• Luxo Aju

Alto índice de desemprego preocupa Valadares Filho



De acordo com dados da pesquisa Pnad, divulgados, hoje (31/5), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Brasil tem um contingente de desempregados de 14 milhões de brasileiros.


Em pronunciamento feito hoje, o deputado Valadares Filho (PSB-SE) disse que “para se ter uma ideia de como está alto o índice de desemprego, segundo o IBGE, esta é a maior taxa de desocupação do trimestre terminado em abril desde 2012, quando foi de 7,8%. Mesmo que a leve alta observada no último trimestre, a taxa de desemprego de 13,6%, ainda é muito alta”.


Valadares Filho ressaltou sua preocupação com o aumento do desemprego no seguimento da construção civil. Para o parlamentar, quando o desemprego atinge o setor da construção, é sinal de que o setor público reduziu investimento em infraestrutura; que as construtoras de moradia não estão se arriscando a colocar casas e apartamentos no mercado, pois não têm expectativa de venda a curto ou médio prazo.


“Esse é um setor vital para a produção do País; e teve uma queda nos empregos de mais de 4%”, destacou Valadares Filho.

No setor de comércio e conserto de veículos também houve queda de quase 3%, o que também é, na avaliação do deputado do PSB de Sergipe, é um péssimo sinal.


O deputado também disse que somente com a retomada do crescimento econômico será possível diminuir a taxa de desemprego. No entanto, para que haja crescimento econômico é preciso que se restaure o equilíbrio de governabilidade, e só vai ocorrer se houver avanços na discussão e votação da reforma política.


Valadares filho disse ainda que somente será possível retomar a governabilidade, em outras bases: com financiamento de campanha exclusivamente com recursos públicos; partidos fortes e fim desse modelo de presidencialismo de coalizão. “Um país não pode viver refém de entendimentos que não sejam baseados em programas partidários firmes”, disse.


Para o deputado, uma vez aprovada a reforma política e sanada a crise de governabilidade, o país vai entrar novamente nos trilhos; a economia volta a crescer e com isso aumenta a geração de empregos.