• Luxo Aju

Política by Adiberto de Souza


Reforma de privilégios


Este governo militar vai tentar aprovar a Reforma da Previdência a toque de caixa e repique de sino. Principais vítimas deste projeto, os trabalhadores devem pressionar os congressistas para que não preservem privilégios. Ora, se a tal Reforma em gestação é tão boa, por que os militares querem ficar de fora dela? Desejasse mesmo acabar com o rombo previdenciário, o governo faria com que os recursos da assistência social fossem investidos unicamente no setor. Ademais, para além do corte de gastos, seria possível atuar do lado das receitas, recuperando a arrecadação, por exemplo, com a cobrança da dívida das grandes empresas com o INSS, acabando com isenções fiscais e incentivando a formalização no mercado de trabalho. Simples assim!


Grana bloqueada


A Justiça Federal boqueou a renda do Fest Verão Sergipe, evento realizado em Aracaju no último final de semana. O dinheiro bloqueado visa pagar uma dívida que a Central do Pré-Caju tem com a Caixa Econômica Federal. Organizado pelo empresário Fabiano Oliveira, o Fest Verão Sergipe foi animado por artistas de renome nacional como Ivete Sangalo, Bell Marques, Wesley Safadão, Harmonia do Samba e Devinho Novaes.


Fundo do poço


O governo de Sergipe ameaça decretar calamidade financeira no estado ainda neste semestre. Alega não dispor de recursos para honrar compromissos com empresas e pagar a folha de pessoal. Interessante que na recente campanha eleitoral, os governistas não revelaram que a situação era tão calamitosa. Demagogicamente, prometeram transformar Sergipe num paraíso aqui na terra. E a maioria do eleitorado acreditou. Misericórdia!


Bola pra frente


E quem esteve ontem no Batistão foi o deputado federal eleito Valdevan Noventa. Segundo ele, além de prestigiar o jogo Confiança e Olímpico, aproveitou para “reencontrar os amigos e conversar com o meu povo”. Investigado por compra de votos e formação de quadrilha, Valdevan passou quase um mês preso no Cadeião de Estância. Conseguiu deixar a cadeia, porém está usando uma tornozeleira eletrônica. Marminino!


Compasso de espera


Veja o que publicou no Jornal da Cidade a colega Thais Bezerra: “Alguém sabe quando o governo de Sergipe vai recontratar os sete técnicos da Comissão Estadual da Verdade? Eles foram exonerados junto com os mais de 3 mil comissionados mandados embora no final de 2018. Nos quatro anos de atuação, a Comissão colheu cerca de 30 depoimentos e catalogou documentos sobre a atuação da ditadura militar em Sergipe”. Cruz, credo!


Trabalho reconhecido


A Casa de Cultura Afro-Brasileira homenageou a deputada estadual Ana Lúcia (PT) com o prêmio “Oxé: pensadores da Consciência Negra”. Segundo Severo D’Arcelino,

coordenador da instituição cultural e militante do movimento negro em Sergipe, a parlamentar petista fez por merecer a homenagem “pela defesa da preservação da cultura negra e pelo apoio à luta antirracista”. É vero!


Lerdeza legislativa


Em 2017, portanto há quase dois anos, a vereadora Kitty Lima (PPS) apresentou um projeto ecológico na Câmara de Aracaju. A proposta beneficia com descontos no IPTU quem desenvolve atividades sustentáveis, como compostagem do lixo, reaproveitamento da água de chuva e uso de energia solar. Embora a vereadora tenha apresentado requerimento de urgência, o projeto ainda não foi votado. Eleita deputada estadual, Kitty se despede do Legislativo aracajuano sem ver o projeto apreciado em plenário. Lastimável!


Intolerância


O volume de denúncias contra a intolerância religiosa cresceu 626% no ano passado, ante 2017. Também aumentou o número de queixas sobre atos violentos contra comunidades ciganas, quilombolas, indígenas e os professantes das religiões e cultos de matriz africana. Há indicativo que algumas igrejas neopentecostais estão pregando o ódio, inclusive na internet. Homem, vôte!


Cachaça cara


Produtores de cachaça estão reivindicando a ampliação dos esforços de promoção e de proteção do produto. Eles pedem ainda a reavaliação da carga tributária sobre a bebida, que segundo o setor, é o produto mais taxado do país. Por fim, os produtores da boa “pinga” também defendem o combate à clandestinidade e à informalidade, superior a 85%. Crendeuspai!


Fora do páreo


O deputado federal Fábio Mitidieri (PSD) nega que pretenda participar como candidato da disputa pela Prefeitura de Aracaju. Promete, no entanto, que participará ativamente do pleito de 2020 “ajudando os nossos aliados”. O parlamentar afirma que seu desejo é “trabalhar muito para fazer um grande mandato e poder pensar em disputar eleições apenas em 2022”. Então, tá!


Recorte de jornal

Publicado no jornal aracajuano Diário da Manhã, em 29 de dezembro de 1912.