top of page
  • Foto do escritorLuxo Aju

Política by Adiberto de Souza



Rogério, Mitidieri e o retrato da discórdia


Nunca na política de Sergipe uma simples fotografia causou tanta polêmica quanto a que exibe, de mãos dadas, o pré-candidato a governador Fábio Mitidieri (PSD), o presidenciável Lula da Silva (PT) e o postulante a vice-presidente Geraldo Alckmin (PSB). Desde a postagem na internet do tal retrato da discórdia que a turma do PT estrebucha. Os petistas ficaram irritadíssimos, principalmente porque a legenda da foto de Mitidieri diz que a parceria dele “com Lula é antiga. Temos propostas que dialogam no combate à fome, geração de emprego e renda”. O próprio pré-candidato petista ao governo entrou na briga e, puxando a brasa para a sua sardinha, pediu ao eleitorado que “recuse imitações. É Lula lá e Rogério cá”. Ora, se uma simples fotografia, idêntica à tantas outras feitas por Lula e Alckmin com pré-candidatos que apoiam nos estados a chapa PT/PSB, causou essa polêmica, o que acontecerá se o “Barba” resolver subir no palanque de Fábio Mitidieri? Além de ficarem vermelhinhos de raiva, alguns petistas mais radicais são capazes de se enforcarem num pé de coentro à beira da estrada. Home vôte!


Agora vai!


Impedido de disputar o governo de Sergipe pelo próprio partido, o empresário Emmanuel Franco Filho (Mobiliza) declarou apoio ao pré-candidato a governador João Fontes (PTB). A adesão foi anunciada ontem, durante o lançamento da pré-candidatura de Mendonça Prado (PTB) ao Senado. Segundo Franco Filho, chegou a hora de a direita sergipana se unir em torno dos dois petebistas que melhor representam no estado o presidente Jair Bolsonaro (PL). Arre égua!


Que bandeira!


Alguém precisa informar à Prefeitura de Aracaju sobre o sumiço daquela enorme Bandeira do Brasil que tremulava no mastro cravado no centro na Praça da Bandeira. Será que roubaram o símbolo nacional ou simplesmente o vento esfarrapou o pano? Seja o que tenha sido, não custa muito a Prefeitura mandar colocar outra Bandeira naquela bem arborizada praça. Aff Maria!


Não vingou


Ao que tido indica, os governistas não têm muita simpatia pela pré-candidatura da advogada Luciana Déda (PDT) à vice-governadoria. É que o nome da fidalga nunca é citado quando o grupo situacionista se reúne para tratar sobre a formação da chapa majoritária. Até o momento, as mais cotadas para disputar a vice na chapa encabeçada por Fábio Mitidieri (PSD) são a empresária e 1ª dama de Aracaju, Danusa Silva (PDT), e a vice-prefeita da capital, Katarina Feitosa (PSD). Isso não significa dizer que Luciana deve tirar o time de campo antes de a escolha ser sacramentada. Afinal, a esperança é a última que morre. Marminino!


Benefício tributário


O deputado estadual Zezinho Guimarães (PL) comemorou a publicação no Diário Oficial do Estado de um decreto do governo sergipano beneficiando as pequenas indústrias, especialmente as de confecções. Pela medida, até dezembro deste ano, os pequenos empresários estão livres de pagar o ICMS antecipado. Satisfeito porque o governo atendeu ao seu apelo, Guimarães fustigou os pré-candidatos que se dizem preocupados com o Polo de Confecções de Itabaianinha e Tobias Barreto, mas nada fazem, além dos belos discursos. Danôsse!


Professora e estudantes


A professora Sônia Meire (Psol) tem coletado assinaturas para o manifesto de apoio à sua pré-candidatura à Câmara Federal. Ontem, a psolista passou o dia no campus da Universidade Federal de Sergipe, em São Cristóvão, conversando com os estudantes sobre o seu “projeto para mudar o Brasil e Sergipe”. Nas eleições de 2020, Sônia Meire disputou uma cadeira na Câmara de Aracaju, ficando na primeira suplência com 3.342 votos. Naquele pleito, o Psol elegeu Linda Brasil como a vereadora mais votada da capital. Ah, bom!


