top of page
  • Foto do escritorLuxo Aju

Política by Adiberto de Souza

De olho na reeleição, prefeitos começam a trabalhar


Os prefeitos com direito à reeleição estão aproveitando este ano para arrumar as casas de olho no pleito de 2024. Até lá, os gestores municipais tentarão melhorar os serviços públicos visando angariar a simpatia da população. Precisarão trabalhar muito, principalmente na captação dos recursos estaduais e federais necessários à execução de obras projetadas ou já em execução. Neste quesito, os candidatos à reeleição dependem muito da boa vontade do governador Fábio Mitidieri (PSD) e do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Na espreita, a oposição torce pelo fracasso dos atuais prefeitos, fato que aumentará sua chance de sucesso nas eleições do ano que vem. Portanto, mesmo este sendo um ano sem disputa eleitoral, a classe política não moverá uma palha sem pensar no pleito municipal que se avizinha. E assim caminha a humanidade!


Rombo questionado


O professor e padre José Lima Santana questiona a dívida de R$ 200 milhões e a elevação dos valores das contribuições dos beneficiários do Ipesaúde. O distinto disse ter ficado surpreso ao saber do enorme “prego” acumulado pelo Instituto, além de um déficit mensal de R$ 10 milhões: “Como o governo anterior deixou esse rombo acontecer sem fechar possíveis sangrias?”, pergunta o reverendo. José Lima lamenta que, mais uma vez, o servidor público seja penalizado, pagando 50% a mais para ter direito ao plano de saúde do estado. Uma lástima!


À espera da rebarba


Diferente do lado da situação, onde sobram pré-candidatos à Prefeitura de Aracaju, a oposição segue sem favoritos para a disputa eleitoral de 2024. Aqui e ali surge um nome, mas sem a estatura política exigida para a briga do próximo ano. Na verdade, os oposicionistas estão lançando balões de ensaios visando sentir a receptividade dos aracajuanos, que ainda não entraram no clima eleitoral. Caso nada mude até o começo de 2024, restará aos oposicionistas torcer para os governistas brigarem e que desta desavença sobre um candidato para eles chamarem de seu. Marminino!


Chá das cinco


E aí, você que é metido a intelectual, quantos livros dos imortais da Academia Sergipana de Letras enfeitam a sua estante? De alguns acadêmicos é impossível encontrar qualquer obra nas melhores livrarias de Aracaju. Será por que as edições estão esgotadas? Home vôte!


Medindo a popularidade


O ex-deputado estadual Talysson de Valmir (PL) aproveitou a procissão em louvor a São João Batista para medir a sua popularidade junto à população de Areia Branca. O fidalgo sonha em ser prefeito daquele município, projeto que conta com o apoio do pai dele, o ex-prefeito de Itabaiana, Valmir de Francisquinho (PL). Enquanto populares transportavam o andor com a imagem do santo, Talysson conversava com os eleitores e lideranças políticas de Areia Branca simpáticas à sua provável candidatura. Aff Maria!


Transporte perigoso


A Superintendência de Transporte e Trânsito de Aracaju tem muita culpa pelo crescimento do transporte clandestino de passageiros na capital sergipana. O elevado preço das passagens de ônibus e a falta de uma fiscalização para impedir que as empresas baguncem o sistema, estimulam a pirataria. Diante de tudo isso, desempregados donos de carros resolvem fazer renda transportando passageiros. Portanto, enquanto a SMTT não tiver coragem de obrigar que as empresas de ônibus ofereçam um serviço de qualidade e com preços razoáveis, o aracajuano continuará colocando a vida em risco para se deslocar em veículos caindo aos pedaços e dirigidos sabe-se lá por quem. Só Jesus na causa!


Além mar


A ida de alguns políticos sergipanos a Taiwan e a recente visita do embaixador asiático Diego Wen a Aracaju e ao município de Malhador virou piada. As línguas ferinas andam espalhando pelas esquinas de Sergipe que essa relação amistosa entre os nossos políticos e representantes da China no Brasil pode render, quando muito, algumas fabriquetas de cavaco chinês, guloseima muito apreciada pela garotada. O diabo é que, apesar do nome, a origem do doce não é a China. Alguns apontam que o cavaco chinês veio da Índia. Cruz, credo!


Boca de siri


Por que será que o governo de Sergipe ainda não deu um pio sequer sobre a decisão da Gol de adiar para dezembro o retorno do voo entre Aracaju e Salvador? Em abril, após reuniões entre a Gol e o Executivo, ficou definido que o trajeto seria feito por um Boing 737 a partir do próximo mês. Para convencer a empresa aérea a reiniciar os voos diários entre as duas capitais, o governo ofereceu novos incentivos à companhia, que deve ter recusado. Enquanto as autoridades sergipanas dão calado por resposta, Aracaju continua sendo uma das poucas capitais brasileiras sem um único voo diário para Salvador. Misericórdia!


Dinheiro pra cima


Como perguntar não ofende: a quantas anda o inquérito aberto pelo Ministério Público para apurar uma reprovável conduta do deputado estadual Cristiano Cavalcante (União). Líder do governo Mitidieri na Assembleia, o parlamentar jogou dinheiro pra cima no meio de pessoas pobres, que se engalfinharam no chão para pegar as cédulas. O grotesco episódio repercutiu negativamente e estimulou o MPE a investigá-lo, só que não se falou mais no rumoroso assunto. Danôsse!


Projeto político


Embora não confirme, o pastor Heleno Silva (Republicanos) está trabalhando para disputar a Prefeitura de Canindé do São Francisco, em 2024. O distinto administrou aquele município sergipano de 2012-2016, tendo enfrentado dificuldades por conta da redução dos recursos arrecadados pelo Executivo. Após ter tentado sem sucesso se eleger senador, em 2018, e deputado federal, em 2022, Heleno deve investir numa nova empreitada eleitoral, na esperança de impedir a reeleição do prefeito Weldo Mariano (PT). Crendeuspai!


Deputada no estaleiro


E a deputada federal Katarina Feitoza (PSD) está no estaleiro, se recuperado de um mal-estar que a afastou temporariamente dos festejos juninos. Pelas redes sociais, a ilustre informou que “por recomendação médica, vou precisar ficar uns dias de repouso, porque o corpo não aguentou os muitos compromissos de trabalho e forró em meio a esse período de circulação de vírus”. Para tranquilizar os amigos e eleitores, Katarina informou que “em breve estou de volta 100%”. Então, tá!



Comentarios


bottom of page