• Luxo Aju

Política by Adiberto de Souza



Portas escancaradas

Das penitenciárias de Sergipe só não foge quem não quer. Semanalmente, dezenas de perigosos criminosos escapam dos inseguros presídios pulando os muros sem vigilância ou simplesmente vão embora pela porta da frente. O último caso ocorreu no complexo penitenciário localizado na periferia de Aracaju, onde o bandido Zé do Pantanal foi “solto” por engano e escadefeu-se. Com dificuldades para explicar as rotineiras fugas, o governo culpa os agentes penitenciários, enquanto estes se defendem acusando o Executivo de não oferecer as condições necessárias para impedir a debandada de detentos. Vítima desse vergonhoso disse me disse, o cidadão paga o pato, pois é o principal alvo dos criminosos que retornam às ruas para delinqüir novamente. Até parece que as constantes e inexplicáveis fugas fazem parte de uma estratégia oficial visando reduzir a superlotação dos presídios sergipanos. Ora, como não acreditar nisso, se as guaritas de segurança permaneçam abandonadas e não se eletrifica as cercas de arames cortantes expostas sobre os muros das penitenciárias? Pior é que, quando questionado sobre isso, o governo responde com um silêncio sepulcral. Oh Deus do Céu!

Balões de ensaio

Faltando ainda dois anos para as eleições de 2018, muitos balões de ensaio começam a ser lançados no espaço sergipano. O mais vistoso deles é o do jovem empresário Ricardo Franco. Suplente de senador, o moço espalha aos quatro ventos o desejo de disputar o governo de Sergipe. No fundo, no fundo, Ricardo trabalha a idéia de concorrer a uma cadeira proporcional, pois não dispõe de cacife eleitoral para uma empreitada majoritária. Marminino!

Ficção

Tivesse sido cumprido o que prega a Constituição Estadual, Sergipe teria hoje 90 municípios. Em 1989, os constituintes aprovaram a criação de Alagadiço e Mocambo (ambos em Frei Paulo) Nossa Senhora do Patrocínio (Brejo Grande), São José do Itamirim (Itabaianinha), Nossa Senhora de Fátima e Luzinópolis (ambos em Porto da Folha), Samambaia (Tobias Barreto), Rosa Elze (São Cristóvão), Veracruz (Riachão do Dantas), Treze e Jenipapo (os dois em Lagarto), Escurial (Nossa Senhora de Lourdes), Santa Rosa do Ermírio e Sítios Novos (ambos em Poço Redondo) e São Mateus da Palestina (Gararu).

Pesadelo

Temendo acordar com a Polícia Federal batendo à porta, alguns empresários e políticos de Aracaju estão pernoitando em postos de combustíveis. Só retornam aos luxuosos apartamentos após as seis da matina, portanto, depois do horário em que os agentes da PF costumam tocar a campainha para cumprir mandados de prisão contra robustos propineiros. Misericórdia!

Novo rumo

E o senador Antônio Carlos Valadares (PSB) promete construir uma nova caminhada política, agora na oposição ao governo de Sergipe. Pelas redes sociais, ele garante ter ajudado a construir um novo projeto político para o estado, porém teve que mudar de lado por discordar “do estilo superado de governar que conduziu Sergipe ao populismo e ao descrédito”. Então, tá!

Última semana

A população de Aracaju está contando os dias para se livrar da terrível administração do ainda prefeito João Alves Filho (DEM). Falta menos de uma semana para este suplicante entregar as chaves da prefeitura a Edvaldo Nogueira (PCdoB), que prometeu transformar a capital de Sergipe num pedaço do paraíso aqui na terra. Aguardemos, portanto!

Fim de linha

E o deputado André Moura (PSC) termina o ano ameaçado de perder o cargo de líder deste governo temerário na Câmara Federal. Pelo menos é o que informa a revista Época. Segundo a publicação, o parlamentar sergipano está em fim de linha na liderança. O cargo dele será oferecido ao Centrão - grupo de parlamentares do qual André fez parte até ser líder - visando facilitar a reeleição de Rodrigo Maia (DEM-RJ) para a presidência da Câmara. Homem, vôte!

Festa de posse

A Câmara Municipal de São Cristóvão está convidando para a posse do novo prefeito Marcos Santana (PMDB) e do vice Adilson Júnior (PDT). A festa vai começar às 17h do próximo domingo, com uma missa na Igreja São Francisco, devendo a solenidade de posse ocorrer em seguida, na praça do mesmo nome. Já empossados, Marcos e Júnior participam das comemorações pelos 427 anos da quarta cidade mais antiga do Brasil.

Conte outra

A Prefeitura de Aracaju emitiu nota tentando explicar a remoção de documentos por uma janelinha do Centro Administrativo Prefeito Aloísio Campos. Diz que os vários pacotes colocados na mala de um carro fazem parte da “transferência habitual de itens para o almoxarifado”. Admitamos, porém, ser muito estranho retirar documentos oficiais por uma janelinha e de forma apressada como se observa no vídeo. Ora, se era um ato normal, por que não executá-lo pela porta da frente? Tomara que a explicação da Prefeitura convença a Polícia e o Ministério Público. Aff Maria!

Coco de fora

Apesar de ser o terceiro maior produtor de coco do Brasil, Sergipe importa toneladas deste fruto seco. Originário do Sri Lanka, Vietnã e Malásia, o produto é utilizado como bem intermediário pelas indústrias sergipanas do setor de alimentos. Dados do IBGE revelam que o coqueiral sergipano produz cerca de 250 milhões de frutos anualmente. Legal!

Imobilidade

O vereador Lucas Aribé (PSB) está preocupado com as abandonadas calçadas de Aracaju. Segundo ele, obstáculos como hidrômetros dificultam a circulação dos pedestres. “A Prefeitura não fala em melhorar as calçadas para garantir o direito de ir e vir”, se queixa o parlamentar deficiente visual. É, e ainda dizem que Aracaju se destaca nacionalmente em mobilidade urbana. Que lorota!

Recorte de jornal

Publicado no jornal Correio de Aracaju, em 24 de dezembro de 1908.


#política

0 visualização