top of page
  • Foto do escritorLuxo Aju

Política by Adiberto de Souza

Relação republicana não é alinhamento político


Muita gente está confundindo as relações republicanas do ministro Márcio Macedo (PT) com um possível alinhamento político entre ele, o governador Fábio Mitidieri (PSD) e o prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira (PDT). Antes de acreditar numa reaproximação do petista com seus adversários é preciso lembrar que nos dois últimos confrontos eleitorais os petistas, pedessistas e pedetistas estiveram em lados opostos, sendo que em 2020, o próprio Márcio foi derrotado justamente por Edvaldo. Ora, e por que em 2024 os opositores do ministro iriam apoiá-lo na disputa pela Prefeitura, mesmo sabendo que a vitória dele seria uma ameaça concreta do PT à reeleição de Mitidieri em 2026? Não esqueçamos que o gestor sergipano derrotou nas urnas justamente o senador Rogério Carvalho, outro petista que dorme e acorda sonhando numa revanche. Aliás, o governador já deixou clara a relação republicana entre ele e Macedo ao afirmar que “podemos caminhar em qualquer lado nas eleições, mas quando acaba a campanha, damos as mãos por Sergipe”. Para um bom entendedor, estas palavras bastam. Marminino!


Aproximação difícil


Eleito, em 2008, para a Prefeitura de Socorro com o integral apoio do ex-prefeito Zé Franco, o radialista Fábio Henrique (União) sonha numa reaproximação com o ex-aliado político. Os dois romperam na reeleição do Fábio em 2012. Ao tomar conhecimento que o ex-aliado e pré-candidato a prefeito sonha com uma reaproximação, Zé Franco afirmou que permanece no grupo político liderado pelo prefeito Padre Inaldo (PP) e só deve tratar sobre política em 2024. Por fim, alertou que “aprendi a ter palavra com os meus pais”. A quem essa carapuça teria sido direcionada? Misericórdia!


Banco dos réus


O Supremo Tribunal Federal agendou para o próximo mês o julgamento do Agravo Regimental interposto pela defesa do ex-deputado André Moura (União). Em 2021, o ex-parlamentar sergipano foi condenado em duas ações (APs 973 e 974) à pena de oito anos e três meses de prisão, em regime inicial fechado, pela prática dos crimes de peculato, desvio e apropriação de recursos públicos e associação criminosa. André também ficou inelegível por cinco anos. Diante da decisão do STF, o condenado desistiu de disputar o Senado em 2022, optando por eleger a filha Yandra de André (União) para a Câmara Federal. Ah, bom!

Negócio da fé

As igrejas evangélicas não param de crescer. Segundo a revista Veja, entre 1940 e 2010, este grupo religioso saltou de 2,7% para 22,2% dos brasileiros. A expectativa é que os dados do Censo 2022 apontem uma representação evangélica de mais de 30% da população. As líderes em abertura de templos foram as pentecostais, estando em 1º lugar a Assembleia de Deus, que inaugurou mais de 9 mil igrejas entre 2010 e 2019. Em segundo lugar no ranking da expansão vieram as igrejas neopentecostais. Mais conhecida entre estas, a Igreja Universal do Reino de Deus inaugurou 2.515 templos entre 2010 e 2019. Crendeuspai!

Nova ponte

O governo de Sergipe acaba de lançar o edital visando contratar os estudos de viabilidade técnica de uma ponte a ser construída entre Aracaju e a Barra dos Coqueiros. A previsão é que os estudos fiquem prontos em 2024. O objetivo do empreendimento é desafogar a única ponte que liga os dois municípios desde 2006. Ressalte-se que esta foi a obra prioritária do então governador João Alves Filho. Naquele mesmo ano, ele tentou a reeleição, mas foi derrotado justamente porque os sergipanos acharam que o governo abandonou o interior do estado para concluir a ponte em tempo recorde. Será que em 2026 Mitidieri terá mais sorte do que teve o saudoso João Alves. Home vôte!

De fora pra dentro

A direção nacional do PT indicou Everaldo Anunciação, ex-presidente do partido na Bahia, para acompanhar o próximo processo eleitoral em Sergipe. Caberá ao distinto avaliar o que a turma da estrelinha precisa para a campanha de 2024. “É uma tarefa junto às direções estaduais da Bahia e de Sergipe. Estarei aberto para auxiliar no que for preciso”, declarou Anunciação. O petista baiano informou que deve se reunir com a cúpula do PT sergipano nos próximos dias. Então, tá!

Vendeu o café

O Grupo José Augusto Vieira, dono da marca Maratá, anunciou a venda dos segmentos de café e chá para a Jacobs Douwe Egberts JDE Peet’s, empresa americana-holandesa. Pelo entendimento comercial, as marcas e produtos Café Maratá, Café Puro, Chá Maratá e Chá Castellari passam a ser conduzidos pela JDE Peet’s. Com sede no município sergipano de Lagarto, o Grupo Maratá existe há mais de 50 anos, sob a liderança de José Augusto Vieira. Desde o início da sua jornada, o empresário prima pela qualidade e logística da distribuição de seus produtos. Supimpa!

Angu de caroço

Licenciado da Prefeitura de Canindé do São Francisco por 180 dias, o petista Weldo Mariano divulgou dois áudios com conversas entre ele e os vereadores Adriano de Bomfim (Republicanos) e Klebinho de Ivone (PSD). Nos diálogos gravados, os dois parlamentares pedem cargos na prefeitura. O estranho é que só agora Weldo Mariano resolveu tornar pública essas conversas nada republicanas com os vereadores. Aliados do prefeito interino Joselildo Pank (sem partido), Adriano e Klebinho indicaram, respectivamente, os novos secretários municipais da Agricultura, e de Assistência Social. Aff Maria!

Blá-blá-blá político

O União Brasil é a única legenda política a exibir, nesta semana, propaganda partidária em rede de rádio e televisão. Os programas serão veiculados sempre entre 19h30 e 22h30, com duração de 30 segundos e em dias específicos. Na quinta-feira agora e no próximo sábado os políticos da legenda estarão no rádio e na televisão dizendo que são os melhores políticos, etcétera e tal. Para o segundo semestre deste ano, o União Brasil tem direito ao tempo total de 20 minutos de propaganda partidária, totalizando 40 inserções no período. Haja paciência!

Lados opostos

Airton Costa, mandachuva do DC em Sergipe, e o pré-candidato a governador pelo partido, Mendonça Prado, vão ter que se virar nos trinta para não se agastarem politicamente. É que Mendoncinha é bolsonarista de carteirinha, enquanto Airton sempre foi crítico do inelegível capitão de pijama. O próprio presidente nacional do DC, José Maria Eymael, ficou contra a reeleição de Bolsonaro por entender que o dito cujo estimulava o cenário de ódio no país. Resta saber como Airton Costa se comportará caso o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) grave um vídeo pedindo votos para Mendonça Prado. Aguardemos, portanto!


Commentaires


bottom of page