top of page
  • Foto do escritorLuxo Aju

Política by Adiberto de Souza



Os políticos já esqueceram o Canal de Xingó


Passadas as eleições, os políticos sergipanos deixaram de falar sobre a construção do Canal de Xingó. Esta é uma promessa feita aos sertanejos em todas as campanhas, numa clara demonstração de que existe mais interesse eleitoreiro do que intenção de executar tão importante obra. Este ano, quem mais prometeu tirar o projeto do papel foi Rogério Marinho, ex-ministro do Desenvolvimento Regional. Nas várias visitas feitas ao estado no período pré-eleitoral, o distinto jurou de pés juntos que o empreendimento seria executado. Não passou de mais uma falácia. Orçado em R$ 2,3 bilhões, o prometido canal teria uma extensão de 114,55 quilômetros, entre Paulo Afonso (BA) e Poço Redondo (SE). Na verdade, ao aplaudir o discurso de Marinho prometendo construir o Canal de Xingó, a classe política sergipana estava festejando mesmo era o fato de ter conseguido um bom discurso eleitoreiro: nada melhor do que prometer água aos sertanejos. Passadas as eleições, verifica-se, mais uma vez, que essa obra vai permanecer no papel, embora tenha garantido milhares de votos aos seus ardorosos defensores. Coisas da política!


Enfim, pronta!


O governador Belivaldo Chagas (PSD) reinaugura, nesta terça-feira, o Terminal Rodoviário Luiz Garcia, localizado no centro de Aracaju. O espaço, que é um ponto de referência do transporte público intermunicipal de passageiros, é também um dos principais símbolos da arquitetura modernista em Sergipe. O novo Terminal Rodoviário trará mais comodidade, segurança e acessibilidade ao embarque e desembarque, como também promoverá mais organização do comércio no local. A obra teve início em janeiro de 2021 e custou aos cofres públicos quase R$ 10 milhões. Supimpa!


Luto


Lamentável o assassinato do missionário católico Uilson de Sá da Silva, um defensor dos direitos humanos e dirigente da Associação de Catadoras e Catadores de Mangaba, no bairro Santa Maria, em Aracaju. Ele foi encontrado sem vida, amarrado e com marcas de violência no corpo. Segundo moradores do bairro e militantes do movimento das catadoras e catadores de mangabas, Uilson vinha sendo ameaçado por conta de sua luta em defesa da manutenção a área de reserva extrativista. Ao lamentar a morte do missionário, o senador Rogério Carvalho (PT) disse que “sua partida precoce precisa ser investigada. E nós vamos cobrar”, prometeu. Certíssimo!


Arca de Noé


Engana-se quem pensa ser o nosso Corpo de Bombeiros Militar é especializado somente em apagar incêndios. Seus bravos militares também sabem socorrer animais em perigo. Os bichinhos socorridos são, em sua maioria, cães e gatos que se perderam, foram abandonados ou se envolveram em situações de perigo. Também são resgatados pelos soldados do fogo raposas e jacarés. Com tantos animais socorridos no currículo, o Corpo de Bombeiros lembra a arca de Noé da narrativa do dilúvio de Gênesis. Marminino!


Lurian na transição


A reunião do subgrupo Criança e Adolescente, vinculado ao grupo técnico de Direitos Humanos na transição do governo federal contou com a participação inesperada de Lurian Cordeiro da Silva, filha do presidente eleito Lula da Silva (PT). A herdeira do “Barba” atua na defesa dos direitos humanos em Sergipe. Ela exerce a função de assessora parlamentar do senador Rogério Carvalho (PT). A distinta não compõe oficialmente a transição: é voluntária. Filha mais velha do presidente eleito, a jornalista Lurian mora em Aracaju desde 2020. Então tá!


Eles só pensam nelas


Tire o cavalinho da chuva quem estiver pensando que a maioria dos políticos está preocupada com os problemas do povo. Eles só têm cabeça para as eleições municipais do distante 2024. O palanque do pleito deste ano ainda não foi desarmado e já tem gente pensando em comandar a Prefeitura de Aracaju. Portanto, boa parte dos nossos políticos está se lixando para problemas da população. Quando muito, eles vão defender que os governantes de plantão façam remendos aqui e acolá, para iludir o cidadão e conquistar os votos dos ingênuos, com a promessa de que a partir de 2024 será bem melhor. Pra eles, é claro. Misericórdia!


Aposta na energia


O senador Alessandro Vieira (PSDB) entende que Sergipe tem um alto potencial de geração de energia eólica e solar, podendo ter plantas relevantes para todo o Nordeste. Segundo o tucano, por ter uma pequena dimensão territorial, o estado pode abrigar startups e empresas que precisam de um local com nossas características ambientais e geográficas para testar inovações tecnológicas, principalmente de acesso à água. Vieira prometer continuar trabalhando visando abrir as portas de Sergipe para estes empreendimentos, além de apoiar o desenvolvimento de novos negócios. Ah, bom!


Cadê o Movimento?


Como perguntar não ofende: alguém sabe que fim levou o Movimento Polícia Unida? Em fevereiro deste ano, quando lutavam pelo adicional de periculosidade e por reajuste salarial, os policiais civis e militares desenvolveram uma operação padrão, promoveram apreensões de material do jogo do bicho e até tiraram de circulação das ruas de Aracaju alguns ônibus como documentação irregular. Depois que o governador Belivaldo Chagas (PSD) concedeu um mísero reajuste salarial, o Movimento Polícia Unida sumiu das ruas e da mídia. Simplesmente escafedeu-se. Vixe!


Mortes preocupam


A senadora Maria do Carmo Alves (PP) está preocupada com o elevado índice de contaminações por Dengue, Chikungunya e Zika, que têm provocado lotações nas unidades de saúde. “Adotar os cuidados necessários para evitar ser contaminado, é a primeira decisão”, revela a parlamentar. E dona Maria está certa: segundo dados disponibilizados pelo Núcleo de Endemias da Secretaria de Estado da Saúde, só este ano foram registraram 12 mortes causados pela Dengue, além 4.641 casos confirmados da doença. A Chikungunya matou duas pessoas em Sergipe e contaminou outras 3.470, além de pouco mais de 7.700 notificações da doença terem sido formuladas. Uma lástima!


Sem pressa


E o governador eleito Fábio Mitidieri (PSD) optou em permanecer longe de Sergipe após ter retornado da viagem que fez à Inglaterra. Segundo a assessoria do ilustre, o retorno dele ao estado só deverá ocorrer na próxima quinta-feira. Hoje, Mitidieri recebe em audiência dois prefeitos sergipanos e amanhã participará de reunião com empresários. De acordo com as más línguas, a demora do futuro governador em retornar ao estado visa mantê-lo distante dos aliados desejosos em ocupar cargos nos 1º e 2º escalões do governo. Há controvérsias!

Comments


bottom of page