top of page
  • Foto do escritorLuxo Aju

Política by Adiberto de Souza



Sem tempo na TV, os partidos nanicos terão que se virar nos 30


Sem quase nenhum tempo no horário eleitoral gratuito, os chamados partidos nanicos terão que se rebolar para fazer chegar aos eleitores as mensagens de seus candidatos. Tal qual ocorreu nas últimas eleições, a internet será o principal meio de comunicação das legendas pequenas. Além do palanque virtual, os candidatos a prefeito e a vereador das siglas nanicas se valarão do corpo a corpo, da propaganda boca a boca. Claro, que os marqueteiros vão treinar os seus clientes sobre como se comportarem na internet. Mais do que ninguém, os publicitários sabem que quem vacilar corre o risco de dar com os burros n’água e morrer na praia. Também será preciso ficar atento para as fake news, que deverão inundar os aplicativos durante a campanha visando macular a imagem dos candidatos. Portanto, assim como será a praia da grande maioria dos candidatos sem direito ao horário eleitoral gratuito, a internet também pode funcionar como um tsunami e afogar aqueles que derem sorte ao azar. Nunca é demais lembrar que quem não sabe rezar, xinga Deus. Misericórdia!


Lula burguês


O PSTU quer distância do governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). A sergipana Vera Lúcia, líder nacional do partido, alerta os brasileiros para não depositarem nenhuma confiança na gestão do petista. “Esse é um governo de conciliação de classes, favorável aos interesses da burguesia”, discursa Vera. Para ela, a tarefa do PSTU é apontar a construção de uma alternativa revolucionária e socialista, devendo a classe trabalhadora se contrapor tanto ao governo Lula quanto à oposição ultradireita. Danôsse!


Pleno maior


O presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Ricardo Múcio de Abreu Lima, informou que as duas novas vagas do Pleno serão instaladas no dia 17 de novembro deste ano, elevando de 13 para 15 o número de desembargadores. Na mesma data serão lançados os editais visando preencher as duas vagas, a serem ocupadas por juízes, sendo uma pelo critério de antiguidade e a outra por merecimento. Segundo Ricardo Múcio, a ampliação do Tribunal Pleno vai otimizar os serviços jurisdicionais. Ah, bom!


Grana garantida


A Prefeitura de Aracaju vai pagar, no final deste mês, o piso da Enfermagem instituído pelo Governo Federal. De acordo com a secretária municipal da Saúde, Waneska Barboza, o repasse do recurso disponibilizado pelo Ministério está garantido. O pagamento do piso será feito aos servidores ativos em exercício das suas funções, de acordo com o recurso enviado nominalmente pelo Ministério da Saúde. Então, tá!


Regabofe palaciano


O governador de Sergipe, Fábio Mitidieri (PSD), recepcionou em palácio o prefeito em exercício Ricardo Vasconcelos (Rede) e os vereadores de Aracaju. Oposição e situação sentaram à mesma mesa para, entre uma garfada e outra, discutir sobre alguns problemas de Aracaju. O anfitrião aproveitou o regabofe para propagandear as obras que o governo pretende realizar na capital sergipana, com destaque para as duas pontes. A vereadora Emília Corrêa (Patriota) foi ausência notada no bem servido comes e bebes palaciano. Marminino!


Educação desigual


A situação educacional de jovens com idade entre 15 e 29 anos é um misto de avanços, problemas e desafios, de acordo com estudo divulgado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada. O levantamento mostra que o processo de escolarização da maioria dos jovens ainda é marcado por oportunidades limitadas e que, no Brasil, prevalecem expressivas desigualdades educacionais entre ricos e pobres, brancos e não brancos, e moradores de áreas urbanas e rurais e das diferentes regiões. Só Jesus na causa!


Advocacia em debate


Será encerrada hoje, em Aracaju, a XI Conferência Estadual da Advocacia. Desde ontem, advogados, estudantes de direito e autoridades discutem sobre temas atuais e relevantes do meio jurídico. Ao todo, são 36 palestras, distribuídas em 13 painéis, com muita troca de informações e experiências. Ontem, durante a solenidade de abertura no Teatro Tobias Barreto, o governador Fábio Mitidieri (PSD) assinou a ordem de serviço para o início das obras da nova sede da OAB, em um terreno doado pelo estado. Aff Maria!


Inauguração prestigiada


Políticos da região Sul de Sergipe prestigiaram a inauguração em Tobias Barreto da loja O Imperador, que promete inovar no ramo de confecções, fornecendo a matéria prima para o setor têxtil. A ex-deputada estadual Janier Mota (PR) lembrou que agora, graças ao empreendimento, Tobias Barreto e Itabaianinha terão acesso a maior diversidade para produção de peças. Já o deputado estadual Kaká Santos (União) disse que a loja vai fortalecer o ramo das confecções na região Sul de Sergipe. Arre égua!


Desemprego alto


O senador Rogério Carvalho (PT) lamentou que Sergipe apareça como o 6° estado com maior índice de desemprego do Brasil. “Essa situação reflete a necessidade urgente de políticas públicas voltadas para geração de empregos e o desenvolvimento econômico, visando a criação de oportunidades de renda para a nossa população”, discursou o petista. A Pesquisa Nacional de Amostra Domiciliar do IBGE revela que, de abril a junho deste ano, o índice de desempregados em Sergipe chegou a 10,3%. O estudo mostra, ainda, que a taxa de desocupação e desalento no estado é de 16,5%, sendo mais elevada que os 11,1% da nacional. Home vôte!


Aposta na cultura


A Assembleia promoveu uma sessão especial para comemorar os 20 anos de atividades culturais desenvolvidas pela Escola do Legislativo João de Seixas Dória. Placas alusivas à data foram entregues a 41 homenageados. “Espero que a Escola multiplique esta marca por mais 20, 40 anos, pois quem ganha são os servidores e a sociedade em geral”, discursou o presidente da Assembleia, deputado Jeferson Andrade (PSD). A Escola do Legislativo foi criada graças a um Projeto de Lei apresentado pelo então deputado Antônio Passos Sobrinho (União). Supimpa!


Ser ou não ser!


E a vereadora aracajuana Emília Corrêa (Patriota) alerta que na política não se pode ser escorregadio: “Ou é oposição ou é aliada. Os dois, não dá”, discursa. A parlamentar adverte que o povo não esquece o passado dos políticos. Segundo ela, cabe ao eleitorado colocar e tirar a pessoa da vida pública. A vereadora entende que “ser da situação não é pecado, mas eu sempre fui oposição”. Por fim, a ilustre pediu para ninguém esperar que ela seja diferente do que é. A quem será que Emília endereçou essa carapuça? Crendeuspai!



Comentários


bottom of page