Filosofia de Britto


Do sergipano Carlos Ayres de Britto, ministro aposentado do Supremo Tribunal Federal: “Orçamento secreto é um convite ao público pra ver o Estado jogar dentro das quatro linhas da Constituição, mas sob duas condições: primeira, que o jogo seja noturno; segunda, que não haja refletores.”. Cruzes!


Alô, alô, responde


O ex-governador Jackson Barreto (MDB) não respondeu às insistentes ligações telefônicas do deputado federal Laércio Oliveira (PP). O pepista contou ter ligado cinco vezes seguidas, porém JB deu calado por resposta. Laércio queria conversar com o aliado sobre a candidatura ao Senado, que vem sendo disputada internamente pelos dois. Educado, o deputado não disse que o emedebista fez ouvidos de mercador às suas ligações telefônicas. Prometeu, inclusive, que vai insistir para conversar como Barreto. Quer apostar uma mariola de goiaba como Jackson continuará se fingindo de môco? Misericórdia!


Virou cabo eleitoral


Cassado por abuso do poder econômico nas eleições de 2018, o ex-deputado federal Valdevan Noventa (PL) virou cabo eleitoral. Outro dia, o distinto ofereceu um bem servido regabofe para anunciar o seu apoio ao pré-candidato a deputado estadual “Pato Maravilha” (PL). Em companhia do prefeito de Umbaúba, Humberto Maravilha (MDB), que vem a ser irmão do postulante emplumado, Valdevan tem batido pernas pelo estado à procura de apoio eleitoral para o “Pato Maravilha”. Quém! Quém!


Comida para os gringos

E o pré-candidato a senador Henri Clay Andrade (Psol) lamenta que milhões de pessoas passem fome no Brasil, país considerado o terceiro maior produtos de alimentos do mundo. Segundo o político psolista, enquanto os brasileiros vivem na miséria, o país vende para os gringos quase toda produção agrícola. O distinto tem razão! Para ser ter uma ideia de quanto é grave a crise, o índice de miséria em Aracaju no 1º trimestre deste ano foi 26,4, um pouco superior à média nacional de 22,6. No Nordeste, a capital sergipana só ganha em miserabilidade para Salvador (29,9) e Recife (29,1). Este fato lembra um adágio popular, muito comum na ditadura militar: “Plante e coma, senão o governo toma”. Crendeuspai!


Segure os bolsos


Moradores da Barra dos Coqueiros estão indignados com o exagerado aumento do valor do IPTU. Segundo o deputado estadual Garibalde Mendonça (PDT), nos grandes loteamentos e condomínios daquele município, o reajuste do tributo variou entre 630% a 900%. Para se ter uma ideia da absurda majoração, no Residencial Caminho do Porto, em 2021 no IPTU foi de R$ 274,66, enquanto este ano a Prefeitura cobrou R$ 1.194,00. O deputado entende que se a Prefeitura da Barra não recalcular pra baixo os valores do tributo, deixará de arrecadar, pois a população não terá como pagar o milionário IPTU. Só Jesus na causa!


Ariando a fivela


Os pré-candidatos de A a Z devem bater ponto, amanhã e domingo, em Poço Verde. Localizado na região Centro-Sul de Sergipe, o município promove uma grande festa em homenagem a São Pedro, com direito a shows e muito forró. Em pré-campanha, os políticos vão aproveitar para ariar a fivela e, naturalmente, avaliar qual o sentimento dos brincantes sobre eles. Mesmo não sendo candidato a nada nas eleições deste ano, o governador Belivaldo Chagas (PSD) deve comparecer ao animado forrobodó de Poço Verde. Então, tá!


Commentaires


bottom of page