top of page
  • Foto do escritorLuxo Aju

Política by Adiberto de Souza



Governo de Sergipe prefere dar o peixe a ensinar a pescar


Após quase seis meses matutando sobre como atacar a fome, o governo de Sergipe recorreu a uma receita antiga e que já provou ser ineficaz para garantir dignidade a quem padece na miséria. A solução encontrada pela gestão Mitidieri foi espalhar pelo interior a fórmula do conhecido “restaurante popular”. Pela proposta, as Prefeituras serão financiadas com recursos públicos para entregar, de segunda a sexta-feira, um prato de comida a quem está à beira da morte por inanição. Aos sábados e domingos os miseráveis passarão fome ou recorrerão à caridade humana. Novamente, o governo de Sergipe se vale de uma velha experiência, talvez por incompetência para apresentar uma alternativa inédita e capaz de enfrentar a miséria que leva milhares de cristãos à mendicância. Ora, não será dando apenas um prato de comida por dia que se vai restaurar a dignidade de quem está no fundo do poço. E as outras refeições diárias quem banca? Aliás, é bíblico o ensinamento: “Não dê o peixe, ensine a pescar”. Portanto, essa velha e inútil receita contra a fome talvez só sirva mesmo para que a burguesia não sinta a consciência doer quando for se refastelar em ricos e bem servidos baquetes, geralmente custeados pelo povo. Só Jesus na causa!


Quilombolas em Brasília


Cinco representantes de Sergipe vão participar, em Brasília, a partir de amanhã, do 2° Encontro Nacional de Mulheres Quilombolas. Estarão na capital federal Xifronese, do Quilombo Caraíbas, Carmem e Edite, da Comunidade Forras, Patrícia e Dilma, respectivamente, dos Quilombos Terra Dura Coqueiral e Rua dos Negros. Durante o evento, mulheres quilombolas do todo o Brasil e da América Latina vão discutir políticas públicas e a luta por direitos. A organização do evento espera a participação de cerca de 300 lideranças. Legal!


Sangue novo


O prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira (PDT), convidou o empresário Victor Rollemberg para ser secretário do Desenvolvimento Econômico e Inovação. A pasta, que está sendo gerida interinamente pelo secretário municipal da Fazenda, Jeferson Passos, tem como finalidade fortalecer a política de atração de empresas e novos negócios para a capital. É também competência desta Secretaria fomentar a Ciência, Tecnologia e Inovação. Bacharel em Direito, Victor Rollemberg é sócio-proprietário do Curso G8, grupo especializado em preparar estudantes para o vestibular. O novo secretário será empossado nos próximos dias. Então, tá!


Sem transparência


A Defensoria Pública de Sergipe é carente de transparência. Pelo menos é o que atesta um relatório do projeto “Mais Defensoria”, da organização Transparência Brasil. Divulgado pelo portal de notícias Poder 360º, o estudo mostra que mais de 60% das defensorias públicas brasileiras apresentam falhas em informar condições de atendimento ao público. As de Sergipe, Alagoas e Pará aparecem no quesito “Sem Transparência”. Ainda conforme a pesquisa, das 28 defensorias analisadas, 17 (60,7%) apresentaram problemas que violam a Lei de Acesso à Informação e comprometem o direito à justiça. Danôsse!


Amaral vive!



Como parte das comemorações pelos 133 anos de emancipação política de Simão Dias, festejados ontem, ocorreu o relançamento do livro “Simão Dias” escrito pelo saudoso jornalista e poeta Amaral Cavalcante. A noite de autógrafos aconteceu no Centro de Memória Digital Enedina Chagas, naquela cidade, e foi prestigiado, entre outros, pelo ex-governador Belivaldo Chagas (PSD) e pelo presidente do Instituto Banese, arquiteto Ézio Déda. O livro de Amaral conta a história de Simão Dias, destacando os aspectos culturais daquele importante município sergipano. Ah, bom!


