• Luxo Aju

Política by Adiberto de Souza



Partido virou balaio de gatos


A falta de ideologia e as mudanças na regra eleitoral, em vigor desde o pleito passado, vão colocar no mesmo balaio políticos das mais diversas tendências. As primeiras conversas sobre as futuras eleições deixam claro que muitos adversários de 2018 estarão no mesmo palanque em 2022. Aliás, foi-se o tempo em que o suplicante filiado a um partido não passava nem pela porta do adversário. Era assim com a turma da UDN e do PSD. Naquela época, mudar de legenda era coisa impensada. Quem o fizesse estaria cometendo suicídio político. Hoje, sem a marcação dos filiados e dos simpatizantes das siglas, a maioria dos políticos está mais preocupada em se eleger, não importando se, para tanto, tenha que mudar o discurso, elogiar quem criticava há dois anos e descer a madeira nos aliados que jurava “amor eterno”. Esse negócio de “ideologia, eu quero uma pra viver”, caiu em desuso há muito tempo, ficou restrito à música do imortal Cazuza. Misericórdia!


General nazista


O senador Alessandro Vieira (Cidadania) pegou pesado com o ex-ministro da Saúde, general Eduardo Pazuello. Sem querer, querendo, comparou o militar a Adolf Eichmann, tenente-coronel do exército nazista e um dos principais organizadores do Holocausto. Ao fazer o paralelo, o parlamentar sergipano deixou claro que o posicionamento de Pazuello é semelhante ao adotado pelo oficial alemão, que não se responsabilizava pelos seus atos e simplesmente dizia que “seguia ordens”. Crendeuspai!

Petista inocentado

A Justiça inocentou o deputado federal João Daniel (PT) da acusação de ter utilizado irregularmente recursos da Assembleia Legislativa quando era parlamentar estadual. À época, o Ministério Público de Sergipe considerou que houve improbidade administrativa do petista ao liberar R$ 213 mil e R$ 220 mil, respectivamente, para duas associações. Em sua decisão, a juíza de direito Simone de Oliveira Fraga, julgou improcedente o pedido para condenar João Daniel. A magistrada entendeu não existir na acusação nada demonstrando terem os recursos das subvenções da Assembleia sido utilizados em proveito pessoal do parlamentar. Então, tá!

Só pela idade

A Frente Nacional de Prefeitos, presidida pelo gestor aracajuano Edvaldo Nogueira (PDT), defende a adequação do Plano Nacional de Vacinação da covid-19. A entidade propõe que, passada a vacinação das pessoas com comorbidades, profissionais de educação, forças de segurança e trabalhadores de transporte, a população seja vacinada por idade decrescente a partir dos 59 anos. Segundo Edvaldo, a mudança proposta acelera o processo de vacinação “garantindo a imunização de forma universal e equitativa, sem privilégios, injustiças e eventuais fraudes”. Ah, bom!

Deu cano

O governador Belivaldo Chagas (PSD), não participou, ontem, da reunião virtual do embaixador da China no Brasil, Yang Wanming, para tratar sobre vacina contra a covid-19. A ausência do gestor sergipano ao encontro entre a autoridade chinesa e governadores foi o bastante para as línguas ferinas espalharem que Belivaldo não foi à reunião porque faltou às aulas de mandarim. Home vôte!

De volta à Assembleia

E quem estará de volta a Assembleia é o ex-deputado estadual Jairo de Glória (Republicanos). Vai substituir o deputado Capitão Samuel (PSC), que pediu licença de quatro meses para tratamento de saúde. O parlamentar explicou que o seu afastamento atende orientação médica visando cuidar de um problema na garganta. “Não vou repetir o erro do passado, quando fiz uma cirurgia, não me afastei do mandato e o problema voltou”, afirma Samuel. O suplente Jair de Glória teve 14.610 votos nas eleições de 2018. Marminino!

Música de luto

A música sergipana está de luto com a morte prematura do cantor Mikael Batista, 33 anos de idade. Vítima da covid-19, o artista sancristovense morreu ontem, num hospital de Aracaju. Segundo os familiares, “o fenômeno”, como ele mesmo se intitulava, sentiu os primeiros sintomas no início desta semana, como febre e dor de cabeça. O quadro se agravou, tendo Mikael procurado socorro no Hospital Nestor Piva, mas morreu enquanto aguardava um leito de UTI. Descanse em paz!

Nova ponte

A depender da vontade do deputado estadual Adailton Martins (PSD), o governo constrói uma nova ponte ligado Aracaju à Barra dos Coqueiros. O parlamentar solicitou ao Executivo que contrate um estudo de viabilidade sobre a obra: “Ela é necessária, pois diante dos vários empreendimentos que estão chegando à Barra, em breve o trânsito na ponte Construtor João Alves ficará inviável”, explica Martins. O deputado está certíssimo!

Portas abertas

O petista Márcio Macedo comemorou a decisão do ex-deputado federal Jean Wyllys de trocar o Psol pelo PT. Exilado na Europa há mais de dois anos, Wyllys explica a decisão: “As pesquisas mostram que Lula é o único capaz de tirar Bolsonaro do poder”. Segundo Márcio Macedo, Jean é um quadro político qualificado e um bom caráter. “Sem falar que é natural de Alagoinhas/BA”, afirma. A solenidade de filiação do ex-deputado ao PT será na próxima segunda-feira. Vixe!

Cadeado na porta

Seguindo a política de aumentar os lucros, o Banco do Brasil fechou a única agência que tinha em Monte Alegre, no sertão sergipano. O presidente estadual do DEM, José Carlos Machado, lamentou o fechamento: “Infelizmente, a população agora vai ter que se deslocar para Nossa Senhora da Glória, afetando bastante o comércio de Monte Alegre”. O BB decidiu fechar agências em Itabaiana, Pacatuba, Monte Alegre, Porto da Folha, Nossa Senhora de Lourdes, Poço Redondo, Salgado, Tomar do Geru e Aracaju. Sacanagem das grossas!

Recorte de jornal


Publicado no jornal aracajuano Gazeta Socialista, em 24 de julho de 1950.