top of page
  • Foto do escritorLuxo Aju

Política by Adiberto de Souza



Governo de Sergipe se diz novo, mas tem cara de velho


Embora propague ser novo e cheio de ideias progressistas, o governo de Sergipe é composto, em boa parte, por figuras resgatadas das gestões anteriores, algumas delas com propostas ultrapassadas. Ainda ontem, o governador Fábio Mitidieri (PSD) empossou o administrador de empresas George Trindade na presidência da Administração Estadual do Meio Ambiente. Trata-se de um técnico que desde 2013 vem se revezando em cargos comissionados tendo, portanto, passado pelas três últimas gestões estaduais. Antes desse fidalgo, o chefe do Executivo já havia nomeado nove ex-secretários dos governos Marcelo Déda (PT), Jackson Barreto (MDB) e Belivaldo Chagas (PSD). Ressalte-se também os inúmeros auxiliares do 2º escalão que transitam há décadas pela máquina estatal. Nada contra a nomeação deste ou daquele secretário, porém enquanto continuar se socorrendo com quadros que atuaram nas gestões anteriores e que não se destacaram pela inovação de ideias, Fábio Mitidieri não conseguirá sustentar o discurso de que faz um governo inovador, como tenta fazer crer a propaganda oficial. Marminino!


Câmara maior


Como já era esperado, a Câmara Municipal de Aracaju sancionou o projeto aumentando de 24 para 26 o número de vereadores, medida que já vale para as eleições de 2024. A ampliação do Parlamento aracajuano se fundamentou no censo demográfico 2022, que atestou o crescimento da população em 5,98%. O presidente em exercício da Câmara, Fabiano Oliveira (PP), fez questão de ressaltar que, embora o número de parlamentares tenha sido ampliado, não haverá aumento do orçamento do Legislativo. Ah, bom!


Triste constatação


A região Metropolitana de Aracaju tem mais de 400 mil domicílios particulares ou 41% das residências de Sergipe, conforme o último censo demográfico. Chama a atenção, porém, que somente na capital existem 48 mil moradias não ocupadas. Estes dados estão no artigo assinado pelas pesquisadoras Sarah Lúcia Alves França, Viviane Luise de Jesus Almeida e Catarina Carvalho Santos Melo. Segundo o estudo, nos outros três municípios da área metropolitana, Socorro apresenta o segundo maior número de domicílios desocupados: cerca de 16 mil. É lastimável que, enquanto há tantos domicílios vazios, falte moradias para milhares de famílias. Eita Brasilzão sem jeito!


Ponte festejada


O governador de Sergipe, Fábio Mitidieri (PSD), assinou, ontem, o edital para licitação da obra de construção do complexo viário sob o rio Poxim, que interligará a avenida Tancredo Neves ao bairro Coroa do Meio, em Aracaju. O empreendimento engloba um viaduto, uma ponte estaiada e ciclovia, resultando num investimento total de R$ 363,9 milhões. As obras devem ser iniciadas ainda este ano, com a expectativa de ficar pronta em 30 meses. O objetivo do projeto é melhorar a mobilidade urbana de Aracaju. Então, tá!


Igreja do barulho


Tem muita gente em Macambira, município da região agreste de Sergipe, tiririca de raiva com o padre Paulo Moura. Tudo porque, de uns dias pra cá, o reverendo deu pra ligar o alto-falante da Igreja às 5 horas da madrugada, acordando cristãos, ateus e demais viventes. Os opositores do barulho infernal antes de o sol raiar prometem bater à porta da Justiça para exigir que seja respeitada a lei do silêncio. Pelo visto, padre Paulo Moura deita cedo demais ou sofre de insônia. Crendeuspai!


Atrás de recursos


O presidente Lula da Silva (PT) e a ministra da Saúde, Nísia Trindade, receberam em audiência o senador Rogério Carvalho (PT). O petista se fez acompanhar do diretor do Hospital do Amor, Henrique Prata, e do lagartense Juquinha Carvalho. Segundo Rogério, está sendo feito um grande esforço visando conseguir os recursos para o hospital começar a funcionar. Após a conclusão da obra, o senador e demais lideranças políticas lagartenses estão se empenhando para garantir o custeio do hospital, especializado no tratamento do câncer. Tomara que consigam logo!


Correndo a sacolinha


A Cúria Metropolitana tem corrido a sacolinha para conseguir cerca de R$ 6 milhões visando concluir a demorada reforma da Catedral de Aracaju. Ontem, os religiosos receberam as visitas do senador Alessandro Vieira (MDB) e da deputada federal Katarina Feitoza (PSD), a quem pediram que coloquem emendas parlamentares dirigidas à obra. Anteriormente, os representantes do clero já fizeram o mesmo apelo aos demais integrantes da bancada federal de Sergipe. Pelo visto, agora a coisa anda. Aff Maria!


Defesa da moringa


A depender do deputado federal João Daniel (PT), a planta moringa será liberada para alimentação humana. Acompanhado por pesquisadores, o petista esteve na Anvisa reivindicando a liberação do uso da moringa pela população. Hoje ela já é utilizada na ração de aves, suínos e coelhos. De acordo com a professora Angélica Marquettoti Salcedo Vieira, da Universidade Estadual de Maringá, tanto a folha, quanto as sementes da moringa podem ser utilizadas pelos humanos. A planta possui propriedades antioxidantes, que promovem a inibição da oxidação de produtos e da rancidez em alimentos gordurosos. Danôsse!


Lenga-lenga


E o governador Fábio Mitidieri (PSD) voltou a receber a diretoria do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Básica do Estado de Sergipe. Na pauta, a proposta de retomada da carreira do magistério, uma velha reivindicação da categoria que vem sendo postergada há décadas. O pedessista repetiu que sempre esteve aberto ao diálogo e agendou uma nova reunião para quando outubro chegar. Quer apostar uma mariola de goiaba como os professores ainda vão gastar muita saliva antes que seja implantada a carreira do magistério? Só Jesus na causa!


De olho em 2026


O ministro Márcio Macêdo (PT) foi visitado pelo vereador aracajuano Zezinho do Bugio (PSB). Os dois trataram sobre “os investimentos históricos” que Aracaju receberá, graças às emendas parlamentar apresentadas pelo petista. O distinto também ressaltou o empréstimo de R$ 500 milhões que o Banco dos BRICS, presidido pela petista Dilma Rousseff, fará à Prefeitura da capital. Num discurso com tom eleitoral, Macêdo afirmou que continuará trabalhando por Aracaju e por Sergipe. E ainda há quem não acredite numa provável candidatura do ministro ao governo do estado, em 2026. Quem viver, verá!

Comments


bottom of page