top of page
  • Foto do escritorLuxo Aju

AÇÃO CONJUNTA



Esta semana, o Centro de Referência no Atendimento Infantojuvenil (CRAI) completou um ano de funcionamento em Sergipe. Este é um espaço dedicado ao atendimento de crianças e adolescentes vítimas de violência sexual de todos os municípios do Estado. A unidade existe a partir de uma ação conjunta do Ministério Público do Trabalho em Sergipe (MPT-SE), Ministério Público de Sergipe (MPSE) e da Justiça do Trabalho, que destinaram recursos judiciais provenientes de indenização por dano moral coletivo, para a construção do Centro em área anexa à Maternidade Nossa Senhora de Lourdes (MNSL), em Aracaju. Este ano, mais de 4.800 atendimentos foram ofertados. “Hoje, há maior humanização e agilidade no atendimento, por isso, o MPT sente-se honrado em fazer parte da história de implementação”, afirmou o Procurador do Trabalho Emerson Albuquerque. Na foto, a equipe do CRAI-SE reunida em comemoração com o Procurador Emerson Albuquerque e a Promotora de Justiça Lilian Carvalho.

Comentarios


bottom of page