top of page
  • Foto do escritorLuxo Aju

Política by Adiberto de Souza

Vem aí Lula, o fazedor de promessas

Um mês e meio após tomar posse, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) desembarca hoje em Sergipe para cumprir uma agenda que vai de tapinhas nas costas dos políticos, a promessas de obras estruturantes. A mais concreta é a retomada da duplicação da BR-101, empreendimento que se arrasta há anos sem previsão de ser concluída. Bom de verbo, o “Barba” também deve prometer que vai construir o sonhado Canal de Xingó, obra que virou “cabo eleitoral” da classe política sergipana, mas que dificilmente sairá do papel em curto prazo. Além de fazer promessas a três por dois, o presidente terá outra missão em sua visita: colocar no mesmo palanque para aplaudi-lo o governador Fábio Mitidieri (PSD) e o senador Rogério Carvalho (PT). Estes dois suplicantes se digladiaram nas eleições para o governo estadual e hoje disputam quem possui mais prestígio com o inquilino do Palácio do Planalto. Tirando as promessas e os afagos aos aliados, a visita de Lula não terá nada de concreto para os sergipanos, principalmente para os milhares de desempregados, as famílias sem teto e os miseráveis que dependem da caridade alheia para não morrer de fome. Só Jesus na causa!


Mandatos cassados


O Tribunal Superior Eleitoral reconheceu a prática de fraude à cota de gênero e cassou os mandatos dos vereadores de Canindé do São Francisco, Hugo de Pank e Bianca de Oliveira Carvalho, ambos do PSB. Diante dessa decisão, caberá ao Tribunal Regional Eleitoral proceder a totalização dos votos válidos, visando estabelecer o recálculo do quociente eleitoral para a distribuição das duas cadeiras entre os partidos, considerando que todos os votos obtidos pelo PSB em 2020 foram nulos. A fraude foi denunciada à Justiça por candidatos a vereador do PSD e do Republicanos. Misericórdia!


Primeiro os meus


A jornalista Thaís Bezerra tirou uma chinfra com a prefeita de Lagarto, Hilda Ribeiro (SD). A coleguinha se baseou na fala da fidalga acusando a família Reis de só querer o poder pelo poder. Segundo publicou Thaís, como resposta a Hilda, aliados dos irmãos Fábio e Sérgio Reis lembraram que a família da prefeita também tem forte atração pelo poder. O marido dela, Gustinho Ribeiro (Republicanos), é deputado federal, a sogra Área Ribeiro (Republicanos) é deputada estadual e o sogro Luiz Augusto Ribeiro é conselheiro do Tribunal de Contas. Por fim, a jornalista escreve que “essa briga lembra aquele ditado popular: o sujo falando do mal lavado”. Home vôte!


Dinheiro a rodo


Não é verdade que a receita do governo de Sergipe tem caído nos últimos meses. Quem garante é o deputado estadual Georgeo Passos (Cidadania). Segundo o distinto, este ano, o Estado já arrecadou R$ 11, 2 bilhões, isso já deduzido os valores dos municípios. Portanto, o governo embolsou mais do que em 2021, quando a receita do estado foi de R$ 9,6 bilhões. Passos lamenta que, mesmo tendo arrecadado quase um bilhão e meio a mais do que em 2022, o Executivo aprovou na Assembleia o maior aumento da alíquota de ICMS do Brasil. O deputado revelou, ainda, que o Fundo de Participação do Estado e o IPVA também registraram aumentos. Marminino!


Milho pelo mar


O governador Fábio Mitidieri (PSD) esteve, ontem, no Porto de Sergipe acompanhando o carregamento de um navio com 28 mil toneladas de milho, que será exportado para o continente africano. No mês passado, um outro navio carregado com 32 mil toneladas de milho seguiu para o mercado sul-americano. Sergipe responde por 50% da carga, enquanto Alagoas e Bahia respondem pela outra metade. Nosso estado é reconhecido como um dos principais produtores de milho do Nordeste, tendo produzido cerca de 890 mil toneladas no ano passado. Supimpa!


Defesa do empreendedor


E a deputada federal Yandra de André (União) participou na Câmara da primeira reunião da Frente Parlamentar do Empreendedorismo. Segundo a ilustre, os participantes ampliaram os debates sobre a desburocratização, a geração de renda e empregos, segurança jurídica e a simplificação tributária. “A frente tem um papel importante em debater com vigor a facilitação e incentivo a abertura de empresas e simplificar as normas tributárias”, discursa a parlamentar sergipana. Ah, bom!


Abaixo a violência


Estreante no Parlamento, a deputada estadual Lidiane Lucena (Republicanos) apresentou um Projeto de Lei com foco no enfrentamento da violência contra a mulher, especialmente em ambientes como bares, casas noturnas e espaços de shows. A propositura sugere a criação de protocolos de atendimento às mulheres vítimas ou que se sintam em situação de risco. Logo após protocolar o Projeto, a parlamentar se reuniu com a primeira dama de Sergipe, Érica Mitidieri e a secretária da Mulher, Danielle Garcia, para discutir sobre a sua iniciativa. Então, tá!


Assunto encerrado


Não tratem sobre as eleições de 2024 com o vereador aracajuano Fabiano Oliveira (PP). Embora tenha colocado o nome à disposição para disputar a Prefeitura de Aracaju, o fidalgo só pretende discutir tal hipótese mais pra frente. Segundo ele, no momento, as suas atenções estão voltadas para as demandas da população. Fabiano lembra que, embora tenha se anunciado pré-candidato, “não houve conversa para definir nada, não houve martelo batido”. E para encerrar o assunto, Fabiano disse ter interesse na disputa majoritária, porém não vai meter os pés pelas mãos, pois faz política com o seu grupo. Aff Maria!


Dois em um


O Tribunal Superior Eleitoral deferiu o pedido de incorporação do Partido Republicano da Ordem Social (PROS) pelo Solidariedade. As duas legendas atenderam à norma de regência e não houve nenhum vício formal no processo que requereu a incorporação. Entretanto, o acesso ao Fundo Partidário e à propaganda gratuita no rádio e na televisão está condicionado ao preenchimento das condições impostas pela cláusula de desempenho, o que significa dizer que a verificação nesse sentido só será feita por ocasião do repasse dos recursos pela Justiça Eleitoral. Danôsse!


Pernas pro ar


O prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira (PDT), decretou ponto facultativo nos próximos dias 20, 21 e 22 por conta dos festejos carnavalescos. O objetivo da medida é possibilitar a manutenção das tradições histórico-culturais da capital, permitindo que todos possam participar do Carnaval. De acordo com o decreto, ficam excluídos da aplicação do ponto facultativo os órgãos e entidades que prestam serviços considerados essenciais ou que não possam sofrer descontinuidades. Então, que venha o reinado de Momo, ora bolas!


R

Comments


bottom of page