top of page
  • Foto do escritorLuxo Aju

Política by Adiberto de Souza


Sonho de golpe vira pesadelo para terroristas


Só após terem sido presos, os terroristas responsáveis pela tentativa de golpe à democracia se deram conta que o buraco é mais embaixo. Também perceberam, tardiamente, que eram massa de manobra dos fascistas patrocinadores dos acampamentos golpistas instalados em frente aos quartéis do Exército. Responsáveis pelas depredações do Palácio do Planalto, do Congresso e do Supremo Tribunal Federal, os bolsonaristas radicais viram o nebuloso sonho de um golpe militar se transformar num pesadelo, pois além de presos vão responder por uma série de crimes, inclusive o de terrorismo. Tomara que a derrocada desses infelizes sirva de exemplo a outros tantos idiotas que insistem em desacreditar as urnas eletrônicas e afrontar os poderes constituídos do Brasil, talvez por se acharem mais realistas do que o rei. Misericórdia!


Fábrica de tratores


O governo de Sergipe está discutindo com a embaixada da Bielorússia sobre a implantação de uma fábrica de tratores aqui na terrinha. Ontem, as duas partes se reuniram para tratar sobre as condições fiscais, apoio estrutural e linhas de crédito do Banese. Segundo os idealizadores do projeto, a expectativa é que sejam gerados até 300 empregos diretos e outros 3 mil indiretos. Tomara que desta vez a coisa ande, diferente do que aconteceu em 2019, quando empresários prometeram montar no estado uma fábrica de caminhões movidos a gás. Depois de muito blá-blá-blá, pisaram no freio e não se falou mais no assunto. Só Jesus na causa!


Petição de miséria


Alunos do curso de Medicina Veterinária da Universidade Federal de Sergipe garantem que está faltando tudo no hospital da UFS. Eles reclamam a ausência de material básico para a realização de consultas e procedimentos, sem contar a falta de medicamentos. Segundo os estudantes, algumas disciplinas estão sendo lecionadas sem as devidas aulas práticas por falta do material necessário. Pior, conforme os denunciantes, é que existem equipamentos nos corredores do hospital universitário que já deveriam ter sido instalados há muito tempo. Com a palavra o magnífico reitor Valter Joviniano. Marminino!


A farra dos apadrinhados


Por que será que entra governo e sai governo sem que ninguém pise no freio do animado trem de apadrinhados aboletados em bem pagos cargos comissionados? Não se está falando aqui dos técnicos qualificados, contratados para ajudar a tocar a máquina pública, mas de ex-prefeitos, cabo eleitorais e o diabo a quatro. Ora, não há dinheiro para melhorar os salários de quem realmente trabalha no Estado justamente porque o Executivo desperdiça recursos para agradar quem nada faz. Queima as finanças estaduais pagando a uma vergonhosa claque de puxa saco, contratada a peso de ouro para proteger currais eleitorais e aplaudir o governador de plantão. Durma com um barulho desse!


Perdeu com L


Além de violentos, muitos bolsonaristas golpistas são semianalfabetos. Prova disso é a pichação feita por um terrorista no vidro frontal do Supremo Tribunal Federal, em Brasília. Para repetir uma recente afirmação do ministro Luís Roberto Barroso contra alguns bolsonaristas que o perturbavam, o extremista escreveu a palavra “perdeu” com um baita “L” no final. Tomara que, agora preso por tentar golpear a democracia, esse energúmeno possa ser alfabetizado. Home vôte!


Sergipe presente


Sergipe estava muito bem representado na reunião de emergência convocada pelo governo federal para condenar a tentativa de golpe à democracia. Além do governador Fábio Mitidieri (PSD), o encontro contou com a participação do gestor aracajuano Edvaldo Nogueira (PDT), presidente da Frente Nacional dos Prefeitos. Em sua fala, o pedetista disse que “os municípios brasileiros não aceitam este tipo de ação, que vai além do ataque à democracia, pois atinge uma base importante da nossa civilização, que é a cultura”. Certíssimo!


Sem anistia


A invasão terrorista aos prédios dos Poderes Legislativo, Executivo e Judiciário, em Brasília, gerou uma onda de protestos por todo o país. Ontem à tarde, as centrais sindicais e coletivos dos movimentos sociais de Sergipe ocuparam a Praça do Mini Golfe, na zona sul de Aracaju, para manifestar o apoio à democracia e defender que os culpados não sejam anistiados. Em sua fala, a professora Sônia Meire (Psol) disse ser preciso derrotar o golpe nas ruas: “Não vamos silenciar, cochilar, nem vacilar”, alertou. A psolista, que assumirá uma cadeira na Câmara de Vereadores de Aracaju no próximo mês, também disse que os brasileiros não deixarão o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) e seus apoiadores ficarem impunes. Cruz, credo!


Vai pra briga


Em fim de mandato, o deputado federal Fábio Henrique (UB) dorme e acorda sonhando com a Prefeitura de Nossa Senhora do Socorro, município que administrou de 2008 a 2016. O distinto se gaba se ter sido o parlamentar federal que mais destinou emenda na história da cidade: “Já são quase R$ 50 milhões de investimentos graça ao nosso mandado”, afirma. Fábio ressalta que indicou uma emenda de bancada impositiva no valor de quase R$ 25 milhões para o Orçamento da União deste ano. Mas do que ninguém, o ainda deputado sabe que a eleição socorrense será uma das mais disputadas de Sergipe. Aff Maria!


Galo em fogo brando


Quase nada do que se diga agora sobre as eleições de 2024 terá validade daqui a dois anos, quando os partidos vão discutir pra valer a sucessão municipal. Até lá, as lideranças políticas continuarão cozinhando o galo em fogo brando, ciscando para chamar a atenção do galinheiro. Portanto, algumas pré-candidaturas postas nas ruas agora não passam do desejo de pavões velhos em conquistar a maioria do terreiro. Nessa fase, só não é permitido pisar em falso, escorregar na jaca. Quem o fizer terminará tão depenado quanto papagaio dedo duro. Crendeuspai!


CPI contra golpistas


Os senadores sergipanos Rogério Carvalho (PT), Alessandro Vieira (PSDB) e Maria do Carmo Alves (PP) assinaram o pedido de abertura de uma CPI para identificar quem atacou a democracia, estimulando um golpe de estado e patrocinando depredações do patrimônio público. Segundo o tucano, o momento exige a adoção de medidas imediatas para apuração dos crimes praticados pelos bolsonaristas-golpistas. “A democracia é um valor inegociável e utilizarei todas as ferramentas possíveis para defende-la”, discursa Alessandro. Por sua vez, dona Maria entende que a apuração e punição dos envolvidos devem ser rápidas. Ah, bom!

Comments


bottom of page