top of page
  • Foto do escritorLuxo Aju

Política by Adiberto de Souza



Para atrair empresas, Sergipe repete velhos equívocos


O governo de Sergipe erra feio ao apostar que basta oferecer gordos incentivos fiscais à empresas de outros estados para catapultar a economia sergipana. Ledo engano! A maioria dos empresários atraídos pelas vantagens estatais só pensa em seus próprios lucros, que tão logo apurados são mandados para fora de Sergipe. Agora mesmo temos um fato concreto dessa equivocada política de incentivos. Em agosto de 2021, a Unigel Agro Sergipe foi inaugurada festivamente em Laranjeiras prometendo gerar 1,5 mil empregos na produção de ureia, amônia e sulfato de amônio. Para tanto, a empresa ganhou isenção do ICMS incidente sobre o gás natural, concessão de licença ambiental, facilitação nas tarifas de água e gás, etcétera e tal. Menos de dois anos depois, a unidade industrial se encontra em parada programada para manutenção, só devendo voltar a operar quando o preço do gás natural for competitivo. Sabe-se lá quando! A dúvida é: até que ponto a perda de receita causada pelos gordos incentivos oferecidos à Unigel comprometeu setores prioritários como saúde, educação e infraestrutura? A verdade é que o governo estadual insiste em fazer mais do mesmo, talvez por não admitir que é impossível repetir velhas práticas e obter em resultados diferentes. Marminino!


Menos turistas


O governo de Sergipe está apostando alto no sucesso dos festejos juninos. Em parceria com as prefeituras, particularmente as de Aracaju, Estância, Areia Branca, Capela e Socorro, a gestão Fábio Mitidieri (PSD) pretende transformar o estado num imenso e animado arraial. Seguramente, muito mais turistas se deslocariam para Sergipe se o governo tivesse convencido a Gol a retomar de imediato o voo diários entre Aracaju e Salvador, suspenso desde março passado. Apesar dos incentivos oferecidos à empresa aérea, esta prometeu que o Boing 737 ligando as duas capitais só voltará a operar lá para julho, portanto, depois dos festejos juninos. Misericórdia!


Nova logo da Alese


A primeira campanha institucional da Assembleia na gestão do deputado Jeferson Andrade (PSD) é apoiada nos pilares cidadania e desenvolvimento. A mensagem ressalta as funções constitucionais do Parlamento, o compromisso político da nova legislatura com a defesa do interesse público e com o exercício da cidadania. Ao final do filme de 60 segundos, pessoas representativas da população empunham a nova logomarca da Assembleia. Com design moderno e estilo discreto, a marca reúne o Porvir histórico, a Bandeira do Estado e a assinatura da própria Assembleia. Porreta!


Internet facilita


Eleitores em dívida com a Justiça Eleitoral podem emitir a Guia de Recolhimento da União e pagar as multas devidas pela internet, sem que seja necessário ir ao cartório eleitoral. A multa é aplicada para quem não justificou a ausência às eleições, não se apresentou aos trabalhos eleitorais ou realizou o alistamento eleitoral fora do prazo legal, conforme prevê o Artigo 8º do Código Eleitoral. Com o pagamento, o eleitor passa a ter a situação regularizada. O serviço para quitação de multas está disponível na página do Tribunal Superior Eleitoral. Ah, bom!


Sergipe em São Paulo


Sergipe esteve presente na Feira Nacional da Reforma Agrária realizada em São Paulo. Agricultores do MST de Japaratuba e Poço Redondo levaram para o evento produtos como mel de abelha, farinha de mandioca, feijão e artesanato. O ministro Márcio Macedo, da Secretaria-Geral da Presidência, prestigiou o evento e fez questão de abraçar os sergipanos: “A agricultura familiar é peça fundamental na luta pela comida de qualidade na mesa dos brasileiros. O MST está de parabéns pela realização do evento”, afirmou Márcio. Supimpa!


Mundo cão


Pesquisa mostra que 65% das gestantes condenadas poderiam cumprir prisão domiciliar, por ter cometido crimes de menor poder ofensivo, como porte de drogas e pequenos furtos. Realizado pela Fiocruz, o estudo indica que 40% das presas gestantes têm mais de quatro filhos, a maioria não desejava a gravidez, 5% tentaram fazer aborto e 50% tiveram depressão pós-parto. Pior, somente 3% tiveram acompanhamento durante o parto, enquanto 40% não receberam nenhuma visita durante a gravidez. Só Jesus na causa!


TCE de olho em deputado


O Tribunal de Contas de Sergipe deve iniciar, esta semana, uma auditoria extraordinária no Instituto de Previdência dos Servidores Municipais de Ilha das Flores. A fiscalização visa apurar se são verdadeiros os indícios de irregularidades na aplicação de recursos durante a gestão do ex-prefeito Cristiano Cavalcante (União), atual líder do governo Mitidieri na Assembleia Legislativa. O Ministério Público Especial do TCE emitiu parecer pela necessidade do procedimento após analisar a denúncia apresentada pelo Sindicato dos Professores da Rede Estadual. Cristiano é acusado de, enquanto prefeito, recolher a contribuição dos servidores e não repassar ao Instituto. Esta informação é da coluna Radar, assinada pelo competente jornalista César Cabral. Crendeuspai!


Homens lisos


Os homens se renderam aos caprichos da estética feminina. Nas casas de depilação, eles já são cerca de 40% da clientela, tradicionalmente feminina. Os machos modernos também fazem limpeza de pele, drenagem linfática e até massagem modeladora, para se livrar das indesejadas gordurinhas. Parece que os metrossexuais enxergam os pelos como um dos maiores inconvenientes do aprouch masculino. Esteticistas garantem que eles preferem eliminar os pelos da barba, tórax e abdômen, mas também depilam partes mais íntimas, como a virilha. Aff Maria!


Luta pela terra


A deputada estadual Linda Brasil (Psol) está defendendo a imediata regulamentação pelo governo federal do território indígena Fulkaxó, localizado no município sergipano de Pacatuba. Segundo a parlamentar, os Fulkaxó estão corretíssimos em lutarem pela terra e pelo direito de cultivar seus costumes e rituais religiosos. O local onde vive o povo Fulkaxó foi reivindicado pelos indígenas há cerca de 16 anos, quando eles viviam na terra Kariri-Xocó, em Porto Real do Colégio (AL). Os dois povos têm fortes laços religiosos e culturais, sendo que os Fulkaxó se identificam como descendente das etnias Fulniô, Kariri e Xocó. Então, tá!


Camas separadas


O MDB velho de guerra parece um casal brigado, que dorme em camas separadas. Um grupo ligado ao governador Fábio Mitidieri (PSD) prefere ver pelas costas a nova comissão estadual provisória dirigida pelo empresário Sérgio Gama. Já os aliados do novo presidente torcem que executiva nacional mantenha a atual direção, que é simpática ao grupamento do senador Rogério Carvalho (PT). Para se ter uma ideia de como as coisas andam no MDB sergipano, o secretário estadual de Turismo e antigo emedebista Marcos Franco garante que “atualmente o partido está uma bagunça”. Enquanto acompanha a desunião interna, o deputado estadual Luciano Bispo (PSD) trabalha de mansinho para assumir a direção da sigla em Sergipe. Danôsse!


Mar de lama


“De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça, de tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar da virtude, a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto”. Trecho de discurso feito no Senado por Rui Barbosa, em 14 de dezembro de 1914. Mais atual do que isso, só dois disso. Home vôte!

Comentarii


bottom of page