top of page
  • Foto do escritorLuxo Aju

Política by Adiberto de Souza



O povo paga caro pela farra dos cargos em comissão


Quanto custa aos cofres públicos as sinecuras distribuídas com os parentes e agregados dos políticos? Taí uma resposta que ninguém possui, porém, todo mundo sabe que custa uma fortuna bancar os inúmeros cargos comissionados do governo estadual, das prefeituras, câmaras, etcétera e tal. Aprovada há alguns anos pelo Supremo Tribunal Federal, a súmula proibindo o nepotismo sempre foi desrespeitada pela maioria dos gestores. De lá pra cá, muita gente - e bote gente nisso - continua ocupando bem remunerados cargos em comissão apenas por pertencer às famílias dos chefes de plantão. Estes, na maior cara de pau, ressaltam a competência da filha, da mãe e da afilhada para justificar a malandragem. Em Sergipe, pouco ou quase nada tem sido feito contra o nepotismo disfarçado. As prefeituras do interior estão cheias de agregados dos prefeitos, as Câmaras de Vereadores não ficam atrás e por aí vai. Pelo visto, para moralizar o serviço público é necessário, além de uma súmula do Supremo, que a classe política respeite os cidadãos e cidadãs, que sustentam a máquina pública com o pagamento de escorchantes impostos. Misericórdia!


Magistério esperançoso


O Sindicato dos Trabalhadores em Educação Básica de Sergipe garante que há recursos de sobra no governo para implementar a carreira do magistério. Segundo o Sintese, os estudos de impactos sobre concessão deste benefício já foram projetados pela Comissão de Negociação, composta por educadores e secretários estaduais. Os professores esperam que na próxima audiência com o governador Fábio Mitidieri (PSD), agendada para o dia 11 de outubro, ele já anuncie o envio à Assembleia, ainda este ano, do projeto de lei instituindo a recomposição da carreira. Ah, bom!


Abaixo o preconceito!


Pesquisa de “Gênero e Número” mostra que 51% dos LGBTQIAPN+ sofreram algum tipo de agressão. Entre quem disse ter sido vítima, as mulheres lésbicas foram o maior grupo (57%), seguidas por trans e travestis (56%), gays (49%) e bissexuais (44,5%). De acordo com o estudo, as formas mais comuns de agressão foram violência verbal (94%), tratamento discriminatório (56%), assédio moral (54%) e violência física (13%). Crendeuspai!


Aliados invocados


Não convidem para o mesmo convescote o irmãos Fábio e Sérgio Reis – ambos do PSD – e Luiz Roberto (PDT), secretário do Desenvolvimento Urbano e Infraestrutura. Os dois manos estão tiriricas de raiva do pedetista, tudo por conta da demora do governo em concluir a pavimentação de vias públicas em Lagarto. O deputado Fábio Reis jura ter perdido a paciência com o secretário, que desde maio não consegue retomar as obras custeadas, em boa parte, por uma emenda parlamentar. Tomara que o governador Fábio Mitidieri consiga pacificar as relações entre o prestigiado auxiliar e os dois aliados políticos. Marminino!


Aborto legal


Mulheres sergipanas e representantes dos movimentos sociais e feministas se reuniram, ontem, para marcar a passagem do “Dia Latino Americano e Caribenho de luta pela Descriminalização e pela Legalização do Aborto”. Presente ao ato, a vereadora aracajuana Sônia Meire (Psol), disse ser preciso avançar na luta pela vida das mulheres e meninas que gestam e em favor do aborto legal, seguro e gratuito. Os participantes do encontro prometeram seguir acompanhando o julgamento da ação que tramita no Supremo Tribunal Federal em defesa da descriminalização do aborto até a 12ª semana. Então, tá!


Luto


Morreu ontem, o empresário Álvaro José de Carvalho Prado, 66 anos, que por muitos anos foi dono da concessionária Concorde. As primeiras informações dão conta que ele estava internado em um hospital da capital sergipana. O corpo do empresário está sendo velado no Cemitério Colina da Saudade, em Aracaju, onde será sepultado as 11 horas desta sexta-feira. Álvaro deixa duas filhas e netas. Descanse em paz!


Igreja na política


Foi-se o tempo que padres e pastores evangélicos queriam distância da política partidária. Chamavam de “coisa do diabo”. Agora, a ordem das igrejas é disputar todos os espaços de poder, principalmente no Legislativo. Segundo os religiosos, a igreja deve andar lado a lado com a política, pois “para que o mau prevaleça, basta que o bom se omita”. Cruzes! Também pregam que, no passado, ao se afastar da política a igreja ajudou a fortalecer políticos que buscam desconstruir os valores cristãos e da família. Deus é mais!


Energia do sol


A Administração Estadual do Meio Ambiente (Adema) enviou uma equipe a Canindé de São Francisco, no sertão do estado, para fazer a vistoria da área onde será instalado o Complexo Solar Nova Sergipe. O projeto ocupará uma área de mil hectares, estando previsto um investimento de R$ 1,5 bilhão. A estimativa é que o Nova Sergipe produza 400 megawatts de energia por hora, gerando abastecimento com anergia limpa para cerca de 1,8 milhão de pessoas. A previsão é que a obra seja concluída em cerca de 30 meses. Supimpa!


Mala preta


A compra e venda de votos ainda é uma realidade nesse Brasilzão de meu Deus. Recente pesquisa mostra que 28% dos entrevistados revelaram ter conhecimento ou testemunhado essa prática ilegal. A consulta apurou ser pequena a percepção de boa parte do eleitor de que comprar votos é um crime. O resultado da pesquisa permite afirmar que a famosa mala preta seguirá elegendo desonestos e fazendo a festa dos eleitores menos esclarecidos. E estes mesmos suplicantes que vendem os votos vivem falando mal dos políticos corruptos. Home vôte!


Missa de 7º Dia


Será celebrada, domingo próximo, a missa de 7º dia em sufrágio da alma do empresário de eventos José Carlos Mendonça, popularmente conhecido por “Pinga”. O ato religioso está agendado para às 18 horas, no anexo da Rádio Cultura, onde funciona provisoriamente a Catedral Metropolitana de Aracaju. Sergipano de Propriá, “Pinga” morreu na madrugada da última segunda-feira, no Recife, onde residia há muitos anos. Carlos Mendonça construiu o seu nome como proprietário da Pinga Promoções Artísticas, empresa que promoveu mais de 15 mil eventos em todo o Brasil. Prestigie!


Vão às urnas


O próximo domingo será marcado pelas eleições para escolher os conselheiros tutelares, que vão compor a rede de proteção de crianças e adolescentes. Em Aracaju, serão eleitos 30 conselheiros. Ao todo, são 122 candidatos que podem ser votados em 33 locais onde s urnas eletrônicas serão instaladas. Para votar, é preciso ser maior de 16 anos, estar quite com a Justiça Eleitoral e comparecer ao local de votação portando um documento com foto e/ou o e-título. Participe!


Filosofia de Britto


Do sergipano Carlos Ayres de Britto, ministro aposentado do Supremo Tribunal Federal: Sirius e Canopus deixaram de ser as estrelas mais brilhantes do Universo, tão logo Elis e Tom concluíram a gravação de “Águas de Março”. Aff Maria!

Commentaires


bottom of page