• Luxo Aju

Crianças conhecem pontos turísticos de Aracaju e se divertem no Dia dos Surdos



As crianças assistidas pelo Instituto Pedagógico de Apoio à Educação dos Surdos de Sergipe (Ipaese) comemoraram o Dia Nacional do Surdo, nesta segunda-feira (26) se divertindo e recebendo informações de conscientização ambiental. A ação realizada pela Secretaria da Indústria, Comércio e Turismo de Aracaju (Semict) faz parte da Semana do Turismo que ocorre em todo o mundo com o tema “Turismo para todos: promover a acessibilidade universal”. Escolhido pela Organização Mundial do Turismo (OMT). O Dia do Turismo é celebrado nesta terça-feira (27) e a programação continua.

A diversão começou na sede do Ipaese com a chegada da Marinete do Forró. As crianças percorreram a Orla da Atalaia e se divertiram no Mundo da Criança, conheceram o Caranguejo Gigante e ainda ficaram encantada com as belezas do Oceanário de Aracaju com o Projeto Tamar.

“A Semict sempre antenada segue o tema trabalhado pela OMT e oferece um dia especial as crianças do Ipaese com acessibilidade. Estamos mostrando que nossos pontos turísticos estão prontos para receber pessoas com qualquer tipo de necessidade especial. As crianças se divertiram e ficaram felizes no Dia dos Surdos e aprenderam também a importância de preservar o meio ambiente. Quero agradecer o apoio da Viação Progressos e do Oceanário de Aracaju. Nesta terça-feira que é dia do Turismo tem mais uma ação com as crianças maiores do instituto”, explica o secretário da Semict, Fábio Andrade.

O Dia Nacional dos Surdos foi criado há dois anos e alerta a importância da inclusão social.

“O Ipaese trabalha com crianças desde 2000 e atende cerca de 120 pessoas atualmente. A data traz uma reflexão sobre a inclusão das pessoas com deficiência auditiva na sociedade. O dia foi muito especial. Tudo é uma novidade para eles que ficaram muito felizes. A instituição filantrópica vive de doações e quando recebe um presente assim eles comemoram, tudo é festa. Eles sabem o significado do dia especial e estão comemorando”. Vibra a professora Camila França.

Eles foram acompanhados de profissionais que dominam a comunicação feita através da Língua Brasileira de Sinais (Libras). O Instituto Pedagógico de Apoio à Educação do Surdo em Sergipe (Ipaese) é uma Organização Não Governamental (ONG) fundada em dezembro de 2000 por um grupo de pais de crianças e adolescentes surdos. É a primeira escola especializada para surdos em Sergipe, com alunos da capital e do interior do Estado. A ONG tem reconhecimento de utilidade pública Federal, Estadual e Municipal.

Doações


Interessados em contribuir financeiramente com o trabalho do Ipaese podem efetuar doações através das seguintes contas bancárias:

Banco Banese – Agência 054 / Operação: 03 / Conta Corrente: 100739-1 Caixa Econômica Federal – Agência 2175 / Operação: 03 / Conta Corrente: 1121-8