top of page
  • Foto do escritorLuxo Aju

Com o 5G, varejo se prepara para oferecer uma experiência de compra futurista e conectada



O varejo está se preparando para oferecer aos seus consumidores uma experiência de compra futurista e conectada com a chegada da rede 5G. Segundo dados divulgados pela Associação Brasileira de Infraestrutura para Telecomunicações (Abrintel), mais de 300 municípios já atualizaram suas leis para a instalação de antenas de telecomunicações, buscando a expansão da nova rede. Isso significa que o 5G está cada vez mais próximo de se tornar uma realidade no país, o que trará impactos significativos para o setor varejista.

“O 5G aumenta a conectividade de sistemas e, com isso, a rapidez e a eficiência de processos voltados à experiência do usuário. Outras características da nova rede, como a maior densidade nas conexões e a baixa latência, propiciam que tendências tecnológicas sejam aproveitadas em mais profundidade para elevar a jornada do consumidor”, comenta Andrei Dias, Head de Revenue da Nexaas, Retail Tech especialista em inovação para o varejo.

Pensando nisso, o especialista traz três vantagens do 5G que deverão ser cada vez mais percebidas no mercado. Confira:

1- Compras mais rápidas

Com a capacidade de realizar transferências de dados entre 1 e 5 milissegundos, a comunicação entre servidores se torna muito mais rápida, simplificando etapas burocráticas, reduzindo o tempo de carregamento de páginas e evitando abandonos de carrinho devido a uma conexão perdida.

“A agilidade do 5G traz na palma da mão informações relevantes rapidamente, tanto para o consumidor quanto para o lojista, diminuindo a possibilidade de desistências e oferecendo alternativas atraentes, caso o comprador não ache o item que deseja”, ressalta Dias.

2- Maior integração phygital

Com a premissa de ser revolucionária, a tecnologia de quinta geração irá contribuir para as experiências phygital, que tratam de unir os espaços físicos e digitais, com maior segurança, agilidade e estabilidade.

“Uma vez que o 5G se equipara a uma internet a cabo, espera-se que as pessoas cada vez mais interajam, dentro ou fora de casa, com os muitos canais disponíveis para efetuarem compras”, aponta Andrei.

3- Aumento do uso de tecnologias

Com a chegada do 5G, o varejo pode começar a ousar ainda mais na integração de tecnologias, como internet das coisas (IoT), realidade aumentada e inteligência artificial às experiências de compra.

“Fomentando ainda mais o uso de tecnologias inovadoras, o 5G vai revolucionar a forma com a qual pensamos antes de comprar, consolidando experiências mais completas”, finaliza o executivo.

Comments


bottom of page