• Luxo Aju

Política by Adiberto de Souza

O risco do já ganhou, na reta final da campanha


Não se ganha eleição de véspera. Dizer que já venceu a disputa eleitoral é uma temeridade. Ainda faltam 14 dias para o pleito e a reta final sempre foi traiçoeira. O já ganhou é o maior adversário dos candidatos, pois os próprios começam a andar de salto alto e seus aliados cruzam os braços para esperar o resultado da apuração dos votos. As pesquisas servem para balizar a campanha, porém os percentuais de hoje podem ser completamente diferentes duas semanas depois. Os políticos mais experientes sabem disso e certamente já alertaram os aliados para evitarem o clima do “já ganhou”. Portanto, nesse mar revolto da campanha existem muitas surpresas de última hora. Quem subestimar as ondas ainda a serem vencidas até o próximo dia 2, corre o sério risco de morrer afogado em plena praia. Misericórdia!


Promessa vazia


Na reta final da campanha, os candidatos estão prometendo até o impossível. Bom exemplo disso foi dado pelo postulante a governador Fábio Mitidieri (PSD). Entrevistado pelo portal JLPolítica, o fidalgo prometeu que, se eleito, vai “acabar com a fome em Sergipe”. Ora, este seria um fato inédito, pois ninguém jamais conseguiu por um fim a essa praga, que persegue o ser humanos desde que o mundo é mundo. A fome pode até ser minimizada através de políticas públicas, mas nunca extinta como promete o ilustre. Alguém precisa dizer ao jovem Mitidieri que é impossível acabar com a fome, a seca, a corrupção, etcétera e tal. Creindeuspai!


Acessibilidade garantida


Eleitores com deficiência ou mobilidade reduzida terão a possibilidade de votar em seção com acessibilidade, como acesso à rampa ou elevador. O eleitor com deficiência também pode contar com a ajuda de uma pessoa de sua confiança no acesso à seção. Nas eleições deste ano, todas as urnas eletrônicas contarão com tradução na Língua Brasileira de Sinais (Libras). Para as pessoas com deficiência visual, além do sistema Braille, também serão disponibilizados fones de ouvido para que eleitores cegos ou com baixa visão recebam sinais sonoros com a indicação do número escolhido. Supimpa!


Chamado de mentiroso


O senador Alessandro Vieira (PSDB), candidato ao governo de Sergipe, acusou seu concorrente o também senador Rogério Carvalho (PT) de mentir sobre a votação no orçamento secreto do Congresso. O tucano garante que, ao contrário do petista, ele votou contra o projeto que “eximia os parlamentares de darem publicidade às indicações aos orçamentos anteriores à sua aprovação”. A disputa entre Alessandro e Rogério ficou mais acirrada após a Justiça Eleitoral ter indeferido a candidatura de Valmir de Francisquinho (PL) que, mesmo sub judice, está na liderança isolada das pesquisas de intenção de votos. Aff Maria!


Graham Bell turbinado


Aracaju passou a fazer parte, nesta segunda-feira, das capitais brasileiras com o sinal do 5G puro. A tecnologia oferece maior velocidade para baixar e enviar arquivos, estabilidade e menor tempo de latência (resposta). Para acessar à internet móvel do 5G puro o usuário deve ter um celular habilitado para a tecnologia. Também é preciso estar nos bairros cobertos pelo sinal 5G, que inicialmente está funcionando em áreas escolhidas pelas companhias telefônicas. As operadoras Claro, TIM e Vivo, que arremataram as licenças nacionais na faixa 3,5 GHz, instalaram um número mínimo de antenas 5G em cada capital. Em Aracaju são oito antenas. Alô, alô, responde!


Pausa para o café


Mesmo aparecendo na rabeira das pesquisas, a candidata a presidente Vera Lúcia (PSTU) não perdeu o pique da campanha. Neste final de semana, a moça pediu votos em Santos (SP), tendo percorrido pontos de parada de ônibus e feito panfletagem no centro da cidade. Entre uma atividade política e outra, esta pernambucana de nascimento e sergipana por adoção parou numa padaria para tomar o merecido café da manhã. Ex-filiada do PT, a persistente Vera Lúcia já se candidatou a vereadora, vice e prefeita de Aracaju, vice e governadora de Sergipe, além de deputada federal e presente da República. Quem sabe um dia a distinta não se elege, né? Cruzes!


Estância de luto


A população de Estância amanheceu ontem enlutada com a morte da ex-prefeita Dayse de Oliveira Garcia. Ela era esposa do também ex-prefeito daquele município, Carlos Magno e mãe do vereador Tito Magno. O governador Belivaldo Chagas (PSD) foi um, entre tantos, que lamentou a morte da política. Sobrinha da ex-prefeita, a candidata a senadora delegada Danielle Garcia (Pode), rogou “a Nossa Senhora que a receba de braços abertos e que a cubra com seu manto sagrado por toda a eternidade”. Segundo Danielle, sua tia era “uma mulher visionária, forte, aguerrida e com uma história de luta pelo povo de Estância”. Descanse em paz!


Conversa com jornalistas


O Sindicato dos Jornalistas de Sergipe vai ouvir os candidatos a governador sobre suas propostas para a comunicação pública. Já nesta segunda-feira, a categoria conversa com a postulante Niully Campos (Psol). Amanhã será a vez de Valmir de Francisquinho (PL) bater um papo com os coleguinhas. O diálogo com os jornalistas prossegue na quarta-feira com o candidato Rogério Carvalho (PT), na quinta com Alessandro Vieira (PSDB) e na sexta-feira com o governista Fábio Mitidieri (PSDB). Os candidatos vão apresentar suas propostas para a comunicação, ouvir pleitos dos jornalistas e responder questionamentos da categoria. Ah, bom!


Mamando nas tetas


Faltando apenas 14 dias para as eleições, nunca é demais alertar o eleitor sobre os políticos copa do mundo, que só aparecem de quatro em quatro anos para pedir votos. Quando eleitos, estes mequetrefes se preocupam apenas em defender os próprios interesses. É claro que há políticos comprometidos com as causas populares, porem são tão poucos que passam desapercebidos. Enquanto não for feita uma reforma política nesse país e o povo continuar votando em troca de vantagens pessoais, os políticos safados e corruptos vão permanecer mamando nas generosas tetas públicas. Só Jesus na causa!


Ninguém é santo


O eleitor precisa ficar atento para não ser surpreendido pelas acusações feitas na campanha eleitoral. Preocupados unicamente em conquistar votos, muitos candidatos lançam todo tipo de ataques contra os adversários. Como nunca estão fundamentadas, as denúncias só servem para desgastar politicamente o acusado. Tanto isso é verdade que a Justiça Eleitoral não valoriza muito tais acusações, pois aprendeu que no saco de gatos de uma campanha ninguém é santo. Muito pelo contrário, nesse jogo bruto da política o que existe mesmo é cobra engolindo cobra. Marminino!


Dilma pede votos


A ex-presidente da República, Dilma Rousseff (PT), gravou uma mensagem pedindo aos sergipanos que reelejam o deputado federal João Daniel (PT), considerado por ela como “um guerreiro incansável”. A petista lembra que o parlamentar lutou contra a golpe de 2016, que a tirou da Presidência, e se opôs “às políticas de retrocesso impostas ao Brasil”. Há quem diga que caso a Justiça Eleitoral confirme a impugnação da candidatura de Eliane Aquino (PT) a deputada federal, a situação de João Daniel ficará muito difícil, pois ele pode não alcançar o número mínimo de votos para se reeleger. Home vôte!