top of page
  • Foto do escritorLuxo Aju

Política by Adiberto de Souza

Valmir deve voltar a apoiar Rogério


Após ter negada liminar e seguimento da ação rescisória propondo a validação dos 457.922 votos que teve no último dia 2, o caminho natural de Valmir de Francisquinho (PL) é voltar a apoiar o candidato a governador Rogério Carvalho (PT). Na verdade, ele só recorreu ao Tribunal Superior Eleitoral por conta da pressão dos PTB e Patriotas, integrantes da coligação “O Povo Quer” insatisfeitos com o seu apoio ao petista. Desde o princípio, Valmir sabia que era quase impossível lograr êxito nesta nova empreitada jurídica, porem se ele não recorresse ficaria mal com os aliados e, principalmente com o seu fiel eleitorado. Diante da decisão do ministro Ricardo Lewandowski negando andamento da ação rescisória, Francisquinho vai alegar que não é tucano para ficar em cima do muro e, portanto, votará em Rogério. Ademais, ele dorme e acorda sonhando em derrotar o candidato a governador Fábio Mitidieri (PSD). Não há quem tire da cabeça do líder itabaianense que o pessedista foi o grande responsável pelo naufrágio de sua candidatura ao governo. Agora, sem qualquer chance de disputar o 2º turno, Valmir vai trabalhar dia a noite para derrotar o governista. Quem viver, verá!


Desce do muro


A candidata derrotada ao Senado, delegada Danielle Garcia (Pode), concede hoje, entrevista coletiva para anunciar quem apoiará – ou não – agora no 2º turno das eleições para o governo de Sergipe. Embora seja a presidente do partido em Sergipe, a fidalga não seguiu de imediato a decisão dos filiados, que desde a semana passada apoiam o candidato a governador Fábio Mitidieri (PSD). Ela pediu mais tempo para pensar e só agora vai anunciar em quem votará no próximo dia 30. Na disputa pela única vaga para o Senado Danielle Garcia teve 206.135 votos, sendo a quarta mais votada num pleito vencido por Laércio Oliveira (PP). A coletiva está marcada para às 7h20, num hotel da Orla de Atalaia. Ah, bom!


Valdevan com Rogério


Cassado por abuso do poder econômico e político nas eleições de 2018, o ex-deputado federal Valdevan Noventa (PL) anunciou seu apoio ao candidato a governador Rogério Carvalho (PT). “O povo sergipano quer mudança, quer mais saúde, mais segurança, mais educação, mais emprego e mais oportunidade. Estou com Rogério Carvalho para governador”, escreveu o ex-palamentar bolsonarista no instagram. O apoio de Noventa chega dias após o aliado político dele e também eleitor de Bolsonaro, deputado federal Bosco Costa (PL), também ter anunciado apoio ao petista. Danôsse!


Volta à Assembleia


Após ter sido condenado por abuso do poder econômico e cassado, em junho passado, Talysson de Valmir (PL) vai reassumir o mandato de deputado estadual amanhã. Parlamentar mais votado no pleito de 2018 (42.046 votos), Talysson foi condenado em 2019 pelo Tribunal Regional Eleitoral, tendo recorrido ao Tribunal Superior Eleitoral, que confirmou a inelegibilidade e determinou a sua imediata cassação. No lugar do deputado cassado assumiu Robson Viana (PT). Diante de um novo julgamento no TSE inocentando o político do PL, o petista perde o mandato. Aff Maria!


Trocando figurinhas


Mesmo apoiando presidenciáveis diferentes, o candidato a governador Rogério Carvalho (PT) e o prefeito de Itabaiana, Adailton Sousa (PL), não escondem a afinidade política. Durante o culto de celebração pelos 90 anos da Igreja Evangélica Assembleia de Deus em Sergipe, os dois passaram a maior parte do tempo trocando figurinhas. Desde que o ex-prefeito itabaianense Valmir de Francisquinho (PL) foi retirado da disputa para o governo, Rogério recebeu o apoio do PL, inclusive de Adailton. E assim caminha a humanidade!


