• Luxo Aju

Política by Adiberto de Souza



Brigas paroquiais

Sergipe assiste estarrecido suas principais lideranças políticas batendo boca, num baixo nível semelhante às escaramuças tão comuns em ponta de rua escura. Em vez de se preocuparem com as questões macro do estado, se unirem em torno das grandes demandas sociais, nossos políticos preferem a crítica chula. Trocam a discussão republicana pelo achincalhe desprezível. Ontem, foi a vez de o senador Eduardo Amorim (PSC) e o governador Jackson Barreto (PMDB) se engalfinharem verbalmente. Aqui pra nós, quem se interessa em saber que Amorim parece fisicamente com o personagem Mister Bean? Em vez de recorrer à elegância para contestar ao condenável bullying de JB, o senador preferiu insinuar que o adversário é corrupto, ladrão, malandro, preguiçoso e desqualificado. E é neste clima de bodega tosca em fim de feira, que os sergipanos enfrentam problemas graves como falta d’água, desemprego, ausência de saneamento básico e educação de qualidade. Pior, pagam com as vidas pela falência da saúde e da segurança pública. Lastimável.

Fez escola

O senador Renan Calheiros (PMDB) fez escola ao descumprir liminar do ministro Marco Aurélio, do Supremo Tribunal Federal. Agora mesmo, o presidente da Câmara de Aracaju, Vinícius Porto (DEM), fez ouvido de mercador a uma decisão judicial obrigando-o a colocar em votação requerimento cancelando o exagerado reajuste dos vereadores. Aprovado pelos próprios na calada da noite, o aumento elevará os salários de R$ 15 mil para R$ 19 mil. Danou-se!

Grana presa

E o Tribunal de Contas de Sergipe voltou a bloquear as contas da Prefeitura de Aracaju visando garantir o pagamento da folha salarial. Pela decisão, enquanto não pagar os salários de novembro e o 13º, a municipalidade não poderá sacar recursos nos bancos para honrar outros compromissos. Mesmo com o bloqueio, é bem provável que o prefeito eleito Edvaldo Nogueira (PCdoB) herde a folha deste mês. Desconjuro!

Pelo twitter

Do deputado federal Valadares Filho (PSB) no twitter: “Deus me dando saúde, ainda terei mais de 30 anos na vida pública sem a presença de um político tão atrasado como Jackson Barreto”. E o governador respondeu no mesmo tom e pela mesma rede social: “Deputado Valadares Filho, torça pela vida e pela saúde do seu pai, porque mais atrasado do que ele Sergipe nunca viu”. Misericórdia!

Reprovados

Vinte e dois municípios sergipanos não alcançaram média de 5 no índice de transparência, que expõe receitas e despesas, licitações e contratos, além dos salários servidores. Os reprovados são Areia Branca, Carira, Canindé, Moita Bonita, Monte Alegre, Glória, Santo Amaro, Muribeca, Telha, Amparo de São Francisco, Aquidabã, Brejo Grande, Canhoba, Cumbe, Itabi, Japaratuba, Santa Rosa de Lima, Santana do São Francisco, Pedrinhas, Pinhão, Poço Verde e Porto da Folha.

Mais Médicos

Sergipe receberá nos próximos dias 17 médicos cubanos. Eles vão substituir os patrícios que passaram três anos atuando no interior do estado. Os novos profissionais de Cuba vão permanecer entre nós pelos próximos três anos. Sejam bem-vindos!

Faltosos

Os faltosos nas três últimas eleições devem regularizar a situação a partir do dia 2 de maio de 2017. Quem não o fizer, terá o título cancelado pela Justiça Eleitoral. Não estarão sujeitas ao cancelamento os títulos as pessoas que possuam alguma deficiência que torne impossível ou extremamente oneroso o cumprimento das obrigações eleitorais.

Força popular

E o futuro prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira (PCdoB), promete administrar a capital com a força da população. “Vamos trabalhar para tirar a cidade do caos em que está vivendo”. A promessa foi feita ontem, minutos antes de o comunista receber da Justiça Eleitoral o diploma de eleito. Além dele, também foram diplomados a vice Eliane Aquino (PT), os 24 vereadores e seus respectivos suplentes.

Sem crime

Não é mais crime desacatar funcionário público no exercício da função. Segundo o Superior Tribunal de Justiça, as normas criminalizando o desacato são usadas para silenciar ideias e opiniões contrárias, caracterizando desigualdade entre um servidor público e um particular. O afastamento da tipificação criminal, contudo, não impede a responsabilização de um acusado por outros crimes, como calúnia, injúria ou difamação. Portanto, abra o olho!

Bipolar

O transtorno bipolar, uma doença sem cura, mas com tratamento e controle, atinge 4% da população. O censo feito pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Segundo a Associação Brasileira de Transtorno Bipolar, em 60% dos casos a doença se manifesta antes dos 20 anos de idade. Na infância, os sintomas mais comuns são a distorção do humor e o avanço precoce da sexualidade.

Visita incômoda

E o ex-prefeito de Capela, Manoel Messias Sukita (PMDB), amanheceu hoje com a Polícia Federal batendo na porta. Os agentes cumpriram mandados de busca e apreensão na casa do peemedebista e na Prefeitura de Capela. Desenvolvida em 11 estados, esta operação da PF visa desarticular um esquema de corrupção relacionado à cobrança judicial de royalties da exploração mineral, a exemplo do potássio extraído no subsolo capelense. Vixe Maria!

Recorte de jornal


Publicado no jornal Folha de Sergipe, em 20 de outubro de 1907.

#política

0 visualização