• Luxo Aju

Política by Adiberto de Souza


Sergipe à beira do caos


O negacionismo criminoso do governo federal, a falta de vacinas e a irresponsabilidade de milhares de pessoas, que insistem em se aglomerar, nos levou ao desfiladeiro da morte, de onde muitos não sairão vivos. Desesperado com a crescente propagação da pandemia e a falta de leitos hospitalares, o governo decretou toque de recolher em Sergipe. Esta medida pode ser substituída por outra ainda mais dura: o lockdown. Caso a rede hospitalar continue em colapso, a última providência para tentar conter o tétrico passeio da morte será fechando tudo. Precisamos ter em mente que está luta contra a pandemia é de todos, inclusive dos negacionistas, que pregam, aos risos, a trágica aglomeração das pessoas. Torçamos para que estes seres insensíveis tenham, ao menos, um pingo de compaixão das famílias em pranto pelas mortes dos entes queridos. Tomara que eles deixem de torcer pela covid-19 antes que horrenda e escaveirada de preto também bata a foice em suas portas. Aliás, diante de seres humanos desprezíveis e de corações petrificados como são os negacionistas, só nos resta repetir Jesus Cristo: “Pai, perdoa-lhes, porque eles não sabem o que fazem”. Amém!


Boquinha federal


É voz corrente nas esquinas de Sergipe que a senadora Maria do Carmo (DEM) conseguiu um bom emprego para a herdeira Ana Alves (DEM). A distinta deverá ser a nova superintendente da Secretaria de Patrimônio da União em Sergipe. Aninha substituirá Jovanka Leal, exonerada do cargo no último dia 12. Antes, a senadora demista já havia indicado Marcos Alves Filho para a Superintendência da Codevasf em Sergipe. O fidalgo vem a ser sobrinho do saudoso ex-governador João Alves Filho. Quem pode, pode!


Atendimento virtual


A Prefeitura de Socorro adotou novas medidas visando reduzir o risco de contágio da covid-19 no município. Uma delas foi a retorno do atendimento ao público por telefone e e-mail. Segundo a Secretaria de Comunicação, no caso em que for preciso atender a pessoa presencialmente, será feito prévio agendamento para evitar possível aglomeração. Os números de contato das secretarias estão no portal www.socorro.se.org.br. Cuidem-se e se puder, fique em casa!


Faltou vacina


Triste notícia para os idosos com 75 anos: por falta de vacinas, a Prefeitura de Aracaju suspendeu a imunização deste público. A Secretaria da Saúde informou já ter utilizado 98% das doses recebidas do governo federal, que ainda não informou quando mandará uma nova remessa de vacinas contra a covid-19. Até que isso ocorra, só os profissionais de saúde e os idosos acamados continuarão sendo vacinados na capital. Vixe!


Contra o lockdown


Replicando o discurso negacionista do presidente Bolsonaro, o deputado estadual Rodrigo Valadares (PTB) se disse contra um lockdown em Sergipe. O moço acha que o fechamento geral não ajudaria a conter a propagação da covid-19, além de provocar desemprego, fome e suicídios. Segundo Rodrigo, o que fez crescer o número de casos da doença foi, entre outros motivos, a última campanha eleitoral. Quem ouve essa conclusão do deputado nem acredita que ele disputou a Prefeitura de Aracaju e, como os demais candidatos, estimulou as aglomerações. Home vôte!


Facultativo suspenso


O presidente do Tribunal de Justiça de Sergipe, desembargador Edson Ulisses de Melo, suspendeu o ponto facultativo de amanhã. O 17 de março marca o aniversário de mudança da capital do estado de São Cristóvão para Aracaju. A decisão do magistrado está em conformidade com as ações desenvolvidas pelo governo estadual visando conter a propagação da covid-19. Legal!


Abaixo a truculência


E o senador Rogério Carvalho (PT) condenou as agressões verbais e as ameaças físicas feitas à médica Ludhmila Hajjar. Veja o que o petista postou nas redes sociais sobre o assunto: “Até que ponto chegam os bolsonaristas. Desesperados com a possibilidade de que uma pessoa sensata viesse a ocupar o Ministério da Saúde, os extremistas chegaram a arrombar a porta do quarto dela, num hotel em Brasília. Tudo porque a médica defende a vida”. Desconjuro!


Prestando contas


O secretário da Fazenda, Marco Antonio Queiroz, dará com os costados hoje na Assembleia. Vai prestar contas aos deputados sobre a movimentação financeira do governo no terceiro quadrimestre de 2020. Diante do crescimento de casos da covid-19, a participação dos parlamentares na reunião será remota. Apenas o presidente do Legislativo, deputado Luciano Bispo (MDB), participará da prestação de contas de forma presencial. Ah, bom!


Viva o Dialogay


A vereadora Linda Brasil (Psol) lembrou os 40 anos do Grupo Dialogay de Sergipe, fundado em março de 1981 por Wellington Andrade. Segundo a parlamentar, a criação do grupo em um período de muita opressão foi fundamental na luta pelos direitos da população LGBT. “O Dialogay foi pioneiro ao problematizar a homofobia e ao fortalecer o orgulho da orientação sexual”, ressaltou Linda. Para quem não lembra, o slogan do grupo era: “É legal ser homossexual”. Supimpa!


Olhar sistêmico


Quer saber como a prática do olhar sistêmico nos permite o equilíbrio de diversos papéis? Pois participe, às 11h15 de hoje, de live sobre este tema no perfil de Cátia Monari https://www.instagram.com/catiamonari/?hl=pt-br. O convidado para debater o assunto é o amigo jornalista e artista Pedro Carregosa. Prestigie!


Recorte de jornal



Publicado no jornal Correio de Aracaju, em 13 de dezembro de 1908.