top of page
  • Foto do escritorLuxo Aju

Mercado de casamentos reaquece no pós-pandemia e movimenta cerca de R$ 40 bi por ano

O mercado de festas e casamentos viveu um período difícil, de queda significativa no auge da pandemia, segundo associações ligadas ao setor. Entre 2020 e 2022, a indústria de eventos foi uma das mais prejudicadas, mas desde meados do ano passado começou a se reerguer e quem trabalha no ramo já constatou que o cenário melhora a cada ano.


Neste momento, mais da metade de 2023, o setor passa por uma recuperação econômica e está preparado para um bom faturamento. Tanto que esse mercado vem movimentando cerca de R$ 40 bilhões ao ano, segundo a Associação Brasileira de Eventos (Abrafesta). Em Sergipe, não é diferente. Tanto que desde domingo, 17, e segue até terça-feira, 19 de setembro está acontecendo o Noivei, no Riomar Shopping, no segundo piso, aonde era a TokStok. O evento é perfeito para vivenciar experiências, conhecer tendências, degustar delícias e negociar com fornecedores pessoalmente.


Todo esse cenário também foi confirmado por uma pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que apontou que a situação começou a mudar em 2022, com a retomada gradual das atividades e a vacinação da população. Conforme o IBGE, houve um aumento de mais de 23% no número de casamentos em relação a 2021, primeiro ano pós pandemia.


Entre os profissionais que atuam no ramo de festas de casamento estão 46 fornecedores, entre cabeleireiros, maquiadores, produtores, fotógrafos, músicos, confeiteiros, decoradores e vários outros profissionais que atuam nessa área e celebram o retorno do trabalho, mas com algumas mudanças em relação ao comportamento das pessoas, principalmente na hora de planejar as celebrações. “Depois da pandemia, o conceito de celebração mudou bastante, as pessoas querem celebrar ao lado das pessoas que amam. A gente percebeu que os clientes estão procurando fazer festas menores, mas não menos especiais, pelo contrário, querem oferecer experiências para os convidados”, afirma Grazzi Freire (foto), idealizadora do Noivei, e de outros eventos no segmento de festas.

Comments


bottom of page