top of page
  • Foto do escritorLuxo Aju

Ginástica Brasileira, que tem sede em Aracaju, brilha em premiação olímpica



A 23ª edição do Prêmio Brasil Olímpico, que aconteceu na noite de ontem, 02, na Cidade das Artes, no Rio de Janeiro, evidenciou todos os resultados obtidos pela Confederação Brasileira de Ginástica, pilotada pelos sergipanos Luciene Resende, Presidente da CBG, e Ricardo Resende, vice-presidente da Confederação Sul-Americana de Ginástica, em 2022.



A campeã olímpica - Rebeca Andrade - foi a grande estrela da noite, levando pra casa os prêmios de Melhor Atleta Mulher de 2022, Melhor Atleta de Ginástica Artística e também o da categoria "Inspire". “É com grande alegria que vemos a Rebeca se consagrar novamente com o Prêmio Brasil Olímpico e, além disso, levar também o Prêmio Inspire. Nós, que vivenciamos tantas competições das categorias de base, constatamos que ela é genuinamente uma grande inspiração para toda a nossa Ginástica. Eu me sinto orgulhosa também por saber que a CBG tem contribuído para que todo esse talento e dedicação da Rebeca se revertam nessas conquistas históricas dela para o nosso esporte”, disse Luciene.


Além de Rebeca, outros atletas da ginástica também foram premiados:


Geovanna Santos - Ginástica Rítmica

Alice Gomes - Ginástica de Trampolim

Melhor Atleta dos Jogos da Juventude - José Olímpio

Prêmio "Adhemar Ferreira da Silva" - Daiane dos Santos


Lembrando que a sede da Confederação Brasileira de Ginástica (CBG) fica na Nossa Capital, Aracaju, o que nos deixa ainda mais de orgulhosos de toda essa galera competente. Arrasou!






Comments


bottom of page