top of page
  • Foto do escritorLuxo Aju

Política by Adiberto de Souza



JB a caminho da oposição


As últimas movimentações do ex-governador Jackson Barreto (MDB) permitem suspeitar que ele só permanecerá no bloco governista se for o indicado para disputar o Senado. Caso seja preterido, deve se mudar de mala e cuia para a oposição, visando apoiar o pré-candidato ao governo Rogério Carvalho (PT). Ora, não fosse assim, por que JB permaneceria no esfacelado MDB, partido que em Sergipe está sob a tutela do senador petista? Ademais, se estivesse confiante em sua indicação para a disputa senatoria, Jackson não atropelava os acontecimentos, como fez ontem, ao anunciar um empresário de Lagarto como seu pré-candidato a suplente. Com 76 anos bem vividos, o ex-governador sabe que esta deverá ser a sua última eleição e, irrequieto como é, não ficará embaixo do palanque aplaudindo os candidatos governistas. Quem viver, verá!


Governo fora do ar


O governo de Sergipe está com sites, sistemas, redes e internet desativados. O apagão ocorreu, ontem, quando a ativação da nova subestação de energia elétrica, próxima à sede da Empresa Sergipana de Tecnologia da Informação (Emgetis) danificou alguns equipamentos. A estatal informou que as suas equipes técnicas estão trabalhando para restabelecer os serviços o mais rápido possível. Portanto, até que o problema seja resolvido, quem quiser se comunicar com o governo deve usar o tradicional Graham Bell, escrever cartas, passar telegramas ou mandar recados. Crendeuspai!


Infância perdida


Quase 14% das meninas brasileiras de 6 a 14 anos afirmam trabalhar ou já ter trabalhado para terceiros. Pesquisa contratada pela Ong inglesa Plan International revela que uma em cada três das meninas disse não ter tempo suficiente para brincar e estudar. Mais de 37% das entrevistadas que dizem trabalhar prestam serviço na casa de outras pessoas, cuidando das crianças, fazendo faxina e outras atividades domésticas. Cerca de 5% das entrevistadas revelaram que trabalham nas ruas vendendo coisas e recolhendo material reciclável. Terrível!


Otimismo no PSB


O presidente estadual do PSB sergipano, Valadares Filho, garante que o partido conseguiu formar chapas com nomes competitivos para disputar cadeiras na Assembleia Legislativa e na Câmara dos Deputados. “É possível que dentro do contexto atual, o PSB eleger dois parlamentares estaduais”, afirma. Pré-candidato à Câmara federal, Vavazinho acredita que se elegerá, “retomando o protagonismo do partido em Brasília”. O PSB fez aliança com o PT para apoiar a pré-candidatura ao governo estadual do senador Rogério Carvalho (PT). Ah, bom!


Maior bancada


O PDT do prefeito Edvaldo Nogueira ficou mais forte na Câmara Municipal de Aracaju, passando a ter a maior bancada com quatro vereadores: Professor Bittencourt, Anderson de Tuca, Vinicius Porto e Isaac Silveira. O PSD aparece na segunda colocação com três parlamentares: Nitinho Vitale, Palhaço Soneca e Manoel Marcos. Na Assembleia Legislativa, o PDT também mostrou musculatura com as filiações dos deputados estuais Garibalde Mendonça, Zezinho Sobral e Maria Mendonça. Aff Maria!


Medicina de luto


Morreu, ontem, em Aracaju, o médico José Olino de Campos Lima, 82 anos. Formado pela Universidade Federal de Sergipe, ele foi o primeiro médico a fazer uma cirurgia plástica no estado, em 1970. Doutor José Olino foi vice-presidente da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica e emprestou o nome à Unidade de Queimados do Hospital de Urgência Governador João Alves Filho, em Aracaju. Estas informações sobre José Olino estão no Dicionário Biográfico de Médicos de Sergipe, editado pelo também médico Lúcio Antônio Prado Dias.


Desigualdade


O sistema tributário brasileiro provoca um tipo mais profundo de injustiça, pois onera proporcionalmente os mais pobres em relação aos mais ricos. Estudo do Instituto de Estudos Socioeconômicos revela que os 10% mais pobres da população comprometem 32% da renda com o pagamento de tributos. Para os 10% mais ricos, o peso dos tributos cai para 21%. Nos 10% mais pobres da população, 68,06% são negros e 31,94%, brancos. A faixa mais desfavorecida é composta por 45,66% de homens e 54,34% de mulheres. Êita Brasilzão desigual!


MDB na oposição


O empresário e militante político Clóvis Silveira informou que deverá assumir o comando do MDB em Sergipe logo em breve. “A intervenção da direção nacional durará até quando for necessário, acredito que será até a próxima semana”, declarou. Clóvis revelou que, conforme o acertado com a direção nacional, a legenda será comandada por ele, “até porque fiz todas as filiações”. A intervenção, gerada pelas renúncias de dirigentes estaduais, aconteceu no final da semana passada. O partido deve apoiar o pré-candidato ao governo Rogério Carvalho. Esta informação é do blog Primeira Mão.


Pouco tempo


Termina no dia 4 de maio próximo, o prazo para solicitar a primeira via do título de eleitor, transferir o domicílio eleitoral e alterar dados no cadastro pessoal. O Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe adverte que este prazo tem previsão em Lei e é improrrogável. Todos os serviços prestados pela Justiça Eleitoral podem ser obtidos pela internet e estão concentrados em uma única página. O autoatendimento do eleitor acontece de forma rápida, fácil e intuitiva. É importante ressaltar que os atendimentos presenciais nos Cartórios Eleitorais do Estado somente ocorrerão mediante agendamento. Então, tá!


Forró Caju de volta


Após dois anos sem ser realizado por causa da pandemia do coronavírus, o Forró Caju voltará a acontecer agora em 2022. A boa notícia foi dada pelo prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira (PDT): “Nossa cidade tem avançado significativamente com a vacinação. O cenário epidemiológico também está controlado, e isso nos dá segurança para organizar a maior festa do nosso estado, da nossa capital”, afirmou Nogueira. Edvaldo diz ter certeza que a Prefeitura fará uma grande festa, movimentando a economia, gerando empregos, renda e atraindo milhares de visitantes para se divertir em Aracaju. Supimpa!


Boca de siri


O pré-candidato a governador João Fontes (PTB) tem feito segredo sobre a maioria dos nomes dos filiados ao partido durante a janela partidária. Ele só adiantou as filiações de Eugênia Teixeira e do ex-deputado federal Mendonça Prado. O distinto disse à jornalista Rita Oliveira que não revela as outras filiações para preservar os novos petebistas. Otimista, Fontes garante que a legenda sob seu comando elegerá o deputado federal mais votado de Sergipe, porém o nome do dito cujo está guardado à sete chaves. Home vôte!


Comentarios


bottom of page