top of page
  • Foto do escritorLuxo Aju

Política by Adiberto de Souza



Valmir nas mãos dos homens da capa preta


Para o candidato inelegível a governador Valmir de Francisquinho (PL) esta quinta-feira pode significar o dia D de derrota ou o dia V de vitória. O líder em todas as pesquisas está nas mãos dos sete ministro do Superior Tribunal Eleitoral. Este time de togados vai julgar o recurso impetrado por Valmir contra a impugnação de sua candidatura pelo Tribunal Regional Eleitoral. Caso perca, O candidato sub judice estará fora das eleições do próximo domingo. Ocorrendo o contrário, a vitória de Francisquinho no TSE pode significar a sua eleição, quem sabe já no 1º turno, tamanho é o apoio popular em torno de sua candidatura. Portanto, basta que quatro dos sete ministros votem contra a decisão unanime do TRE para Valmir pular a mais alta e encandeceste fogueira de sua vida política. E isso ocorrerá justo no dia em que o adversário dele, deputado estadual Luciano Bispo (PSD), está promovendo a Festa do Fogaréu em Itabaiana. Aguardemos, portanto!


Fim do blá-blá-blá


Os candidatos a cargos eletivos nas eleições de domingo encerram nesta quinta-feira as participações no horário eleitoral gratuito no rádio e na televisão. Neste último dia, vão agradecer à população pela paciência de tê-los assistido e garantir que, se eleitos, cumprirão todas as promessas feitas durante a campanha. É sabido que as ideias apresentadas fazem parte de um jogo de marketing e que os eleitos não as levarão em conta no decorrer de seus mandatos. Portanto, praticamente tudo que foi dito no horário eleitoral não passou de um caríssimo e enfadonho blá-blá-blá. Só Jesus na causa!


Cachaça liberada


Pelo menos nove estados anunciaram que vão restringir a venda de bebidas alcoólicas domingo próximo. O objetivo é evitar perturbações da ordem durante as eleições. Para alegria de quem gosta de molhar a palavra, Sergipe não decretou Lei Seca no dia do pleito, embora seja recomendado não beber nas proximidades das sessões eleitorais. É bom a galera levar em conta que mesmo a “marvada” estando liberada, quem encher a caveira e sair por aí aprontando terminará o domingo vendo o sol nascer quadrado. Misericórdia!


Voto acompanhado


Mesmo que não tenha feito o pedido antecipadamente ao juiz eleitoral, o eleitor com deficiência ou mobilidade reduzida poderá contar com o auxílio de uma pessoa de sua confiança no momento de votar. Nesse caso, uma segunda pessoa será autorizada a ingressar na cabine e poderá, inclusive, digitar os números na urna. Vale ressaltar que esta pessoa não pode estar a serviço da Justiça Eleitoral nem de partido político. Vixe!


E tome promessas


A candidata do PSTU à Presidência da República, Vera Lucia, reafirmou as propostas de dobrar o valor do salário mínimo e de reduzir a jornada de trabalho semanal para 30 horas. As medidas, de acordo com a ilustre, visam combater a fome e o desemprego. Essa sergipana por adoção também anda prometendo que se eleita estatizará as 10 maiores empresas do país e toda a cadeia do agronegócio. O diabo é Vera Lúcia ter votos em número suficiente para vencer as eleições de domingo. Marminina!


De inimigo a aliado


O ex-governador Jackson Barreto (MDB) gravou um vídeo pedindo votos para o candidato a senador Valadares Filho (PSB). Chamando-o de o senador do time de Lula, JB disse que o agora aliado político tem experiência, pois foi deputado federal por 12 anos “e trouxe milhões em recursos para Sergipe”. Quem assistiu o pedido de votos, nem acredita que em 2018 o mesmo Jackson gravou um vídeo chamando Vavazinho de vagabundo. Na época, um irritado JB prometeu mandar para o desafeto uma carteira profissional “pra você procurar seu primeiro emprego. Corrupto é quem criou você”, esbravejou. Como já disse o ex-senador Antônio Carlos Valadares (PSB): “A política é coisa do diabo”. Home vôte!


O que pode


Hoje é o prazo final para os candidatos fazerem reuniões públicas, comícios e para a utilização de aparelhagem de som fixa. Esta quinta-feira também é a data limite para a realização de debates políticos. Amanhã é o último dia para publicar propaganda eleitoral paga nos jornais. No sábado, termina a propaganda com uso de alto-falantes ou amplificadores de som. Carreatas, caminhadas, passeatas e a distribuição de material gráfico também só poderão ser feitos até às 22h do próximo sábado. Abra o olho!


Lula é Rogério


Não adiantou o candidato a governador Fábio Mitidieri (PSD) andar por aí dizendo que conta com a simpatia do presidenciável Lula da Silva (PT), em quem vota de olhos fechados. Por causa desse apoio, o fidalgo já sofreu até busca e apreensão em seu comitê eleitoral. Pois bem, ignorando a simpatia do pessedista, o “Barba” postou nas redes sociais que em Sergipe, seu time é Rogério Carvalho (PT) e Sérgio Gama (MDB) - candidatos a governador e vice - além de Valadares Filho (PSD) para o Senado. Depois dessa, Mitidieri deve desistir de brigar pelo apoio de quem aposta em sua derrota nas eleições de domingo. Aff Maria!


Banese em silêncio


Ao contrário de outras instituições financeiras, o Banese ainda não deu um pio sobre se oferecerá empréstimo consignado atrelado ao Programa Auxílio Brasil. Trata-se de uma medida eleitoreira do governo Bolsonaro visando ganhar a simpatia dos miseráveis. Diferente do silencioso Banese, o Banco do Brasil, a Caixa Econômica Federal, o Safra, o Banco PAN e o Agibank informaram que estão avaliando a viabilidade de operacionalizar essa nova linha de crédito. Bradesco, Itaú, Nubank, Santander, BMG e Banco Inter já decidiram que não vão emprestar dinheiro consignado a quem tem Auxílio Brasil. Antão, tá!


Seis por meia dúzia


Tem muita gente achando que o forte desgaste da classe política vai ser responsável por uma renovação sem igual do Senado e na Câmara Federal. Não será bem assim. Estudos mostram que agora em 2022 as duas Casas serão renovadas em índices bem menores do que nas últimas cinco eleições, quando a média ficou em 45%. Portanto, para mudar o Congresso de verdade é fundamental não apenas votar contra os fichas-suja, mas fazer campanha em favor de candidatos com passado limpo e comprometidos com as causas sociais. Do contrário, o povo vai trocar seis por meia dúzia e continuar chorando o leite derramado. Danôsse!


Debate abortado


O portal de notícias Itnet, de Itabaiana, cancelou o debate que faria ontem com cinco candidatos ao Senado. Motivo: quatro deles desistiram do embate verbal, alegando compromissos surgidos de última hora e a intensa agenda nesta reta final da campanha. Apenas o candidato Henri Clay Andrade (Psol) deu as caras, mas como não havia com quem debater, foi entrevistado pela equipe da TV Itnet. Anteriormente, o site realizou um debate com os cinco principais candidatos ao governo de Sergipe. Ah, bom!


Comments


bottom of page