top of page
  • Foto do escritorLuxo Aju

Política by Adiberto de Souza



Partidos políticos, uma indigesta sopa letrinhas


Não bastasse os 31 partidos devidamente legalizados, outros 75 pedidos de registros de legendas tramitam no Tribunal Superior Eleitoral. Tem sigla para todo gosto: “Partido Político Animais”, “do Nacional Indígena”, “do Militar Brasileiro”, “das Sete Causas”, “Carismático Social”, e o “Anticorrupção”. Para se ter uma ideia, 23 partidos têm representação na Câmara Federal, enquanto o Senado é composto por 12 legendas. É um número exagerado! Segundo o professor César Zucco, da Fundação Getúlio Vargas, estas mais de duas dezenas de legendas presentes na Câmara representam apenas dois grupos: um de centro-direita, composto pelo chamado “centrão”, e outro de centro-esquerda. Na verdade, quando se dispõem a criar partidos, os políticos estão pensando apenas neles. Querem ter as próprias legendas para competir em eleições, além de poder controlar os recursos partidários. Ao eleitor, resta quebrar a cabeça para escolher em qual sigla votar, e ter cuidado para não se engasgar com essa indigesta sopa de letrinhas. Misericórdia!


Exagerou na dose


O próximo reajuste dos planos de saúde, previsto para este mês, mostra que o governo de Sergipe exagerou na dose ao aumentar a contribuição do funcionalismo para o Ipesaúde. A previsão é que a Agência Nacional de Saúde Suplementar majore as mensalidades dos planos individuais e familiares entre 10% e 12%, portanto, bem menos do que a exagerada majoração de 50% a ser paga pelos descapitalizados servidores estaduais. Só Jesus na causa!


Mais Médicos


O Programa Mais Médicos do governo federal inscreveu 310 profissionais interessados em atuar em Sergipe. O objetivo do programa é garantir atendimento médico, especialmente em regiões de vazios assistenciais. Segundo a Secretaria Estadual da Saúde, 100% dos municípios de Sergipe aderiram ao programa. O edital publicado agora visa preencher 29 vagas existentes em 21 municípios sergipanos. O certame tem como critério prioritário selecionar médicos que têm CRM. Ah, bom!


É feia a crise


Bancos credores já enxergam um risco potencial de a empresa Unigel pedir recuperação judicial. Esta informação foi publicada pelo jornal Valor Econômico. A Unigel já paralisou a produção de amônia e ureia em sua fábrica no município sergipano de Laranjeiras e suspendeu os contratos de trabalho dos empregados. A empresa culpa os preços do gás natural pela crise, mas afasta a hipótese de pedir recuperação judicial. Quanto ao retorno da produção, só quando Deus der bom tempo. Marminino!


Quem me quer?


O ex-deputado estadual Gilmar Carvalho (sem partido) jura de pés juntos que se quisesse teria sido reeleito em 2022. A pergunta que não quer calar é: e por que não quis? No ano passado, o ex-deputado e radialista alegou “razões pessoais” para abrir mão da candidatura. Em nota veiculada no site Nenotícias, de sua propriedade, Gilmar revela que tem chovido convites de partidos interessados em seu “passe”, porém garante que só assinará a ficha da legenda que oferecer “espaço para evangélicos”. Então, tá!


Bom à Bessa


O ministro Márcio Macedo, da Secretaria-Geral da Presidência, convidou o governador do Acre, Gladson Cameli (PP), para visitar Sergipe e conhecer Estância, terra do advogado Gumercindo Bessa. Esse ilustre causídico sergipano se consagrou pela brilhante defesa jurídica na questão fronteiriça do Acre com o Amazonas. Após um acordo internacional, o território acreano foi incorporado ao Brasil. Gumercindo se elegeu deputado provincial por Sergipe e compôs a Assembleia Nacional Constituinte, no período de 1909 a 1911. A origem do dito “bom à bessa” é atribuída às qualidades de argumentador do jurista estanciano. Supimpa!


Livro de ficção


Tivesse sido cumprido o que prega a Constituição Estadual, Sergipe teria hoje 90 municípios. Em 1989, os constituintes aprovaram a criação de Alagadiço e Mocambo (ambos em Frei Paulo) Nossa Senhora do Patrocínio (Brejo Grande), São José do Itamirim (Itabaianinha), Nossa Senhora de Fátima e Luzinópolis (ambos em Porto da Folha), Samambaia (Tobias Barreto), Rosa Elze (São Cristóvão), Veracruz (Riachão do Dantas), Treze e Jenipapo (os dois em Lagarto), Escurial (Nossa Senhora de Lourdes), Santa Rosa do Ermírio e Sítios Novos (ambos em Poço Redondo) e São Mateus da Palestina (Gararu). Danôsse!


Itabaiana de luto


O desportista itabaianense José Rivaldo da Costa, o “Mãe Gorda”, faleceu ontem, após vários dias hospitalizado. Aos 76 anos, ele era um torcedor apaixonado da Associação Olímpica de Itabaiana. O deputado estadual Luciano Bispo (PSD), que teve Rivaldo como chefe de gabinete na Assembleia, e o prefeito Adailton Sousa (PL) lamentaram a morte do fanático torcedor do Tricolor da Serra. O corpo de “Mãe Gorda” está sendo velado no Velório Peixoto, em Itabaiana, devendo o sepultamento ocorrer, às 10 horas de hoje, no Cemitério de Santo Antônio e Almas. Descanse em paz, amigo!


Trair e coçar...


É estranho ouvir lideranças políticas reclamando que foram traídas ou que o governo de Fábio Mitidieri (PSD) está cheio de ocupantes de cargos em comissão que votam no senador Rogério Carvalho (PT) para governador. Ora, e qual é o político que não acende uma vela para Deus e outra para o diabo? Aos suplicantes que andam por aí, com um anzol nas costas, procurando traídas, vale lembrá-los o velho adágio popular: Trair e coçar, é só começar. Arre égua!


CUT quer investigação


A Central Única dos Trabalhadores de Sergipe (CUT) está colhendo assinaturas para encaminhar um abaixo assinado ao Ministério Público Estadual propondo a realização de uma auditoria nas contas do Ipesaúde, autarquia que presta assistência médico-hospitalar e odontológica aos servidores estaduais e seus familiares. As suspeitas de irregularidades aumentaram depois que o governo reajustou em 50% a contribuição alegando que a despesa do Instituto é quase o dobro da receita. Misericórdia!


Fake news desmascarada


Licenciado da Assembleia para tratamento de saúde, o deputado estadual Chico do Correio (PT) postou no Instagram nota desmentindo a informação dando conta que ele estava hospitalizado. O distinto revelou ter sido diagnosticado com ansiedade, tendo pedido licença para se tratar, porém não precisou se internar: “Tudo Fake News!”, escreveu o petista. Chico revelou que já está bem melhor, devendo retornar logo ao Parlamento estadual. Saúde, deputado!


Recorte de jornal



Publicado no jornal aracajuano O Tempo, em 31 de maio de 1949.

Comments


bottom of page