Briga de foice


Não convidem para o mesmo forró pé de serra o senador Alessandro Vieira (PSDB) e os vereadores aracajuanos Sheyla Galba e Ricardo Marques – ambos do Cidadania. Os dois cidadanistas não gostaram nadica das críticas feitas a eles pelo ainda aliado. Entrevistado pela jornalista Kátia Santana, Alessandro chamou Ricardo e Sheyla de incompetentes por não terem apresentado projetos para serem contemplados com emendas do Senado. Elegante, Marques afirma que Vieira “faz um mandato técnico elogiável”, porém o alfineta ao lembrar que o grupo liderado pelo tucano perdeu as últimas duas eleições, tendo o próprio senador sido surrado na disputa para o governo estadual. Decididamente, Alessandro, Sheyla e Ricardo estão fora de compasso nesses festejos juninos. Home vôte!


Ó com um copo


Cerca de 215 mil sergipanos não sabem fazer um Ó com um copo. Segundo o IBGE, Sergipe é o sexto estado brasileiro em número de analfabetos. A taxa de analfabetismo no território sergipano entre pessoas de 15 anos ou mais foi de 11,7% em 2022. Enquanto a taxa entre jovens de 18 anos ou mais chega a 12,5% no estado. E na população com 60 anos ou mais, ela ultrapassa os 35%. Essa diferença também é sentida em termos de cor ou raça: na população branca o índice é de 9,6%, enquanto que na população preta ou parda chega a 12,5%. Misericórdia!


Erramos na data


Na coluna de ontem, erramos feio ao divulgar a data de lançamento do livro “Memórias do Jornalismo e da Coluna Social: das lunetas do Lord Gil ao das @Luxoaju”. A tarde e noite de autógrafos de mais esta produção literária do professor doutor Jorge Carvalho será no dia 13 de julho e não nesta terça-feira, como publicamos. Neste seu novo livro, certamente o escritor trata sobre o pioneiro da crônica social em Sergipe, Carlos Henrique de Carvalho, o popular ‘Bonequinha’. Em seu Blog Educação e História, Jorge conta que para este decano do colunismo, “a um homem não bastava ser rico. Era necessário parecer um homem de bem, do bem e de bens”. Supimpa!


Tirando o time de campo


A depender da vontade dos familiares, o prefeito de Itabaiana, Adailton Sousa (PL), não disputará a reeleição em 2024. Eleito com 53,22% dos votos, o ilustre garante que a possibilidade de ele pendurar as chuteiras da vida pública é em torno de 80%, “pois não vivo de política”. Aff! Segundo as línguas ferinas, Adailton está apenas preparando o terreno para sair de fininho e apoiar a candidatura a prefeito de seu antecessor Valmir de Francisquinho (PL), que foi o grande responsável por sua eleição em 2020. Marminino!


Reajuste condenado


Coordenados pela CUT, vários sindicatos vão promover um protesto contra o exagerado reajuste de 50% no valor da contribuição paga ao Ipesaúde pelo servidor estadual. Para se ter uma ideia de como a majoração foi absurda, a Agência Nacional de Saúde Suplementar autorizou, ontem, o índice máximo de 9,63% para o reajuste dos planos de saúde individuais e familiares. O protesto está agendado para às 7 horas de amanhã, em frente ao Palácio de Despachos e visa sensibilizar o governador Fábio Mitidieri (PSD) a reavaliar o percentual, pois os servidores só receberam míseros 2,5% de reajuste salarial. Crendeuspai!


Filosofia de Britto


Do sergipano Carlos Ayres de Britto, ministro aposentado do Supremo Tribunal Federal: “Cigarra faz mal aos pulmões do silêncio. Silêncio que não sabe dar um passo que não seja de pantufas. Silêncio que às vezes a gente quebra sem se dar conta da aflição dos cacos”. Aleluia!


Recorte de jornal



Publicado no jornal Vida Laranjeirense, em 26 de abril de 1931.

Comentários


bottom of page