top of page
  • Foto do escritorLuxo Aju

Política by Adiberto de Souza



A dúvida na hora de pular a janela


Deputados estaduais e federais têm de hoje até o dia 1º de abril para trocar de partido sem o risco de perderem os mandatos. A previsão é que um número considerável de parlamentares use a janela partidária, porém a maioria enfrenta uma dúvida atroz: qual a melhor legenda para garantir a reeleição? Convites não faltam, mas nenhum garante sucesso nas urnas em outubro deste ano. E para aumentar o sofrimento dos indecisos ainda tem as federações partidárias, com prazo para serem formadas até 31 de maio. E se depois de mudar de legenda o deputado discordar da federação escolhida por sua nova sigla? Aí já era! O problema é que, indeciso ou não, o parlamentar terá que mudar de partido até o próximo dia 1º ou permanecer onde está pra ver como é que fica. Misericórdia!


Avaliando a pandemia


O governador Belivaldo Chagas (PSD) se reúne hoje, com o Comitê Técnico-Científico e de Atividades Especiais para avaliar o perfil epidemiológico de Sergipe após o Carnaval. Também será analisada a possibilidade do retorno das aulas da rede estadual, previsto para o próximo dia 7. É voz corrente entre os profissionais de saúde que a pandemia está em declínio, mas há o temor que o número de casos da covid-19 cresça após as aglomerações registradas no período momesco. Cruz, credo!


Indefinição no PTB


Ainda não foi batido o martelo sobre quem comandará o PTB em Sergipe. Isso só ocorrerá após se definir qual grupo mandará nacionalmente na legenda: se a turma liderada pelo ex-deputado federal Roberto Jefferson ou a da ex-protegida dele, Graciela Nienov. Segundo Clóvis Silveira, a quem o partido foi oferecido pelos liderados de Jefferson, uma definição sobre o futuro da legenda só deverá ocorrer na próxima semana, quando as coisas voltarão a funcionar em Brasília. Aguardemos, portanto!


Troco solidário


Tramita na Assembleia o projeto de lei instituindo o Programa Troco Solidário. Segundo a deputada estadual Maria Mendonça (PSDB), autora da propositura, o objetivo é estimular a solidariedade das pessoas, através da doação do troco de suas compras às entidades filantrópicas de Sergipe. Pelo projeto, ao regulamentá-lo, o governo estadual poderá criar mecanismos de estímulo, a exemplo de premiações e descontos ao consumidor e, também, ao estabelecimento participante do programa. Supimpa!


De olho no governo


Sergipe tem mais um pré-candidato a governador. É o professor Aroldo Félix, que disputará a sucessão estadual pelo partido Unidade Popular. O novo postulante à cadeira ocupada hoje pelo governador Belivaldo Chagas (PSD) é fundador do UP no estado, foi membro do diretório nacional e já presidiu o DCE da Universidade Federal de Sergipe. Aroldo Félix tem 39 anos, é doutor em Engenharia Química e pesquisador da área de energias renováveis. Então, tá!


Discurso repetido


Quem ouve ou ler os discursos feitos por Jackson Barreto (MDB) em 2018, quando ele concorreu sem sucesso ao Senado, percebe que o distinto está repetindo as mesmas frases agora em 2022. Naquele ano, JB se dizia convencido que deveria continuar na política: “Este não é o momento de me ausentar, mas de lutar pela democracia, pela liberdade e pelo nosso povo”, discursava. Jackson também jurava que ainda tinha que contribuir muito com Sergipe e com o Brasil, acrescentando que “não é a hora de ir para casa”. Resta saber se hoje os eleitores pensam como ele. Em 2018, a maioria dos sergipanos não pensava. Marminino!


IPI causa prejuízo


A redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) vai afetar as finanças de Sergipe. Segundo cálculos feitos pelo Executivo estadual, a medida do governo federal deve provocar um prejuízo aos cofres públicos superior a R$ 180 milhões somente este ano. O Ministério da Economia informou que a alíquota do IPI será reduzida em 25% para a grande maioria dos produtos, particularmente os da linha branca, como geladeira, fogão e máquina de lavar. Crendeuspai!


Sangue novo no TJ


O Tribunal de Justiça de Sergipe terá dois novos desembargadores neste primeiro semestre. Um deles será o juiz de direito Gilson Félix, a ser indicado pelo critério de antiguidade para substituir o desembargador Osório Ramos Filho, que está se aposentando em maio. O outro vai ser escolhido no próximo dia 9, pelo critério de merecimento. Estão disputando esta vaga os juízes José Anselmo de Oliveira, Sérgio Menezes Lucas, Ana Bernadete Leite de Carvalho Andrade, Simone de Oliveira Fraga, João Hora Neto, Fernando Clemente da Rocha, Maria da Conceição da Silva Santos, Manoel da Costa Neto e Edivaldo dos Santos. Boa sorte a todas e todos!


Petróleo nas alturas


O senador Rogério Carvalho (PT) está prevendo novos reajustes nos preços dos combustíveis, devido a disparada de preço do barril do petróleo, que já atingiu mais de 110 dólares, maior valor desde 2014. O parlamentar sergipano lamenta que o presidente Jair Bolsonaro (PL) insista na política de Preço de Paridade de Importação (PPI) praticada pela Petrobras. Segundo Rogério, esta metodologia penaliza os brasileiros em favorecimento do lucro das petroleiras e dos acionistas privados. Home vôte!


Militares reunidos


Policiais militares e bombeiros participam, hoje, de uma assembleia para discutir a redução de interstício (período mínimo de serviço em cada posto), uma das propostas da categoria na negociação salarial com o governo estadual. A reunião está marcada para às 14h30, na sede da Associação dos Oficiais Militares de Sergipe, em Aracaju. A redução de interstício também está sendo reivindicada pelos policiais civis. Ah, bom!



Comments


bottom of page