• Luxo Aju

Política by Adiberto de Souza


Sergipe contra Temer Dependesse apenas da bancada federal de Sergipe o ainda presidente Michel Temer (PMDB) estaria no mato sem cachorro. Dos três senadores, Eduardo Amorim (PSDB) e Antônio Carlos Valadares (PSB) defendem o afastamento do peemedebista, enquanto Maria do Carmo (DEM) acompanha o partido, que tende a se afastar de Temer. Entre os oito deputados federais, o presidente só conta com os votos do seu líder no Congresso, André Moura (PSC) e Laércio Oliveira (SD). Pior, não tem a simpatia do governador Jackson Barreto (PMDB), tratado a pão e água pelo Palácio do Planalto, que só libera alguma ninharia para Sergipe com o consentimento de André. Nos demais estados a situação pode ser diferente, porém é visível a debandada dos senadores e deputados que ainda apóiam o presidente, em troca da liberação de emendas parlamentares e indicação de cargos federais. Banco dos réus E o deputado federal André Moura (PSC) foi condenado por improbidade administrativa, ficando com os direitos políticos cassados por três anos. O juiz Rinaldo Salvino entendeu que, quando era prefeito de Pirambu, o acusado feriu a lei ao contratar servidores sem concurso público. Misericórdia! Último dia A Assembleia encerra hoje, o primeiro período legislativo do ano. E os deputados vão trabalhar dobrado para aprovar os cerca de 50 projetos em tramitação na Casa. Os mais polêmicos são os que autoriza o governo a alterar a execução de obras do Proinveste: regulamenta a cobrança de taxas pelo Detran; e permite à Secretaria da Saúde fazer licitações para realizar obras e contratar serviços. Também será votado nesta quarta-feira o projeto de Diretrizes Orçamentárias para o Orçamento de 2018. Recurso garantido Com sua assinatura, o senador Antônio Carlos Valadares (PSB-SE) viabilizou o recurso, a ser apresentado na Comissão de Constituição e Justiça, contra o arquivamento da denúncia contra o senador Aécio Neves (PSDB-MG). Além de Vavá, assinaram o documento outros quatro senadores. O parlamentar mineiro está afastado do mandato sob a acusação de receber gordas propinas da empresa JBS. Aff Maria! Caixa dois As provas colhidas pela Polícia Civil através de interceptação telefônica, busca e apreensão serão compartilhadas com a Procuradoria Regional Eleitoral em Sergipe. Autorizado pela juíza Valéria de Oliveira Lazar Libório, o compartilhamento vai permitir avaliar se os R$ 4 milhões sacados pela empresa Torre na véspera das eleições do ano passado em Aracaju foram usados como caixa dois. As provas foram obtidas pela Polícia durante busca e apreensão nas sedes da Emsurb, da Torre e do Sindicato do Empregados na Limpeza Pública. Crise braba Péssima notícia para quem está pensando em bater pernas no exterior: por falta de recursos, a Polícia Federal suspendeu a emissão de novos passaportes. O agendamento online do serviço e o atendimento nos postos da PF vão continuar funcionando, mas não há previsão para que o passaporte seja entregue enquanto não for normalizada a situação orçamentária. Homem, vôte! Não se vá O PMDB nacional não quer perder o passe do governador Jackson Barreto. Ele pretende deixar o partido por discordar de uma possível coligação entre peemedebistas e tucanos, estes últimos seus adversários. Em nota, o líder do PMDB na Câmara Federal, deputado Baleia Rossi, afirmou que “nunca houve e nunca haverá imposições da Executiva Nacional para formação de chapas. O governador Jackson Barreto e o deputado Fábio Reis terão plena autonomia para decidir os rumos do PMDB na disputa das eleições em 2018”. Então, tá! Troca de nome O PSDC agora é somente DC, que vem a ser Democracia Cristã. Reunidos em Brasília, dirigentes do partido aprovaram a redução do nome e mantiveram o número 27. Nacionalmente, a sigla é dirigida pelo eterno presidenciável José Maria Eymael, e em Sergipe por Cincinato Júnior. Vota contra Perde tempo quem tenta convencer o deputado federal Adelson Barreto (PR) a apoiar a reforma da Previdência. Aliás, o parlamentar já votou contra a reforma trabalhista. Pela rebeldia, o governo exonerou os superintendentes regionais do DNIT e Ibama, indicados por ele. Barreto jura que não votará a favor da reforma previdenciária mesmo que seus aliados sejam renomeados para os dois cargos federais. Regimento revisado Uma comissão de vereadores está atualizando o regimento interno da Câmara de Aracaju, em vigor desde 1971 sem nunca ter sido revisado. Por conta dessa defasagem, alguns artigos afrontam as Constituições Federal e de Sergipe. Um deles nega o direito à minoria parlamentar de criar CPI’s. A comissão revisora é composta pelos vereadores Elber Batalha Filho (PSB), Iran Barbosa (PT), Emília Corrêa (PEN), Américo de Deus (REDE), Carlito Alves (PRB) e Professor Bittencourt (PCdoB). Prepare o bolso A passagem dos ônibus da Grande Aracaju será reajustada a qualquer momento. A partir da semana que vem, não tem dia nem hora para a tarifa de R$ 3,10 ficar mais cara. Como a Câmara de Vereadores não analisa mais as planilhas de custo das empresas, basta uma canetada do prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB) para o trabalhador pagar mais caro pelo transporte coletivo. E o comunista já disse que “a partir de julho pode ter aumento”. Marminino! Recorte de jornal Publicado no Sergipe Jornal, em 31 de outubro de 1936.