top of page
  • Foto do escritorLuxo Aju

Política by Adiberto de Souza



Afinal, quem ficará com o MDB?


O comando do MDB sergipano está sendo cobiçado pelo senador Rogério Carvalho (PT). Os irmãos Sérgio e Fábio Reis, contudo, garantem que têm o controle da legenda e atribuem a “boatos” as notícias dando conta que eles podem perder a direção do partido a qualquer momento. Há dias, o petista mexe os pauzinhos na tentativa de levar o MDB para a aliança partidária que apoia a sua pré-candidatura ao governo. Para tanto, vem conversando com lideranças nacionais da sigla, prometendo atrair o deputado federal Fábio Henrique (PDT), também interessado em trocar de partido, justamente para apoiar o projeto político do petista. A questão é saber se o deputado federal Fábio Reis e o irmão Sérgio suportarão a pressão até o próximo dia 1º, quando a janela partidária será fechada e ninguém mais poderá pular a cerca este ano. Portanto, façam suas apostas: com quem ficará o MDB em Sergipe? Misericórdia!


Casa nova


E o deputado federal Gustinho Ribeiro já está de partido novo. O parlamentar lagartense assinou, ontem, a ficha de filiação ao Republicanos. Entre outros, prestigiaram o evento de filiação, ocorrido em Brasília, o presidente nacional do partido, Marcos Pereira, e o presidente de honra da sigla em Sergipe, pastor Heleno Silva. Gustinho deixou o Solidariedade por entender que nesta sigla teria dificuldades para se reeleger. Além dele, Heleno também é pré-candidato a deputado federal. Ambos vão travar uma disputa para ver qual deles será o mais votado do Republicanos. Aff Maria!


Origem comunista


A ex-deputada federal Cristhiane Brasil (PTB) voltou a fustigar o ex-amigo e deputado estadual Rodrigo Valadares (PTB). Pelas redes sociais, a moça postou uma foto do sergipano na manifestação dos servidores estaduais, com a seguinte legenda: “Esse bandido mentiroso, traidor, esquerdinha mal perdeu a mamata no PTB e voltou às origens comunistas! Ele acha que engana quem?”, indaga. E Cristhiane prosseguiu atacando o deputado com seu linguajar impublicável. Pelo visto, o melhor para Rodrigo Valadares é procurar outro partido, antes que a janela partidária feche e ele fique no mato sem cachorro. Crendeuspai!


Abra o olho


O eleitor deve ter muito cuidado com os candidatos tagarelas que vão aparecer na campanha eleitoral deste ano. É preciso analisar o passado dos suplicantes, as propostas apresentadas por eles e denunciar aqueles que tentam se eleger comprando a consciência do cidadão. Não esqueça que a qualidade dos parlamentos depende da boa escolha feita pelo eleitorado. Fique ligado!


Governador agradecido


O governador Belivaldo Chagas (PSD) agradeceu aos deputados estaduais pela aprovação de projetos do Executivo concedendo reajuste salarial aos servidores públicos. A sessão de ontem na Assembleia foi por demais tensa. Enquanto os deputados discutiam os projetos do governo, os servidores protestavam em frente ao Legislativo. A Polícia Militar cercou o prédio da Alese e a SMTT bloqueou o trânsito de veículos na área. Cruz, credo!


Contra partilha de verba


Presidida por Edvaldo Nogueira (PDT), a Frente Nacional dos Prefeitos divulgou nota condenando o fato de o Ministério da Educação priorizar lideranças evangélicas na distribuição dos recursos da pasta. “O Brasil não pode silenciar diante de uma situação tão injusta do uso do dinheiro público”, ressalta a nota. Por sua vez, o senador Alessandro Vieira (PSDB) afirmou que “o escândalo do Ministério da Educação não pode ficar impune. Não podemos tratar a corrupção e o tráfico de influência com normalidade”. Home vôte!


Voto caro


Os contribuintes vão gastar mais de R$ 4,9 bilhões para eleger os próximos governadores, senadores, deputados federais e estaduais. Quer dizer, o cidadão vai pagar uma fortuna para manter as mordomias de um punhado de políticos, muitos deles envolvidos com todo tipo de falcatruas. Caro como será, o voto deve ser dado a quem possui um passado limpo, conduta moral e ética exemplar. Do contrário, o Brasil vai queimar R$ 4,9 bilhões para eleger centenas de crápulas, interessados unicamente em roubar o dinheiro público, na quase certeza que não serão punidos. Pense nisso!


A máscara caiu


A Assembleia aprovou, ontem, projeto do governo estadual acabando com a obrigação do uso de máscaras pela população sergipana. A exigência estava em vigor desde 2020, como forma de conter a pandemia do coronavírus. Agora, o Comitê Técnico-Científico vai decidir em quais locais a máscara ainda será necessária. Com a aprovação do projeto pelo Legislativo, Sergipe segue o que já fizeram outros estados, onde a máscara facial não é mais exigida. Então, tá!


Trabalha bem mais


Após a chegada dos filhos, as mulheres deixam o mercado de trabalho cinco vezes mais que os homens. Segundo pesquisa feita pela empresa de recrutamento Catho, 28% das mulheres deixaram o emprego quando os filhos nasceram, versus 5% dos homens. O estudo mostra, ainda, que 21% das mulheres levam mais de três anos para retornarem ao trabalho. A mesma situação para os homens ocorre em apenas 2% dos casos. Elas são vítimas da dupla jornada de trabalho. Cruzes!


Esperteza parlamentar


Ao ler aqui na coluna uma nota dando conta que alguns deputados apresentam indicações propondo pavimentação de rodovias estaduais para, depois da obra pronta, aparecerem com os pais da criança, um internauta informou que certos vereadores de Aracaju estão fazendo coisa parecida: os fidalgos aprovam indicações pedindo à Prefeitura para implantar iluminação de LED em vária localidades da capital. E indicam justamente as ruas e avenidas já selecionadas pela Emurb para receberem o benefício. Estes parlamentares devem achar que o mundo é dos mais espertos. Desconjuro!


Planos reavaliados


O ex-deputado federal José Carlos Machado (União Brasil) avalia a hipótese de disputar uma cadeira na Assembleia. Machadão entende que sua eleição para a Câmara federal é muito difícil por conta da nova legislação eleitoral, que pôs o fim das coligações e reduziu o número de candidatos por partidos. O ex-parlamentar ainda não bateu o martelo, mas, pelo que tem dito aos aliados, deve mesmo disputar uma das 24 cadeiras do legislativo estadual. Marminino!


Recorte de jornal



Publicado no jornal aracajuano Diário de Sergipe, em 28 de fevereiro de 1958.

Comments


bottom of page