top of page
  • Foto do escritorLuxo Aju

Política by Adiberto de Souza

Sergipe tem uma política de turismo chinfrim


Entra e sai governo sem que a política de turismo em Sergipe deixe de ser amadora. No estado, só a Aracaju e Canindé do São Francisco possuem estrutura hoteleira para receber bem os visitantes. Aliás, a grande maioria dos turistas ainda têm a capital sergipana como uma cidade de passagem para Salvador, Maceió e Recife. Mas por que continuamos tão despreparados para o turismo? Porque nenhum governo priorizou essa área, importantíssima para a geração de empregos e renda. Ademais, os hotéis de Aracaju cobram os olhos da cara e, com raras exceções, o serviço de bares e restaurantes é péssimo. Para se ter uma ideia, não há na capital um único ônibus “frescão” para transportar os turistas confortavelmente pela cidade. Para agravar ainda mais essa situação periclitante, a empresa Passaredo retirou seu aviãozinho que fazia a rota diária entre Aracaju e Salvador. Quer dizer, quem quiser visitar o nosso estado, saindo da capital baiana, terá que fazer o trajeto de ônibus, taxi ou em carro particular. Não é a primeira vez que isso acontece: a justificava das companhias aéreas é a pouca procura pelos voos. Tomara que as inúmeras promessas feitas para o setor pelo novo governo estadual se concretizem. Do contrário, Sergipe permanecerá como um patinho feio, quase esquecido pelos turistas desse mundão de meu Deus. Crendeuspai!


Bem na fita


Sergipe não consta na triste relação dos estados que registraram a existência de trabalho escravo. Ainda bem, né? A mais recente lista de trabalho análogo à escravidão incluiu 132 empregadores entre pessoas físicas e jurídicas. Segundo o Ministério do Trabalho e Emprego, em 18 estados e no Distrito Federal as equipes de fiscalização identificaram esse tipo de violação de direitos humanos. A legislação brasileira classifica como trabalho análogo à escravidão toda atividade forçada, desenvolvida sob condições degradantes ou em jornadas exaustivas. Desconjuro!


Doentes da alma


Pesquisa recente revela que 67% das pessoas acreditam que já deixaram de ser contratadas para uma vaga por serem negras. E seis em cada 10 informaram que já foram vítimas de discriminação no ambiente de trabalho. “O gerente disse que eu deveria tirar as tranças e alisar o cabelo para ficar mais bonita”, contou uma das entrevistadas. Os racistas são doentes da alma, um mal incurável. Só Jesus na causa!


Há vaga


As línguas ferinas andam espalhando pelas esquinas que tem muita gente graúda de olho na vaga aberta no Tribunal de Contas de Sergipe com a morte do conselheiro Carlos Pinna de Assis. Fala-se que os padrinhos dos candidatos ao cargo já começaram a incomodar os ouvidos do governador Fábio Mitidieri (PSD), a quem cabe indicar o novo conselheiro. Para afugentar os apressadinhos, o pessedista alertou que não trata sobre o assunto antes da missa de 7º dia do falecido. Em outras épocas, já houve até rompimento político por causa do bem pago cargo vitalício de conselheiro do TCE. Home vôte!


Mãos atadas


Os bombeiros militares sentiram falta da viatura Alta Plataforma Aérea (APA) no combate ao fogo que destruiu uma loja de informática em Aracaju. Segundo o blog Espaço Militar, a APA “está inoperante há cerca de três meses por falta de manutenção”. Moderna e versátil, a Alta Plataforma Aérea pode atingir uma altura de 57 metros, o que equivale a um prédio com cerca de 18 andares, possui bomba com capacidade de expulsão de 6 mil litros por minuto, além de sistema para produção de espuma. Como o prédio sinistrado tinha três andares, os bombeiros tiveram que recorrer a um veículo com plataforma pertencente à Energisa, bem inferior à APA. Misericórdia!


