• Luxo Aju

Campanha ‘Março Azul’: Hospital Primavera realiza mutirão de colonoscopia



O Hospital Primavera, em parceria com a Secretaria de Estado da Saúde, realizou nos dias 26 e 27 de março, um mutirão de exames de colonoscopia com a finalidade de acelerar os possíveis diagnósticos de câncer colorretal, também conhecido como câncer de intestino, e outras doenças intestinais. A ação faz parte da campanha "Março Azul", contou com a iniciativa dos médicos, Dr. Felipe Torres (coloproctologista), Dr. Michel Fabiano (oncologista clínico) e Dr. Lucas Marques (endoscopista e cirurgião geral), que beneficiou 50 pacientes que estavam na fila de espera do SUS (Sistema Único de Saúde), inseridos na Regulação Estadual, para rastreio de câncer colorretal. A ação também teve o apoio de uma equipe de médicos endoscopistas, anestesistas, equipe de enfermagem, Laboratório Patologika e da Fármacos - Farmácia de Manipulação, que contribuiu com os preparos necessários para a realização do procedimento que investiga alterações no intestino, identificando tumores, pólipos, entre outras doenças.


A colonoscopia é a melhor forma de detectar o câncer de intestino em estágios iniciais. De acordo com o endoscopista e cirurgião geral da Rede Primavera, Dr. Lucas Marques, o câncer de intestino ou câncer colorretal é o terceiro que mais mata homens e mulheres no Brasil. A doença é mais comum em pessoas com mais de 45 anos de idade ou naqueles que têm antecedentes familiares de casos positivos. A maioria dos casos recebe diagnóstico tardiamente, quando então, o tratamento instituído é menos eficaz. Daí a importância de ações como o mutirão. "A doença é passível de prevenção, seja através da mudança de hábitos com a remoção dos fatores de risco, que são: tabagismo, sedentarismo, dieta pobre em fibras ou ricas em carnes processadas e gorduras, seja através dos exames de prevenção (pesquisa de sangue oculto nas fezes e colonoscopia), que devem ser realizados periodicamente sob recomendação médica", ressaltou Dr. Lucas.


“Este mutirão, além de atender uma importante demanda assistencial, demonstrou o engajamento e comprometimento de todos os envolvidos. Os pacientes se beneficiaram com a maior oferta de exames e os serviços se consolidaram enquanto equipe. A ideia é fazer com que outros mutirões sejam realizados sempre com o propósito trabalhar na prevenção e tratamentos das doenças. Quero ressaltar também, que essa ação só foi possível graças a um grande time filantrópico envolvendo colonoscopistas da Rede Primavera, anestesistas, corpo de enfermagem, auxiliares adiministrativos, empresas parceiras e a diretoria/presidência do Hospital Primavera, que apoiou, de pronto, essa campanha. Meu agradecimento especial a cada um de vocês", conclui o coloproctologista, Dr. Felipe Torres.


O aposentado, José Milton, de 68 anos, há um tempo estava com dores abdominais e só conseguiu marcar o exame para o segundo semestre. Graças ao mutirão, ele foi um dos contemplados. "Estou muito feliz e agradecido a todos os responsáveis por essa ação tão importante e que ajuda a salvar vidas", finalizou.


Quem também ficou muito feliz com o mutirão foi a funcionária pública, Maria Nilda Santos. Na fila há 4 meses para fazer o exame da colonoscopia, ela disse que esse é um momento de gratidão, felicidade, e que em um futuro próximo outras pessoas tenham a mesma sorte que ela teve.