top of page
  • Foto do escritorLuxo Aju

Política by Adiberto de Souza

Governistas querem fazer cabelo e barba


Embora não revelem publicamente, os governistas não escondem a disposição de derrotar o candidato a governador Rogério Carvalho (PT). À boca miúda, eles dizem que vão fazer “cabelo e barba”, expressão usada para explicar a vitória integral de uma chapa majoritária. Como já elegeram Laércio Oliveira (PP) para o Senado, os situacionistas trabalham para que Fábio Mitidieri (PSD) derrote o petista no próximo dia 30. Não será tarefa fácil! O tempo é muito curto para reverter a vantagem de Rogério. Ademais, ele conta com o apoio do presidenciável Lula da Silva, favorito para derrotar o capitão de pijama. E o sonhado “cabelo e barba” ficará ainda mais difícil se o inelegível Valmir de Francisquinho (PL) tornar público o seu desejo de derrotar o candidato do PSD, tido por ele como um dos responsáveis pela confirmação de sua condenação e a consequente inelegibilidade. Portanto, é bom os governistas colocarem as próprias barbas de molho, pois se a maioria dos mais de 457 mil eleitores “francisquetes” decidirem mesmo votar em Rogério Carvalho, os apoiadores de Mitidieri podem dar adeus ao sonho do “cabelo e barba”. Misericórdia!


Tradição tucana


O candidato derrotado ao governo de Sergipe, senador Alessandro Vieira (PSDB), está seguindo à risca a tradicional indecisão dos tucanos. O fidalgo informou que está ouvindo as bases, não tendo previsão de quando anunciará sua posição sobre a disputa do 2º turno. Em outras palavras, o emplumado está em cima do muro, como sempre fazem as lideranças do PSDB. Não duvidem se Alessandro anunciar que não vota em Rogério Carvalho (PT) e muito menos em Fábio Mitidieri (PSD), os dois candidatos a governador que o deixaram pelo caminho, cuidando de seus minguados 10,88% dos votos. Home vôte!


DC nega apoio


Não convidem para o mesmo palanque o candidato derrotado a governador Cláudio Geriatra (DC) e o partido dele, pois pode sair confusão feia. A turma do Democracia Cristã está por aqui com o médico porque ele não comunicou antes aos aliados que iria apoiar o candidato Rogério Carvalho (PT). Em nota, o partido informa não ter se decidido por nenhum dos dois postulantes ao governo e que a posição de seu candidato “foi de fórum individual e particular”. Ôxe! O presidente do DC, Airton Costa, está por aqui com o médico, a quem chama de individualista e o acusa de ter abandonado a legenda. Pelo visto, o apoio de Cláudio Geriatra a Rogério não vai além da cuia de votos que ele teve no 1º turno. Marminino!


Escolha de rosca


Como perguntar não ofende: alguém sabe o motivo da demora para o Pleno do Tribunal de Justiça de Sergipe escolher o substituto do desembargador José dos Anjos? Estão disputando a vaga, pelo critério de merecimento, os juízes de direito José Anselmo dos Santos, Fernando Clemente da Rocha, Manoel Costa Neto, Simone de Oliveira Fraga, Bethzamara Rocha Macedo, Sérgio Menezes Lucas, Edivaldo dos Santos, Adelaida Maria Martins Moura, João Hora Neto, Maria da Conceição da Silva Santos, Maria Angélica Garcia Moreno. O magistrado José dos Anjos se aposentou no dia 24 de agosto passado, ao completar 75 anos de idade. Então, tá!


Visita ao capitão


O senador eleito Laércio Oliveira (PP) se encontrou, ontem, com o presidente e candidato à reeleição Jair Bolsonaro (PL). Durante o encontro, os dois trataram sobre a campanha de 2º turno em Sergipe. Laércio informou ao capitão de pijama que apoia o candidato a governador Fábio Mitidieri (PSD). Segundo o novo senador, a campanha de 2º turno para a Presidência será lançada às 15 horas do próximo domingo, no estacionamento do Centro de Convenções, em Aracaju. Estiveram com Laércio no Palácio da Alvorada, em Brasília, seus suplentes Janier Mota (PSD) e Fernando Carvalho (PP). Ah, bom!


Esbanjando otimismo


O candidato ao governo de Sergipe, Rogério Carvalho (PT), esteve ontem com Lula da Silva (PT). Durante o encontro, o senador petista destacou o percentual de votos que os sergipanos deram ao presidenciável: “Tivemos 62% dos votos no estado, ganhamos em 100% dos municípios. Agora, no 2º turno, tenho certeza que a gente amplia essa diferença”, frisou um otimista Carvalho. O ilustre não informou se Lula vem a Sergipe agora no 2º turno, como havia sido prometido. Pelo visto, o “Barba” só dará com os costados no estado depois das eleições. Creindeuspai!


Sumiu por que?


Quem não compareceu às urnas no último domingo, nem justificou a ausência no dia do pleito, têm até 1º de dezembro deste ano para se justificar. E a justificativa pode ser apresentada pelo aplicativo e-Título, pelo Sistema Justifica ou por meio do envio do Requerimento de Justificativa Eleitoral (RJE) – pós-eleição à zona eleitoral competente. É preciso entregar ainda a documentação comprobatória da impossibilidade de comparecimento ao pleito. O exame da justificativa ficará a cargo da autoridade judiciária da zona eleitoral responsável pelo título. Vale lembrar que cada turno é contabilizado como uma eleição. Você tá nessa?


Mal na fita


Nenhum dos pastores evangélicos que disputaram cargos proporcionais em Sergipe foi eleito. Concorreram à Câmara Federal os reverendos Antônio dos Santos, Jony Marcos, Heleno Silva e Alex Melo. Nenhum obtive sucesso. Para deputado estadual estavam na disputa os pastores Jeter Andrade, Diego, Léo Rocha, Joel Fernandes e Moisés, todos derrotados. Em compensação, três evangélicas candidatas pelo Republicanos – Áurea Ribeiro, Lidiane Lucena e Carminha Paiva – foram eleitas para a Assembleia Legislativa. Esta informação é do Blog Primeira Mão!


Luto


Será sepultado hoje em Aracaju, o promotor de Justiça Augusto César Lobão. Ele morreu ontem, vítima de um infarto fulminante no Hospital Unimed, onde estava internado para tratar de uma infecção pulmonar. Aos 75 anos, Lobão deixa uma legião de amigos e uma história de seriedade e dedicação ao Ministério Público Estadual. O sepultamento está marcado para às 11 horas, no Cemitério Colina da Saudade, onde o corpo está sendo velado. Nossos sentimentos à família enlutada, particularmente à viúva Cássia Regina Moreira e as filhas Karla e Helena. Descanse em paz, amigo!


Volta ao batente


Após 45 dias fazendo campanha, o candidato derrotado ao Senado, Eduardo Amorim (PL), retornou ao centro cirúrgico, onde atua como médico anestesiologista. O distinto garante que política sempre foi uma missão pra ele. Tranquilo em seu jaleco branco, Amorim afirma que fez a sua parte, durante os 45 dias em que percorreu o estado atrás de votos: “Apresentamos nossas propostas e mostramos o melhor caminho para representar Sergipe no Senado”, discursa. Eduardo Amorim teve 246.398 votos, tendo ficado atrás do vitorioso Laércio Oliveira (PP) e de Valadares Filho (PSB). Danôsse!


Comments


bottom of page