Unha e carne


Márcio Macedo (PT) é o ministro mais próximo do presidente Lula da Silva (PT). Ocupando a Secretaria-Geral da Presidência, esse sergipano por adoção - o distinto nasceu em Esplanada (BA) - está presente em todas as viagens feitas pelo “Barba”, e ninguém tem acesso ao gabinete do inquilino do Palácio do Planalto sem antes passar por ele. Tamanha proximidade de um sergipano com um chefe de Estado só ocorreu no começo da década de 40, quando Lourival Fontes, nascido em Riachão do Dantas, foi ministro de Propaganda do presidente Getúlio Vargas (PTB). A diferença é que, ao contrário do autoritário sergipano getulista, Márcio Macedo é um democrata de quatro costados. Marminino!


Frei se recupera


Internado desde o último dia 31, com sérios problemas estomacais, Frei Enoque Salvador de Melo deve deixar hoje, a Unidade de Tratamento Intensivo do Hospital Unimed, em Aracaju. O boletim médico divulgado nesse domingo informa que “o paciente mantém-se em melhora clínica gradual, acomodado em leito de UTI. Está consciente, interativo e em respiração espontânea”. A previsão de alta da UTI é para hoje, “após o controle laboratorial de eletrólitos”. Frei Enoque, de 81 anos, foi prefeito de Poço Redondo por três mandatos. Em 2012, atendeu um pedido da Igreja e renunciou em favor de seu vice Roberto Araújo (PT). Melhoras, amigo!


Fake news


O PT entrou com uma ação na Justiça Cível de Brasília pedindo remoção do conteúdo e punição contra pessoas que estão espalhando nas redes sociais notícia falsa. A fake news liga o partido com o assassino que matou quatro crianças e feriu outras quatro numa creche de Santa Catarina. A montagem criminosa usou a foto de uma carreata do então candidato a governador de Sergipe, senador Rogério Carvalho (PT). O petista considerou “um absurdo sem tamanho essa falta de escrúpulos das redes bolsonaristas”. Danôsse!


Mais um mutirão


O governador Fábio Mitidieri (PSD) informou que o próximo mutirão promovido pelo Executivo vai acontecer em Porto da Folha, sexta-feira que vem. Ao transferir parte a estrutura do estado para o interior visando oferecer serviços simples à população, Mitidieri expõe que a gestão do ex-governador Belivaldo Chagas (PSD) fechou os olhos para necessidades básicas da comunidade. Ora, se o Estado oferecesse normalmente ações rotineiras, como exames de glicemia, medicação de pressão arterial e agendamento de serviços em repartições públicas, não havia necessidades desses dispendiosos mutirões, batizados de “Sergipe é aqui”. Então, tá!


Andando a tiracolo


Veja o que publicou a amiga Thaís Bezerra no Jornal da Cidade: De olho na sucessão dele, o prefeito de Socorro, Padre Inaldo Luiz (PP), aposta numa possível candidatura do seu secretário de governo, Renato Nogueira (sem partido). Para mostrar a simpatia pelo auxiliar, o gestor tem andando pra cima e pra baixo ao lado do rapaz. Outro dia, ambos viajaram à Brasília onde foram recebidos por Geraldo Alckmin (PSB) e Márcio Macedo (PT), respectivamente, vice-presidente da República e ministro da Secretaria-Geral da Presidência. Segundo Inaldo, o vice “ficou encantado e curioso com a nossa cidade”. Ah, bom!


Apoio amigo


Novo aliado do governo Mitidieri (PSD), o senador ex-bolsonarista Alessandro Vieira (PSDB) só faltou soltar foguetes para comemorar a aprovação pela Assembleia do Projeto de Lei criando a Agência Sergipe de Desenvolvimento. Segundo o tucano, esse novo instrumento do Executivo vai garantir a geração de mais empregos e renda, além de promover a realização de projetos estruturantes. O presidente da Agência festejada por Alessandro vem a ser o amicíssimo dele, Milton Andrade (Cidadania), que foi seu candidato a vice na disputa pelo governo estadual em 2022. Em 2018, Milton concorreu ao governo estadual e teve apenas 3,56 % dos votos. Aff Maria!


Comments


bottom of page