top of page
  • Foto do escritorLuxo Aju

ADPESE promove Roda de Conversa com mulheres egressas do sistema prisional de Sergipe



Em alusão ao Dia da Mulher, celebrado no dia 8 de março, a Associação dos Defensores Públicos do Estado de Sergipe (ADPESE), através da defensora pública Liza Barreto, promoveu uma Roda de Conversa com integrantes do Coletivo Mulheres Arteiras, formado por mulheres egressas do sistema prisional do estado de Sergipe. O evento aconteceu na tarde de segunda-feira (4/03), na sede da instituição, localizada no município de Nossa Senhora do Socorro (SE). 


“A celebração do Dia da Mulher deve vir aliada, necessariamente, a iniciativas que exaltem a luta feminina conjunta. O evento de hoje tem o propósito de propagar a voz de mulheres que constroem uma realidade com equanimidade de gênero. Cada iniciativa como essa representa um passo adiante na pavimentação do caminho”, destaca a defensora pública, Liza Barreto. 


Para a presidente do Coletivo, Mulheres Arteiras de Sergipe, foi muito importantes ver a Defensoria Pública sair do seu ambiente de atuação e ir ao encontro das mulheres sobreviventes do cárcere, que passaram pelos fóruns, até o espaço delas. “Outro ponto também bem importante foi a escuta. Essas mulheres poderem falar com as defensoras públicas sobre o cotidiano delas foi muito rico, além de se sentirem acolhidas com a realização e a forma que o evento foi feito”, ressalta.    


Sobre o Coletivo Mulheres Arteiras


A instituição luta pela ressocialização e efetiva reinserção de mulheres egressas do sistema prisional sergipano no mercado de trabalho e no meio social, promovendo cursos e capacitações, como produção artesanal, serviços de manicure e formação estética, dentre outros.

Comentarios


bottom of page