top of page
  • Foto do escritorLuxo Aju

Política by Adiberto de Souza



Sem Valmir na disputa, quem herdará os votos dele?


Diante da real possibilidade de Valmir de Francisquinho (PL) não conseguir reverter a sua inelegibilidade a tempo de disputar o governo de Sergipe, quem herdará os votos dele? Esta pergunta tem sido feita cada vez com mais insistência, pois é voz corrente que dificilmente o Tribunal Superior Eleitoral voltará atrás na decisão que tornou Valmir inelegível. Para a maioria dos apostadores, o candidato a governador Rogério Carvalho (PT) será o grande beneficiado com o fracasso de Francisquinho. Há quem diga que, em se concretizando a punição, o político liberal fará campanha aberta contra o postulante Fábio Mitidieri (PSD). Ele não engoliu o fato de o partido do governista ter constituído advogado para acusá-lo no TSE. A candidatura de Alessandro Vieira (PSDB) também seria beneficiada com os votos daqueles que, em não podendo votar em Valmir, não votam no PT nem amarrados. Portanto, sem a participação do candidato do PL na disputa eleitoral, o grande prejudicado será Mitidieri, que corre o risco de ficar de fora de um 2º turno caso Francisquinho consiga transferir votos com a mesma facilidade que atrai a simpatia dos sergipanos. Misericórdia!


Falando sozinha


A cúpula do PT sergipano não levou em consideração à reação de Lurian Silva, filha do presidenciável Lula, contra o apoio dos irmãos Sukita ao candidato a senador Laércio Oliveira (PP). O presidente do PT sergipano, deputado federal João Daniel, disse esperar que o grupo do ex-prefeito de Capela permaneça no barco petista para ajudar a eleger Lula à Presidência e Rogério ao governo de Sergipe. Daniel afirmou, inclusive, que está sendo agendada uma carreata em Capela, com a participação de Manoel Sukita e da irmã Clara, candidata a deputada estadual pelo PT. certamente, a filha do “Barba” não estará nesse evento político. Marminino!


Febre da vitória


O presidenciável José Maria Eymael (DC) foi contaminado pela febre da vitória, doença sem remédio, mas que desaparece logo após a contagem dos votos. O fidalgo, que disputa a Presidência da República pela 6ª vez, publicou em seu perfil no Twitter uma “premonição” de vitória. Segundo ele, derrotaria o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) no 2º turno. “Premunição! Estarei no Segundo Turno e derrotarei Lula! Sinais! Fortes sinais”, escreveu o ex-deputado. Pelo visto, só pedindo ao candidato a governador de Sergipe pelo DC, médico geriatra Antônio Cláudio, para consultar o eterno presidenciável José Maria Eymael? Creindeuspai!


Defesa da floresta


Uma boa notícia para os defensores da fauna e da flora: a candidata à Presidência, Vera Lúcia (PSTU, promete demarcar as terras indígenas e quilombolas, além de aumentar as áreas de preservação ambiental, com fortalecimento dos órgãos de fiscalização. Nascida e Pernambuco e criada em Sergipe, a presidenciável garante que vai expropriar as empresas que derrubam a floresta e são contra a redução da emissão de carbono. O problema é que para colocar projetos tão arrojados em prática, primeiro Vera Lúcia precisa se eleger presidente, tarefa um tanto quanto difícil para quem não consegue passar de 1% nas pesquisas de intenção de votos. Home vôte!


Chuvas causam prejuízos


Ao tempo em que festejam o bom inverno, muitos agricultores sergipanos estão se queixando que o excesso de chuvas causou sérias perdas nas roças de milho, particularmente no semiárido. Os plantios feitos em áreas de baixios foram inundados e o milho já maduro amarelou. Nestes casos, os produtores estão retirando a plantação para transformá-la em silos, visando garantir comida para o gado durante o verão. Mas se tiveram perdas na plantação, os sertanejos estão sorrindo de orelha a orelha com a fartura de água nos tanques, açudes e represas. Legal!


Show de lebreia


Cinco dos oito candidatos ao governo de Sergipe participaram, ontem, de uma sabatina promovida pela seccional da OAB. Estiveram no bate-bapo os postulantes Alessandro Vieira (PSDB), Fábio Mitidieri (PSD), Niully Campos (Psol), Rogério Carvalho (PT) e Valmir de Francisquinho (PL). Composto em sua maioria por advogados, o público acompanhou com atenção as exposições dos candidatos e, naturalmente, saiu da OAB cheio das mais mirabolantes promessas, muitas delas sem pé nem cabeça. Coisas da política!


Goleada policial


Quatro criminosos se deram mal ao tentarem assaltar um capitão da Polícia Militar que se deslocava em seu carro por uma rodovia de Socorro. Surpreendidos com a reação do oficial, os bandidos fugiram após um comparsa ter sido morto no tiroteio. Em seguida, os três sobreviventes roubaram um outro veículo, porém foram interceptados por uma patrulha policial e morreram em novo confronto. No interior dos dois carros, a Polícia encontrou granadas e armas de grosso calibre. Aff Maria!


Uso da máquina


“Máquina do governo Belivaldo opera a favor da candidatura de Mitidieri”. Este é o título do comentário assinado pelo editor do Jornal do Dia, jornalista Gilvan Manoel, abordando o apoio do gestor estadual ao candidato a governador. Segundo o articulista, “quase diariamente, Belivaldo recebe em seu gabinete prefeitos e lideranças políticas envolvidas na campanha de Mitidieri e autoriza com uma canetada a maioria dos pedidos. Segundo Gilvan Manoel “ao colocar a máquina do estado pra trabalhar pela eleição de Fábio Mitidieri (PSD), Belivaldo volta a debochar da justiça eleitoral, talvez imaginando que, por não ser candidato, não tem como ser alcançado pelo TRE-SE”. Danôsse!


Vai uma cerveja?


O gerente de Relações Governamentais da Ambev, Rodrigo Mocchia, apresentou ao governador Belivaldo Chagas (PSD) o resultado da produção da cerveja local batizada de ‘Abiúda de Sergipe’. A bebida tem como um dos ingredientes-base a laranja produzida no estado. O nome faz referência ao vocabulário regional, que usa o termo para se referir às pessoas curiosas. “A expectativa é que a produção continue e a cerveja passe a fazer parte da linha, devido ao sucesso espetacular que obtivemos”, afirmou Mocchia. Nem precisa dizer que o governador ficou pra lá de satisfeito com a cerveja genuinamente sergipana. Supimpa!


Aeroporto é a saída


O ainda candidato a governador Valmir de Francisquinho (PL) tem dito que enquanto gestor de Sergipe não quer ver um paciente ter que sair do estado pra buscar tratamento. O homem promete que, se eleito, vai acabar com a sangria de recursos na saúde e garantir um atendimento de qualidade. O diabo é Valmir convencer os ricaços que não acreditam em nossa rede hospitalar. Dita em tom de brincadeira, a afirmação “o melhor hospital de Sergipe é passagem de avião para São Paulo” sempre foi seguida ao pé da letra por quem possui condições financeiras para cuidar da saúde. Aliás, alguns políticos vão para o caríssimo Hospital Sírio Libanês até para tratar unha encravada. Claro, tudo bancado pelos contribuintes. Só Jesus na causa!


Cavalice


De um bebinho, numa bodega da periferia de Aracaju: O que não vai faltar, amanhã, no desfile militar de 7 de Setembro, é cavalo cagando, andando e fazendo ruma”. Arre égua!


Comentários


bottom of page