• Luxo Aju

Política by Adiberto de Souza


O PT incomoda governistas


A simples hipótese de o senador Rogério Carvalho (PT) se candidatar ao governo de Sergipe, em 2022, tem tirado o sono de alguns políticos com o mesmo desejo. Esse incômodo é percebido nas insinuações dando conta que dificilmente o governador Belivaldo Chagas (PSD) apoiaria o projeto petista e que, sendo assim, o mais lógico é Rogério pular logo fora do barco situacionista, ir procurar uma nova turma. O medo de algumas lideranças governistas aumentou após a Justiça ter jogado na lata do lixo os processos contra Lula da Silva (PT). Eles não querem nem ouvir falar na possibilidade de uma chapa com Rogério para o governo e Belivaldo para o Senado, ambos abençoados pelo “Barba”, candidatíssimo a presidente da República. É difícil? É, mas em política tudo é plenamente possível, até mesmo Rogério, Belivaldo e Lula decidirem ficar embaixo do palanque governista aplaudindo outros candidatos. Marminino!


Mudanças no DER


O governador Belivaldo Chagas (PSD) exonerou Carlos Alberto dos Santos Araújo e Ancelmo Luiz de Souza, respectivamente, da presidência e da diretoria de Tecnologia do Departamento Estadual de infraestrutura Rodoviária (DER). Para substituí-los, foram nomeados Anderson das Neves Nascimento e Igor Ribeiro de Albuquerque. Assinadas na última sexta-feira, as portarias promovendo o troca-troca de cadeiras no DER estão na edição do Diário Oficial do Estado desta segunda-feira. Então, tá!


Lauto regabofe


A pandemia da covid-19 não tem impedido os encontros políticos em Sergipe. Noite destas, os deputados federal Valdevan Noventa (PL) e estadual Rodrigo Valadares (PTB), além do ex-prefeito de Capela, Manoel Sukita (Republicanos), se reuniram em Petit Comité num afamado restaurante de Aracaju. Bastou a foto do lauto regabofe ser postada nas redes sociais para as línguas ferinas espalharem que Valdevan e Sukita aproveitaram o comes e bebes para rememorar as “férias” que ambos tiraram na penitenciária. Home vôte!


Faltou vacina


A Prefeitura de Aracaju não confirma com todas as letras, mas faltou vacinas Coronavac na capital. Tanto isso é verdade que, pela primeira vez, a Secretaria da Saúde suspendeu a vacinação no último final de semana. A Prefeitura informa apenas que “há vacinas em estoque, mas não suficientes para atender públicos específicos, como o de alguma comorbidade, por exemplo”. Sem uma informação oficial clara sobre o assunto, quem tomou a 1ª dose da Coronavac está pra lá de preocupado, temendo não ter vacina para completar a imunização. Misericórdia!


A deselegância de Aninha


Não chamem para a mesma reunião o presidente estadual do DEM, José Carlos Machado, e a jornalista Ana Alves. O veterano demista ficou chateadíssimo ao saber que a aliada política o chamou de desocupado. Após a reação negativa à sua afirmação, Aninha tentou remendar o mal feito: “Eu disse que ele estava sem ter o que fazer”. Ora, e qual é a diferença? Tomara que a senadora Maria do Carmo Alves (DEM), convença a filha a pedir desculpas ao aliado “Machadão”. Pelo menos, Aninha fazia alguma coisa!


Vacinação bagunçada


Com o título acima, a colega Thaís Bezerra publicou no Jornal da Cidade a seguinte informação: “A falta de uma coordenação nacional sobre a imunização contra a covid-19 está permitindo a vacinação de quem não faz parte dos grupos de risco. No interior, os prefeitos fazem o que querem. Quando os próprios não tomam a vacina antes dos idosos, autorizam aplicar o imunizante a torto e a direito. Exemplo disso é Canindé do São Francisco. Segundo uma abelhinha me contou, depois que o governo decidiu vacinar profissionais de segurança e de salvamento, a Prefeitura daquele município imunizou os vigilantes das repartições públicas. Deve considerá-los a força de segurança municipal”. Crendeuspai!


Grana esperada


Passados 10 meses de vigência da Lei Aldir Blanc, 25 dos 75 municípios de Sergipe ainda não usaram um centavo sequer dos recursos transferidos pelo governo federal para o pagamento do auxílio emergencial a profissionais da cultura. Enquanto as prefeituras guardam o dinheiro, os artistas enfrentam sérias necessidades, muitos estão passando fome. Os dados foram levantados pelo site de notícias Metrópole junto ao Sistema Nacional de Cultura, da Secretaria da Cultura do Ministério do Turismo. As prefeituras informam que os recursos em questão foram bloqueados pela União. Aff Maria!


Artistas prejudicados


Segundo publica o portal Metrópole, ainda não usaram os recursos oriundos da Lei Aldir Blanc as prefeituras de Arauá, Brejo Grande, Cedro de São João, General Maynard, Ilha das Flores, Itabi, Itaporanga D'Ajuda, Japoatã, Macambira, Malhada dos Bois, Malhador, Moita Bonita, Muribeca, Nossa Senhora das Dores, Nossa Senhora de Lourdes, Pacatuba, Propriá, Rosário do Catete, Santa Luzia do Itanhy, Santa Rosa de Lima, Santana do São Francisco, São Domingos, São Francisco, Telha e Tomar do Geru. Vixe!


Socorro faz sorteio


E a Prefeitura de Socorro realizará, na próxima quinta-feira, o sorteio da localização dos imóveis dos mil contemplados com as casas nos conjuntos habitacionais Vila Formosa I e Cidade das Flores I. Para uma maior transparência e lisura do processo – e também para cumprir os protocolos de prevenção à covid-19 –, o sorteio vai ser realizado de forma online. E a transmissão será ao vivo, por meio dos canais da Prefeitura de Socorro no YouTube e no Instagram. Acompanhe!


Dia de posse


A professora doutora Ester Fraga Vilas-Boas Carvalho do Nascimento será empossada, hoje, na cadeira nº 22 da Academia Sergipana de Letras. Escritora e historiógrafa, Ester Vilas-Boas vai assumir a vaga aberta com a morte do ex-governador João Alves Filho. Marcada para às 15h, a solenidade acontecerá na sala virtual daquele sodalício. A nova imortal será saudada pela acadêmica Luzia Maria da Costa Nascimento. Prestigie!


Recorte de jornal


Publicado no jornal Correio de Aracaju, em 7 de janeiro de 1930.