top of page
  • Foto do escritorLuxo Aju

Política by Adiberto de Souza



Na folia, mas de olho no Palácio


Os governistas vão cair na folia momesca sem tirar os olhos do palácio, onde Belivaldo Chagas (PSD) cozinha a chapa majoritária em banho maria. O governador prometeu anunciar, já agora em março, o nome do escolhido para disputar a sua sucessão. Há quem acredite, contudo, que ele vai empurrar o anúncio com a barriga, visando esperar pela definição das federações partidárias. Nem precisa dizer que cada dia tem sido uma agonia para os pré-candidatos, doidinhos para botar os pés na estrada, sair por ai articulando apoios e avaliando os currais eleitorais ainda em fase de engorda para o abate nas eleições. Experiente, o governador não tem motivos para se apressar. Ele sabe que logo após a definição das candidaturas, o palácio começa a esvaziar. Espertos, os cabos eleitorais passam a bajular quem pode governar Sergipe a partir de 2023. Muitas vezes, até o serviço de copa do governo relaxa, passando a servir café frio e água quente ao gestor em fim de mandato. Portanto, aguardemos o fim do Carnaval para saber se Belivaldo serve logo o angu de caroço, pondo um fim na agonia dos pré-candidatos ou os mantém roendo unhas até perto das convenções partidárias. Crendeuspai!


Dia de votar vetos


A Câmara de Aracaju vota hoje vetos do prefeito Edvaldo Nogueira (PDT) a dois projetos relacionados ao Plano Plurianual do município para o quadriênio 2022-2025. A votação deveria ter ocorrido ontem, mas foi adiada porque o líder da bancada governista, vereador Professor Bittencourt (PCdoB), passou mal, após um pico da pressão arterial. Na semana passada, os vereadores derrubaram o veto do prefeito ao reajuste de 33,24% do piso salarial dos professores da rede municipal. Marminino!


Preço de combustíveis


O Senado deve votar hoje dois projetos na esperança de estabilizar o preço dos combustíveis. Um deles é de autoria do senador Rogério Carvalho (PT) e propõe a criação da Conta de Estabilização de Preços, a ser gerida pelo Executivo. O petista esclarece que a sua propositura não prevê o congelamento ou controle de preços. “O que propomos é a criação de um fundo de estabilização e mecanismos de incentivo ao refino no Brasil. Ou seja, desdolarizar e trazer o preço dos combustíveis para a nossa moeda”. O outro projeto estabelece que o imposto tenha uma alíquota única para cada derivado do petróleo. Danôsse!


Abaixo o preconceito


“É uma irracionalidade e ignorância infinita a caracterização do outro pela cor”. A triste constatação é do vereador aracajuano doutor Manuel Marcos (PSD). O parlamentar repudiou os casos de discriminação racial, citando o recente e brutal assassinato do congolês Moïse Kabagambe, no Rio de Janeiro. Manuel Marcos disse ser revoltante a persistência de discriminações por conta da raça. Médico por formação, o vereador afirmou ficar deverasmente constrangido com as pessoas que insistem em avaliar os outros pela cor da pele. Home vôte!


Rolo compressor


Minoria na Assembleia, o deputado estadual Georgeo Passos (Cidadania) não se cansa de reclamar contra as constantes rejeições de suas iniciativas parlamentares. Segundo o cidadanista, nem mesmo as emendas que apresenta para melhorar os projetos do Executivo são aceitas pelos governistas. No meio legislativo, esse comportamento da maioria chama-se rolo compressor. Alguém precisa dizer ao jovem deputado que no Parlamento ganha quem tem mais votos. E ponto final!


Comendo moscas


A coluna comeu moscas ao anunciar que o Tribunal de Justiça de Sergipe escolheria seu novo desembargador na próxima sexta-feira. A bem da verdade, a sessão extraordinária para escolher o novo integrante do Pleno do TJ será no dia 9 de março. Nove juízas e juízes disputam a vaga. Estão no páreo os magistrados José Anselmo de Oliveira, Sérgio Menezes Lucas, Ana Bernadete Leite de Carvalho Andrade, Simone de Oliveira Fraga, João Hora Neto, Fernando Clemente da Rocha, Maria da Conceição da Silva Santos, Manoel da Costa Neto e Edivaldo dos Santos. A escolha será feita pelo critério de merecimento. Ah, bom!


Pixulé no bolso


O governo de Sergipe e a Prefeitura de Aracaju pagam as folhas salariais deste mês antes do Carnaval. O Executivo estadual começa a pagar os salários hoje e termina depois de amanhã. Já a gestão municipal deposita a grana da rapaziada na próxima sexta-feira. Com a antecipação da folha de pessoal, a Prefeitura injetará mais de R$ 70 milhões na economia local. Legal! Junto com a folha deste mês, o governo estadual também paga 50% do 13º salário de 2022 aos aniversariantes de fevereiro. Supimpa!


Jackson é fogo


O ex-governador Jackson Barreto (MDB) está solto nas capoeiras. O homem esbanja disposição de um garoto, demonstrando que tem muito fôlego para gastar na campanha eleitoral que se avizinha. Ontem mesmo, o pré-candidato a senador deu com os costados no quartel do Corpo de Bombeiros Militar de Sergipe para prestigiar uma solenidade de formatura e a entrega de três novas viaturas e equipamentos à corporação. Se JB já está com essa corda toda antes de ter definida a sua candidatura, imagine quando o ruge-ruge eleitoral começar pra valer. Aff Maria!


Coletiva cancelada


Foi cancelada a entrevista coletiva agendada para hoje pela Sergipe Administradora de Cartões e Serviços (SEAC), empresa do Grupo Banese e detentora da marca Banese Card. Marcado para ocorrer no Museu da Gente Sergipana, o encontro com os jornalistas e radialistas visava anunciar o patrocínio da empresa a 10 clubes de futebol do estado. A organização não informou o motivo do cancelamento do evento, adiantando apenas que uma nova data será marcada em situação oportuna. Pois tá!


Irrigantes desesperados


O furto da fiação do sistema de irrigação do perímetro irrigado da Ribeira, em Itabaiana, está causando sérios prejuízos aos irrigantes. Segundo o deputado estadual Talyson de Valmir (PL), sem água para fazer a irrigação, os agricultores estão perdendo parte do que plantaram. O parlamentar apela que a fiação seja substituída o quanto antes pela Companhia de Desenvolvimento e Irrigação de Sergipe (Cohidro). Talyson já fez o apelo pessoalmente ao presidente da estatal, Paulo Sobral, mas até agora neca de pitibiriba. Misericórdia!


Recorte de jornal



Publicado no Jornal do Aracaju, em 1º de fevereiro de 1872.

Comments


bottom of page