65,1% das pessoas disseram dar preferência a produtos que trazem o selo de identificação do Inmetro. Menos mal, né?

Morrendo morreu

O marginal José Carlos Lima, vulgo “Morrendo”, morreu durante uma troca de tiros com a Polícia. Acusado por prática de roubos e dois homicídios, “Morrendo” se escondia na Invasão das Mangabeiras, periferia de Aracaju, onde foi localizado e morto no confronto com a Polícia.

Palhaçada

De olho no apoio dos partidos “nanicos”, os deputados federais reprovaram a proposta que acabava com as coligações partidárias nas eleições proporcionais. Isso significa dizer que, em termos de negociatas políticas, tudo vai continuar como dantes no quartel de Abrantes. Vergonhoso!

Ajudinha petista

O assessor especial do Ministério da Saúde, ex-deputado Rogério Carvalho (PT), recebeu em Brasília 25 prefeitos de Sergipe, todos interessados em liberação de recursos. O petista ouviu as reivindicações dos administradores e reuniu todos os processos dos municípios sergipanos em tramitação naquele Ministério. Rogério prometeu agilizar as ações visando acelerar as liberações de verbas para as Prefeituras de Sergipe.

Useiro e vezeiro

A Operação Concórdia, desencadeada ontem para prender assaltantes e traficantes de drogas, terminou “engaiolando” o sargento PM Agnaldo. Ele foi flagrado numa escuta telefônica conversando com um acusado de traficar drogas. O Sargento preso é aquele motoqueiro que, em janeiro passado, sacou o revolver e ameaçou um casal que estava dentro de um carro na Praça Tobias Barreto. Lembram?

Desinformado

E o polêmico vereador aracajuano Agamenon Sobral (PT) direcionou sua verborréia contra o secretário estadual da Educação, Jorge Carvalho. “O governo está pagando a folha de maio sem descontar os dias em que os professores estão em greve. É muita covardia do secretário”, discursou. Alguém precisa dizer ao furibundo vereador que a folha salarial ficou pronta antes de a greve ter sido considerada ilegal pela Justiça.

Largue essa idéia

Caiu em 30,7% no total de fumantes no país nos últimos nove anos. Segundo o Ministério da Saúde, 10,8% dos brasileiros mantêm o hábito de fumar. O índice é maior entre os homens - 12,8% contra 9% entre as mulheres. O consumo de cigarros é maior na faixa entre 45 anos e 54 anos de idade (13,2%) e menor entre jovens com idade entre 18 anos e 24 anos (7,8%).

Mais grana

O deputado federal Fábio Reis (PMDB) apresentou um projeto de lei garantindo mais recursos para a Polícia Rodoviária Federal. O texto prevê que a receita decorrente de apreensão, remoção e guarda de animais e veículos seja revertida em proveito da PRF do estado onde o trabalho foi realizado.

Caso de Polícia

O vereador Vardo da Lotérica (PP) deu um show de truculência na Câmara Municipal de Itabaiana. Revoltado por ter sido impedido de assinar a ata de presença, o pepista invadiu o plenário e chamou o presidente da Casa, Zé Roberto Imperador, de ladrão e envolvido na Operação Valquíria. Em seguida, insultou um servidor, que foi à Polícia prestar queixa contra o vereador valentão. Pode, uma coisa dessa?

Recorte de jornal

Vende_saveiro_-__Diário_do_Aracaju_em_17_de_março_de_1874.jpg

Publicado no Diário do Aracaju em 17 de março de 1874.

Resumo dos jornais