Prefeitos marajás


Os prefeitos que reclamam da crise financeira dos municípios sergipanos são os mesmos que, caladinhos, embolsam salários de marajás. Boa parte destes gestores recebe salários superiores a R$ 20 mil, além de outros imorais benefícios, como a gorda verba de representação, usada ao bel prazer dos indigitados. Enquanto os prefeitos esbanjam regalias, a população que os elegeu sofre com a falta de educação, saúde, segurança, moradia, comida, etcétera e tal. Pior é que parte do povo passa quatro anos reclamando, mas na hora de votar vai à urna e reelege o prefeito criticado. Marminino!


Suspeita de perseguição


O Tribunal de Contas de Sergipe estaria usando de perseguição política para punir servidores comissionados? Esta é uma pergunta que aquela Corte de Contas precisa responder, principalmente após uma servidora ter sido devolvida justo no dia em que o partido do irmão dela anunciou apoio ao candidato a governador Rogério Carvalho (PT). Coincidência ou não, a portaria dispensando a comissionada Edna Quitéria do Amorim Costa foi publicada no Diário Oficial do TCE no último dia 11, portanto, 24 horas após o ex-prefeito de Itabaiana, Valmir de Francisquinho (PL), anunciar seu apoio ao candidato do PT. Edna é irmã do presidente estadual do PL, Edvan Amorim. Só Jesus na causa!


Belivaldo quer vencer


Veja o que publicou no Jornal da Cidade a amiga Thaís Bezerra: “O governador Belivaldo Chagas (PSD) tem feito das tripas coração para eleger seu candidato Fábio Mitidieri (PSD). Além do prazer da vitória, o pessedista não quer entrar para a história como o governador que não fez seu sucessor. A última vez que um gestor de Sergipe perdeu para a oposição foi em 2006, quando João Alves Filho (DEM) tentou se reeleger e foi derrotado pelo jovem Marcelo Déda (PT). Depois disso, o petista se reelegeu em 2010, o seu vice Jackson Barreto (MDB) assumiu o governo com a morte de Déda, se reelegeu em 2014 e elegeu Belivaldo em 2018. Essa escrita pode ser quebrada no próximo dia 30, caso o senador Rogério Carvalho (PT) derrote Mitidieri”. Home vôte!


Leis em excesso


O cidadão comum está regulado por milhares de leis e artigos que desconhece. O resultado disso é uma grave contradição, pois o princípio básico do direito brasileiro diz que a pessoa não pode alegar desconhecimento da lei para se eximir de responsabilidade. Para alguns juristas, a competição de parlamentares é a principal razão para os abusos legislativos, que vão além da função ordenadora das leis. Os nossos deputados e senadores querem ganhar o jogo de quem apresenta mais projetos e o resultado dessa disputa medíocre é a aprovação de leis de todo tipo para todos os gostos, causando uma enorme confusão na cabeça do contribuinte. Creindeuspai!


Falsos profetas


Com as devidas exceções, os pastores e padres que insistem para os fiéis irem às igrejas estão preocupados mesmo é com as finanças do rentável negócio da fé. De olho no dizimo dos incautos, estes falsos profetas usam o nome de Deus para pressionar as pessoas a baterem ponto nos templos religiosos, de preferência levando um dinheirinho que irriga os bolsos dos reverendos. Aos católicos e evangélicos cabe não acreditar em hipócritas, que receitam água do pote para curar o câncer. Portanto, antes de escutar estes embusteiros, é mais saudável para a alma ouvir Gilberto Gil: “Se eu quiser falar com Deus/ Tenho que ficar a sós/ Tenho que apagar a luz/ Tenho que calar a voz/ Tenho que encontrar a paz/ Tenho que folgar os nós...”. Amém!



Comments


bottom of page