• Luxo Aju

Política by Adiberto de Souza


Desemprego em massa


Sergipe assistirá, daqui a alguns dias, o desemprego em massa de algumas centenas de pessoas. O bota fora atingirá um grupo com bons salários e invejáveis mordomias. Estamos falando dos prefeitos, vices e vereadores rejeitados nas últimas eleições e que vão deixar a vida mansa no próximo dia 31. Só em Aracaju serão 15 desempregados. A partir do dia 1º de janeiro, todos terão de procurar outros afazeres, pois suas cadeiras na Câmara serão ocupadas por novos vereadores. Além dos que não lograram êxito no pleito passado, também serão postos no olho da rua os prefeitos e vices que não concorreram em 15 de novembro porque já haviam sido reeleitos em 2016. Acostumados com salários médios de R$ 25 mil, carro com motorista, uma renca de assessores, verba de representação, passagens aéreas e gordas diárias, estes futuros desempregados vão levar algum tempo para se acostumar a viver sem tanta mordomia. Os prefeitos, vices e vereadores que tomarão posse no dia 1º de janeiro se acostumarão bem mais rápido com as benesses pagas pelos contribuintes. Crendeuspai!


Vítima da vaidade


A vereadora Emília Corrêa (Patriota) acha que a oposição aracajuana foi vítima do narcisismo de seus integrantes: “Na política, a vaidade é a véspera do fracasso”, discursou ela, ao justificar a derrocada dos candidatos oposicionistas nas últimas eleições. Segundo Emília, o ego de alguns foi maior do que o bom senso. O argumento da vereadora lembra até o “Versos íntimos” do poeta Augusto dos Anjos: “O beijo, amigo, é a véspera do escarro/ A mão que afaga é a mesma que apedreja”. Cruzes!


UFS reage


Um protesto em frente ao Campus da Universidade Federal de Sergipe condenou, hoje, a nefasta intervenção na Reitoria daquela instituição. Um absurdo! Organizado pela comunidade universitária, movimentos sociais e centrais sindicais, o ato também protestou contra a Reforma Administrativa em gestação e a PEC emergencial. Essas duas maldades do governo Bolsonaro objetivam enfraquecer serviços e concursos públicos, reduzir salários, acabar com a estabilidade e carreira de servidores. Desconjuro!


Fiat lux


O prefeito reeleito Edvaldo Nogueira (PDr. T) bateu, ontem, à porta do governo Bolsonaro. Foi assinar no Ministério do Desenvolvimento Regional um contrato para a modernização da iluminação pública de Aracaju. No valor de R$ 82 milhões, o contrato de Parceria Público Privada (PPP) permitirá que 100% da iluminação da capital seja transformada para a tecnologia de LED. Edvaldo aproveitou o evento para fazer rasgados elogios ao governo Bolsonaro pela “grande capacidade de congregar os diversos setores” envolvidos na PPP. Marminino!


Cobrando direito


Os policiais civis de Sergipe estão se mobilizando para cobrar ao governo que lhes conceda o adicional de periculosidade. Trata-se de um benefício garantido a quem trabalha em condição de risco acentuado. Para tratar sobre o assunto, o Sindicato dos Policiais Civis do Estado de Sergipe concedeu entrevista coletiva nesta quinta-feira. Quer apostar uma mariola de goiaba como o governo vai alegar falta de dinheiro para atender essa justa reivindicação dos policiais? Home vôte!


Oh que fedor!


O pouco que resta de manguezal no Parque Tramandaí, no luxuoso bairro Garcia, funciona como a tampa de uma grande fossa, criada por desleixo do poder público. Ao longo dos anos, a Prefeitura de Aracaju autorizou construções em seu entorno, sem exigir o devido tratamento dos dejetos humanos produzidos pelas novas e luxuosas moradias e casas comerciais. Resultado: toneladas de excrementos foram lançadas nos rios Poxim e Sergipe. Bem que a Prefeitura poderia renomear o local, batizando de Parque do Fedor. Aff Maria!


Abaixo a corrupção


O senador Alessandro Vieira (Cidadania) não se cansa de afirmar que uma das bandeiras do seu mandato é o combate à corrupção. Segundo ele, debelar esta chaga é fundamental para viabilizar “a implantação das outras urgências do país, como saúde e educação”. Em setembro passado, Vieira protocolou no Senado um pacote com nove propostas de combate à corrupção, fundamentado em sugestões de 300 entidades que condenam essa praga tão enraizada no Brasil. Misericórdia!


Abra o olho


A cada 15,9 segundos ocorre uma tentativa de fraude através do roubo de identidade, em que dados pessoais são usados por criminosos para firmar negócios. Segundo o Indicador Serasa Experian, entre as tentativas de golpe, a principal é a emissão de cartões de crédito obtidos com identificação falsa ou roubada. De acordo com o levantamento, a telefonia foi responsável por 42,3% do total de tentativas de fraude. Arre égua!


Troca de brinquedos


A Câmara de Aracaju aprovou projeto do vereador Lucas Aribé (Cidadania) criando a Feira de Troca de Brinquedos. Segundo o parlamentar, a ideia é promover interação entre as crianças, além estimular o desapego. “As crianças que não quiserem mais os brinquedos, poderão trocá-los por outros. Nada de vendas”, explica Lucas. A Feira deve ser realizada sempre em parques municipais e outros espaços públicos da capital. Supimpa!


A coisa tá feia


Abra e olho e use máscara porque o coronavírus está solto nas capoeiras. Quer um exemplo do perigo? Ontem, o Hospital Primavera, em Aracaju, suspendeu todas as cirurgias eletivas devido ao crescimento de internações de infectados com pela Covid-19. Segundo a direção do Primavera, a medida se fez necessária para garantir a segurança dos clientes. Para se ter uma ideia da gravidade, todos os leitos de UTI reservados pelo hospital para pacientes com coronavírus estão ocupados. Só Jesus na causa!


Fuleiragem


Veja a que ponto chega a ousadia dos pichadores. Após ter seus rabiscos apagados várias vezes, o safado deu um xeque-mate no dono de um muro no bairro 13 de Julho, em Aracaju: “Eu pixo, você pinta. Vamo ver quem tem + tinta”. Sacanagem, né não?


Recorte de jornal



Publicado no jornal estanciano A Razão, em 14 de janeiro de 1912.