top of page
  • Luxo Aju

Política by Adiberto de Souza

PT fará oposição a Mitidieri, mas nem tanto


Não esperem uma oposição radical do PT sergipano ao governo de Fábio Mitidieri (PSD). Embora esse seja o desejo demonstrado pelo senador Rogério Carvalho (PT), derrotado nas urnas pelo pedessista, a legenda não vai seguir a orientação dele, principalmente por contar com uma baixíssima representação no Parlamento. Ademais, o deputado estadual Chico dos Correios, único petista na Assembleia, não demonstra ser um ferrenho opositor, característica também do deputado federal João Daniel, bem mais focado em defender os interesses dos agricultores familiares. Não bastasse isso, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) precisa como nunca de apoio no Congresso e não vai querer ver o seu partido maltratando um governador do quase aliado PSD. Portanto, será mais comum ver petistas, como Eliane Aquino e Márcio Macedo, oferecendo parcerias de ministérios ao governo estadual, do que assistir inflamados discursos dos vermelhinhos contra as ações do Executivo. Quem viver, verá!


Sangue novo no Ipesaúde


O médico Cláudio Mitidieri Simões é o novo presidente do Instituto de Promoção e Assistência à Saúde dos Servidores do Estado de Sergipe. “É um desafio muito grande para mim, porque o Ipesaúde é um gigante que tem uma rede própria imensa de serviços médicos e odontológicos”, afirmou o novo dirigente da autarquia. O instituto conta hoje com cerca de 115 mil beneficiários. Em comparação com os planos de saúde privados, o Ipesaúde tem um grande diferencial, pois oferece uma cobertura excepcional, não só nas áreas médica e odontológica como no segmento de prevenção. É vero!


Pode mudar de mão


A depender do senador Alessandro Vieira (PSDB), a Segurança Pública de Brasília mudará de mãos. O fidalgo apresentou uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) federalizando a SSP do Distrito Federal, que passaria a ser subordinada à Presidência da República. A PEC do representante sergipano também determina que as indicações dos chefes das polícias civil e militar de Brasília sejam submetidas à avaliação do Senado. Resta saber o que os demais senadores pensam dessa proposta de Vieira. Marminino!


Doação contestada


E o senador Rogério Carvalho (PT) se juntou aos representantes do Quilombo Maloca na luta contra a decisão do governo de Sergipe de ceder o Centro de Criatividade à Prefeitura de Aracaju. Aprovado pela Assembleia no apagar das luzes de 2022, o projeto de lei neste sentido foi concretizado com o decreto do então governador Belivaldo Chagas (PSD) transferindo o empreendimento para a municipalidade. Pior é que a população do entorno só soube depois do ato sacramentado. Segundo Rogério, o Centro está localizado num território protegido por lei federal. Portanto, antes de qualquer intervenção naquele espaço público é preciso fazer uma consulta à comunidade. Pelo visto, essa briga promete. Crendeuspai!


Dois sentidos


Impedido no “tapetão” de concorrer ao governo de Sergipe, o ex-prefeito de Itabaiana, Valmir de Francisquinho (PL), ainda não decidiu qual prefeitura deve disputar em 2023. Segundo os linguarudos de plantão, o desejo do distinto é retornar à gestão itabaianense, porém não afasta a hipótese de se candidatar por Nossa Senhora do Socorro. No ano passado, mesmo tendo a candidatura a governador cassada, Francisquinho foi maciçamente votado pela população socorrense. Enquanto pensa no futuro político, Valmir segue visitando os eleitores e, naturalmente, participando de regabofes, como o oferecido a ele por dona Andréia, moradora da zona rural de Itabaiana. Aff Maria!


JB sem o MDB


As línguas ferinas andam espalhando pelas esquinas de Sergipe que o MDB vai mudar de mãos. Segundo as danadinhas, o ex-governador Jackson Barreto deve perder o controle do partido para o deputado estadual Jeferson Andrade (PSD). A direção nacional da legenda não teria engolido a derrocada do MDB sergipano nas últimas eleições, quando não elegeu ninguém para o Legislativo estadual e o Congresso, além de ter o apresentado postulante a vice de Rogério Carvalho (PT), candidato derrotado ao governo estadual. Misericórdia!


Câmara portuguesa


E quem está na terrinha é o embaixador de Portugal, Luís Faro Ramos. Veio lançar em Aracaju uma filial da Câmara de Comércio, Serviços, Indústria e Turismo Brasil Portugal. A entidade visa estabelecer um elo entre as relações luso-brasileiras nos diferentes âmbitos empresariais. Após coletiva à imprensa, o representante português se reunirá com o governador Fábio Mitidieri (PSD) e com o prefeito da capital, Edvaldo Nogueira (PDT). Antes de embarcar para Fortaleza, o embaixador Luís Faro almoça com empresários e autoridades locais num restaurante da Orla de Atalaia. Então, tá!


Amigos do rei


Os conselheiros da Fundação Estadual de Saúde nada recebem para discutir e aprovar as metas da autarquia. Esta deveria ser uma praxe em Sergipe, porém a Funesa é uma exceção à regra. As dezenas de conselhos remuneram seus felizes componentes com gordos jetons por cada reunião que participam. E qual a exigência para ganhar assento num cobiçado conselho estadual? Ora, basta ser aliado político do governador de plantão para virar um feliz conselheiro e ter a conta bancária irrigada com os quaraminguás dos jetons pagos pelos contribuintes. Só Jesus na causa!


De olho na Prefeitura


Os deputados estaduais, federais e o senador, eleitos em outubro passado, ainda nem tomaram posse e a classe política já discute as eleições de 2024 em Aracaju. Entre os agoniados por uma nova campanha eleitoral se destacam os vereadores aracajuanos Fabiano Oliveira (PP), Emília Corrêa (Patriota) e Nitinho Vitali (PSD), além da ex-vice-governadora Eliane Aquino (PT), do ministro Márcio Macedo (PT) e da secretária estadual e delegada de polícia Danielle Garcia (Pode). Todos estão de olho grande na cadeira do prefeito Edvaldo Nogueira (PTD). Gente, calma, deixe ao menos assentar a poeira das últimas eleições. Danôsse!


Ruas rebatizadas


É comum em uma cidade haver ruas com nomes típicos, fruto de denominações populares. Em Aracaju não foi diferente. Veja alguns exemplos: rua do Cachorro Assado (atual rua General Chaves, no bairro São José); Rua das Almas (atual rua Dom Quirino); Beco do Punhal (atual rua Nestor Sampaio, no bairro Ponto Novo); Rua dos Músicos (atual rua Pacatuba); Beco Batina do Padre (atual rua São Francisco, no bairro Santo Antônio; Rua do Caga em Pé (atual rua Campo do Brito. A via ganhou tal nome pela forte presença de urtigas no local). Home vôte!



bottom of page