• Luxo Aju

Política by Adiberto de Souza



Ética anda em desuso


Diferente do que muitos pensam, o povão não liga muito para esse negócio de andar certinho, dentro da lei e coisa e tal. Pelo menos é o que revela uma pesquisa sobre ética e corrupção realizada pela Universidade de Brasília (UnB). A consulta mostrou que 78% dos entrevistados já deixaram de seguir a lei, e que 42% não tiveram medo de ser punidos ao descumpri-la. Entre as razões apontadas para o desrespeito do que é legal estão a discordância da legislação (25,7%) e o fato de os entrevistados acharem a lei confusa (19,2%). Segundo o estudo, 50,3% das pessoas disseram que contratariam parentes se fossem servidores públicos ou políticos. Outros 41% admitiram que recorreriam à propina para ter atendido um pedido feito à administração pública. O posicionamento da maioria dos entrevistados talvez explique porque quem compra votos corrompe e se locupleta ainda se dar bem neste Brasilzão de meu Deus. Lastimável!


Esculhambação


O pré-candidato a governador de Sergipe, Mendonça Prado (DEM), não perde uma chance para alfinetar o deputado federal André Moura (PSC). Segundo o demista, o parlamentar e provável candidato a senador dispõe de R$ 300 milhões em emendas do Orçamento da União para cooptar prefeitos. “Isso só ocorre num país esculhambado como o nosso”, discursa Mendoncinha.


Intolerância


O volume de denúncias contra a intolerância religiosa cresceu 626% no ano passado, ante 2016. Também aumentou o número de queixas sobre atos violentos contra comunidades ciganas, quilombolas, indígenas e os professantes das religiões e cultos de matriz africana. Há indicativo que algumas igrejas neopentecostais estão pregando o ódio, inclusive na internet. Misericórdia!


Ministro entusiasma


E quem anda entusiasmado com o presidenciável Joaquim Barbosa (PSB) é o senador Antônio Carlos Valadares (PSB). Segundo ele, o ministro aposentado do Supremo tem alternativas viáveis para o país, além de se mostrar sensível com os problemas sociais. Então, tá!


Lorota política


Não acreditem nessa história de construção do prometido Canal de Xingó, que beneficiaria com água os sertanejos sergipanos. Os defensores do projeto deveriam explicar que para abrir os 300 quilômetros de canais na Bahia e em Sergipe serão necessários R$ 2,4 bilhões. Além de não existir recursos garantidos para a obra, o governo do presidente Michel Temer-Treme (MDB) acaba este ano, bem antes que seja concluído o anteprojeto da primeira etapa do Canal, avaliado em R$ 6,8 milhões. No mais, tudo não passa de conversa mole pra boi dormir.


Empurra-empurra


Embora muita gente ache estranho, é natural os partidos ameaçarem romper com os aliados se seus pré-candidatos majoritários forem preteridos. Esta é a fase de plantar verde para colher maduro. Ademais, os políticos sabem que se não abrirem os braços podem ser engolidos pelos mais afoitos. Isso significa ficar de fora da chapa majoritária. Apesar do empurra-empurra, a tendência é que, até as convenções, todos cheguem a um consenso.


Punido por nepotismo


A Justiça afastou o presidente da Câmara de Malhada dos Bois, vereador Jair da Silva (PSC). Ele é acusado de empregar no legislativo a mulher Thaionara e o cunhado Elton Gomes. O parlamentar também mantinha bem pagos servidores fantasmas. Além de ser afastado das funções, Jair teve o salário suspenso. Bem feito!


Tortura nunca mais


A Comissão Estadual da Verdade volta a se reunir nas próximas terça e quarta-feira para discutir a repressão política em Sergipe na década de 50. Serão ouvidos José Alves do Nascimento e Artemízio Rezende, além de familiares de algumas vítimas da repressão política ocorrida na metade do século passado. As duas reuniões vão acontecer no Museu da Gente Sergipana, centro de Aracaju. Prestigie!


Falta de respeito


Os vereadores de Aracaju estão por aqui com a direção do Hospital der Cirurgia. Tudo porque os dirigentes daquela unidade de saúde não receberam os integrantes da CPI da Saúde. O presidente da Câmara, Josenito Vitali (PSD), achou que o Legislativo foi desrespeitado, enquanto o vereador Cabo Amintas (PTB) disse que são fortes as suspeitas de irregularidades graves no Cirurgia. Misericórdia!


Coração de mãe


Vítima de um acidente doméstico, um catingueiro do interior baiano desembarcou na porta do Hospital de Urgência de Sergipe e foi logo perguntando: “Esse é o HUSE tão falado?”. Resposta do motorista da ambulância: “É ele mesmo. Use a abuse que eu já estou indo embora”. Cruz credo!


Recorte de jornal


Publicado no jornal aracajuano A Notícia, em 25 de outubro de 1897.