• Luxo Aju

Política by Adiberto de Souza



Fux que pariu

Nem precisou de dois soldados e um jipe para assustar o Supremo Tribunal Federal. Bastou um simples pedido do senador eleito Flávio Bolsonaro (PSL) para o ministro Luiz Fux decidir em cima do que não está escrito. Talvez para evitar maiores aborrecimentos, o douto magistrado suspendeu as investigações sobre uma suspeita movimentação de dinheiro público. O estranho, pelo ineditismo, é que o autor do pedido de liminar nem alvo do processo é. Quer dizer: o ministro deu um cala boca no Ministério Público para atender a um apelo de quem não faz parte das investigações. Não bastasse isso, o tal senador não possui procuração para defender o enrolado Fabrício Queiroz, amigo intimo da família Bolsonaro. Diante deste ocorrido, resta a grande dúvida: um Supremo que se curva rapidinho a um simples pedido do filho do presidente, terá topete para não cumprir à risca uma ordem expressa do Palácio do Planalto? E se, diante da recusa, este governo militar recorrer a dois meganhas e uma fóbica? É bem capaz de fechar tudo e jogar a chave no esgoto. Misericórdia!

A força da mulher

A nova bancada feminina da Assembleia Legislativa se encontrou ontem, num restaurante de Aracaju. Quem presenciou o comes e bebe jura que o papo foi pra lá de animado entre as deputadas veteranas Goretti Reis (PSD) e Maria Mendonça (PP) e as estreantes Kitty Lima (PPS), Janier Mota (PR), Diná Almeida (Podemos) e Maísa Mitidieri (PSD). Legal!

Pesadelo

Temendo acordar com a Polícia Federal batendo à porta, alguns empresários e políticos sergipanos estão pernoitando em postos de combustíveis e motéis. Só retornam às mansões e luxuosos apartamentos após as seis da matina, portanto, depois do horário em que os agentes da PF costumam tocar a campainha para cumprir mandados de prisão contra robustos propineiros. Cruz, credo!

Fim da novela

Uma ótima notícia para os forrozeiros sergipanos que animaram o Forró Caju do ano passado: a Prefeitura deve pagar os cachês na próxima segunda-feira. Segundo o prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB), o governo federal deve depositar, nas próximas horas, R$ 1,9 milhão, dinheiro empenhado como patrocínio da festança junina. Até que enfim!

Bico seco

Boa parte da Grande Aracaju está sem água. Segundo a Deso, a interrupção do abastecimento visa permitir a manutenção de um reservatório. A água deverá retornar às torneiras no final da tarde desta sexta-feira. A Deso recomenda a utilização econômica da água existente nas caixas d'água. Depois não diga que não foi avisado!

Poder em excesso

Veja o que publica hoje, no Jornal do Dia, a colega Rita Oliveira sobre a disputa pela presidência da Assembleia: “Belivaldo não terá um grande apoio em torno do nome do deputado Jeferson Andrade por dois fatores: por ele ser do PSD, que já tem o governador, e pelo fato do seu pai, conselheiro Ulices Andrade, ser o presidente do Tribunal de Contas do Estado, fato que deixaria a família Andrade muito poderosa”. Aff Maria!

Rega bofe

O governador Belivaldo Chagas (PSD), almoça hoje com empresários da construção civil. Organizado pela Associação Sergipana das Empresas de Obras Públicas e Privadas, o rega bofe servirá para os empreiteiros expor o momento de dificuldades vivido pelas empresas. Apesar disso, os empresários acreditam que este será um ano melhor para a Construção Civil. Tomara!

Bang-bang

A Polícia Federal enviou memorando a todos os seus delegados alertando que um “aumento exagerado do número de armas em poder dos cidadãos” pode ter “nefastas consequências”. A preocupação da PF é com o fato de o suplicante poder exceder o limite de quatro armas permitidas pelo decreto do presidente Jair Bolsonaro (PSL). Crendeuspai!

Livro de ficção

Tivesse sido cumprido o que prega a Constituição Estadual, Sergipe teria hoje 90 municípios. Em 1989, os constituintes aprovaram a criação de Alagadiço e Mocambo (ambos em Frei Paulo) Nossa Senhora do Patrocínio (Brejo Grande), São José do Itamirim (Itabaianinha), Nossa Senhora de Fátima e Luzinópolis (ambos em Porto da Folha), Samambaia (Tobias Barreto), Rosa Elze (São Cristóvão), Veracruz (Riachão do Dantas), Treze e Jenipapo (os dois em Lagarto), Escurial (Nossa Senhora de Lourdes), Santa Rosa do Ermírio e Sítios Novos (ambos em Poço Redondo) e São Mateus da Palestina (Gararu). Marminino!

Saúde ameaçada

Uma em cada quatro mulheres não tem acesso adequado à infraestrutura sanitária e saneamento. Conforme estudo do Instituto Trata Brasil, a falta desses serviços contribui para reforçar as desigualdades de gêneros, pois impactam a saúde, o acesso à educação e à renda, além do bem-estar. Na idade escolar, por exemplo, as meninas sem acesso a banheiro têm desempenho estudantil pior, com 46 pontos a menos no Enem, quando comparadas à média dos estudantes. Danou-se!

Recorte de jornal


Publicado no jornal aracajuano Folha de Sergipe, em 24 de outubro de 1908

#política

1 visualização