• Anny Brito

Vokker e Visage da PlusNetWork estréiam em Aracaju na festa So Delicius

Os jovens produtores Bruno (Vokker) e Fábio (Visage) se apresentaram pela primeira vez, em nossa cidade neste último sábado, no Espaço Sobre As Ondas. Integrantes da nova etapa de contratações do casting da PlusNetWork, empresa mais completa do ramo eletrônico. A Plus, se vale da experiência conquistada ao longo de quase 20 anos, atendendo ao mercado de entretenimento em todo o Brasil. Representei a agência dando suporte aos artistas e conversei com esses dois jovens prodígios. Soube deles a tragetória até fazer parte desse grande time e acredito ser inspirador para quem busca por espaço na cena eletrônica nacional. Ambos começaram produzindo músicas aos 16 anos antes de tocar.


O Visage começou a atuar numa cena parecida com a da nossa cidade. Segundo ele, na região metropolitana de Goiânia na época os eventos conceituais era para outro público e não tinha muito espaço. Através de um amigo aprendeu a produzir e assim passou a ter oportunidade de tocar em festas de maior porte. Conheceu o Pedrinho aka Illuzionize e fizeram parceria de forma que ele o ensinou a tocar e o Visage ensinou a produzir. Eles criaram o projeto Illuzionize juntos e em 2013 Fábio decidiu para de tocar para se dedicar apenas a produção. Voltando ao mercado em 2015 com seu projeto Visage, após um ano entrou para sua primeira agência a Field. Através de seu manager Ari Junior que apresentou seu trabalho para a Plus teve a oportunidade de ingressar ao casting há cerca de 2 meses. Essa foi sua segunda passagem pela região, a primeira foi em Salvador e disse:

“Eu gostei bastante, tanto os organizadores quanto o público foram bem receptivos comigo, ambas as festas bem organizadas e 2 cidades muito bonitas, gostei muito.”


https://soundcloud.com/visagemusic


O Vokker que já faz parte a mais tempo da Plus, disse que só aos 18 anos assumiu as pistas. Quando criou a track Don't Look Back com Liu chamou a atenção do booker Luis Claudio Boka e o potencial do seu talento foi determinante para receber o convite. Sobre sua estréia no Nordeste ele disse:

“Curti demais aqui, espero voltar mais vezes, falam super bem da região.”

https://soundcloud.com/djvokker


Esses jovens talentos que levaram o público ao delírio, sem dúvidas servem de inspiração aos que almejam conquistar seu espaço. A exemplo do sergipano Gui2in e o baiano Kuller que foram também atrações do evento e já iniciam suas produções. Assim como Maynard que recente concluiu o curso de DJ da conceituada escola da D-Edge em SP.

As produtoras sergipanas Bunt e P4 somaram as forças para realizar na cidade a primeira edição do label baiano So Delicius que trouxe no seu casting o residente Cabral. Aguardem que sem dúvidas ainda vem muitas coisas boas por vir!