• Luxo Aju

Política by Adiberto de Souza


Onde há fumaça há fogo


A vice-governadora Eliane Aquino (PT) se apressou em negar que a exoneração de sua protegida Leda Lúcia Couto da Secretaria estadual da Inclusão e Assistência Social teve relação com as escaramuças de campanha entre o PT e o governador Belivaldo Chagas (PSD). Este, porém, parece não ter se importando que a imprensa relacionasse um fato a outro. Preferiu deixar como está para ver como é que fica. O silêncio do líder pessedista só aumenta a suspeita de que ele ainda não engoliu a grave acusação feita por petistas, de uso da máquina estadual em favor da reeleição do prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira (PDT). No calor deste debate, a própria Eliane botou mais lenha na fogueira ao dizer, entre outras coisas, que o uso de máquinas públicas em campanhas eleitorais é prática condenável pela escola de Marcelo Déda. Não se quer aqui jogar mais gasolina nesta relação um tanto quanto inflamável, contudo a pressa da vice em negar possíveis atritos e o desinteresse de Belivaldo em desmenti-los, permite afirmar que onde há fumaça há fogo. Portanto, é bom os petistas aboletados em cargos comissionados no governo colocarem as barbas de molho, pois, até que se prove o contrário, debaixo desse angu tem caroço. Home vôte!


Polícia enlutada


A sociedade sergipana ficou chocada com o fuzilamento de dois policiais civis em Umbaúba, zona sul do estado. Marcos Luis Morais e Fábio Alessandro Pereira Lopes, ambos de 47 anos, foram assassinados no meio da rua quando investigavam crimes contra o patrimônio que estariam sendo praticados por ciganos. Em nota, a OAB se

solidariza com as famílias dos agentes mortos. Diz ainda que “os brutais assassinatos demonstram a presença assustadora da violência no Estado, que atinge até mesmo os profissionais da segurança pública”. Lamentável!


Faça o que digo...


A Prefeitura de Aracaju acaba de estabelecer regras para o funcionamento de bares, restaurantes e lanchonetes. O decreto municipal também trata sobre o tamanho do público em eventos festivos. Uma pergunta que não quer calar: essas medidas restritivas para tentar conter a pandemia não chegam um tanto quanto tarde? Será que, durante as inúmeras carreatas e corpo a corpo da campanha eleitoral, o prefeito Edvaldo Nogueira (PDT) não enxergou bares lotados e pessoas sem máscara se aglomerando em torno dele? Até parece que o pedetista é adepto do adágio popular: “Faça o que digo, não faça o que faço”. Marminino!


Mau exemplo


O pastor Heleno Silva (Republicanos) e a ministra Damares Alves, da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, deram um péssimo exemplo nessa época de pandemia. Ambos posaram para foto conversando juntinhos e sem uso de máscara. Os dois podem até se achar imunes à Covid-19, mas precisam entender que, além de mau exemplo, esse desleixo de ambos só contribui para aumentar a propagação do vírus. Crendeuspai!


Chupa de peito


E o deputado federal João Daniel, presidente do PT em Sergipe, não gostou das queixas feitas contra o partido pelo vereador eleito em Boquim, Jonas Vidal (PT). O jovem bateu pesado no senador Rogério Carvalho (PT). “Agora, Rogério me inclui na relação dos petistas eleitos. Peço ao senador que, quando for fazer essas contas, tire o meu nome da lista”, esbravejou Vidal. Insatisfeito, João Daniel orientou Jonas, entre outras coisas, “a tratar certos assuntos internamente”. Diante do chupa de peito, o vereador deu pra trás, argumentando que não tinha dito tudo o que a imprensa publicou. Ah, bom!


Marré deci


Mais de 40% de crianças e adolescentes de até 14 anos vivem em situação domiciliar de pobreza no Brasil. Segundo estudo da Fundação Abrinq, em relação àqueles em extrema pobreza, o percentual chega 13,5%. O que caracteriza a população como pobres e extremamente pobres é rendimento mensal domiciliar per capita de até meio e até um quarto de salário mínimo, respectivamente. E ainda tem gente no governo federal que defende o fim do programa Bolsa Família só por ter sido criado pelo PT. Desconjuro!


Paixão reprimida


O líder político Manoel Sukita (Republicanos) ainda não engoliu o fato de a ex-esposa e prefeita reeleita de Capela, Silvany Mamlak (PSC) ter se casado com Cristiano Cavalcante (PSC), ex-prefeito de Ilha das Flores. Maior exemplo disso é a forma pejorativa como Sukita trata o rival. Segundo ele, o marido de Silvany não passa de um gigolô. Vixe! Aliás, desde a separação, em 2018, que o distinto se queixa pelos cantos. Embora Silvani negue a traição conjugal, Sukita não se cansa de fazer propaganda do imaginário par de chifres. Danôsse!


Mea-culpa


O deputado federal Fábio Mitidieri (PSD) merece aplausos pela sinceridade, coisa rara nos políticos. Veja o que ele postou nas redes sociais: “É de conhecimento público que fiz campanha pra que não houvessem eleições devido à pandemia, mas elas ocorreram e eu fui às ruas pedir votos para os meus candidatos. Agora, não me sinto no direito de pedir pra ninguém ficar em casa. Apenas peço que cada um aja conforme a sua consciência”. Bravo, bravo!


Grana no bolso


Os servidores de Cumbe já receberam o salário deste mês e os 20% restantes do décimo terceiro. Diferente de outros municípios sergipanos, onde a crise tem impedido o pagamento da folha de pessoal em dia, no pequeno Cumbe o prefeito Marcelo Moraes (PSD) está conseguindo honrar o compromisso com o funcionalismo. Para não aumentar demais as despesas no final do ano, o gestor pagou 80% do 13º salário no mês de aniversário do servidor, tendo os 20% que faltavam sido depositados no último dia 12. Legal!


Política com P maiúsculo


O fato de ser oposição, não impediu que o empresário e político Milton Andrade (PL) elogiasse o governo Belivaldo Chagas. O moço festejou “duas boas notícias para Sergipe nesse fim de ano: Ambev investirá 90 milhões, gerando 9 mil empregos diretos e indiretos e governo do estado, depois de seis anos, volta a pagar integralmente o 13° dentro do mês. O comércio já aponta reação”, afirmou. Em 2018, Milton Andrade disputou o governo estadual, sendo votado 35.111 eleitores, representando apenas 3,56% dos votos válidos. Aff Maria!


Recorte de Jornal


Publicado no jornal estanciano A Razão, em 28 de janeiro de 1912.