• Luxo Aju

Raio X da noite


Por um Seguidor


Com o apoio daquele que enxerga as mazelas do Estado através dos seus óculos, o candidato stalinista senta, a partir de 1º de janeiro de 2017, no trono, já sem muito lustre, da capital aracajuana. O prenuncio da derrocada do Novo foi feito de forma inesperada, quando uma certa senhora, que outrora fora mãe dos pobres - hoje pouco quista -, surgiu no evento em que a principal liderança política da Bahia apareceu para prestar apoio ao candidato derrotado.


O que era para ser a arrancada rumo ao pódio, tornou-se um verdadeiro pesadelo. Era o que faltava para a mente arquitetural do Marketeiro engenhoso criar uma teia de ligações digna de fazer inveja ao Spider Man. A partir daí, a campanha que já tinha ares pouco democráticos, mostrou a sua genuína face, que não era lá muito bela. Mas, considerando que o sistema é o que é, cabe a todos dizer amém ao resultado apurado nas urnas.


A memória é curta, porém, lembraremos daqui a três meses da promessa de regularização dos pagamentos dos servidores já a partir de janeiro. É quando veremos se é pelo menos com o pé direito que se inicia o governo.