top of page
  • Foto do escritorLuxo Aju

Política by Adiberto de Souza

Mitidieri estaria escanteando a família Reis?


Causou estranheza a queixa do deputado federal Fábio Reis (PSD) contra o secretário Luiz Roberto, do Desenvolvimento Urbano e Infraestrutura. Segundo o parlamentar, o auxiliar do governo botou no esquecimento uma obra iniciada em Lagarto e paralisada desde maio passado. Ora, será que o secretário paralisou o empreendimento a contragosto do governador Fábio Mitidieri (PSD) ou foi aconselhado no governo a deixar como está para ver como é que fica? E por que, em vez de criticar o secretário, o deputado não reclama de Mitidieri, detentor da caneta para exonerar quem afronta seus aliados políticos? Estas e outras indagações estão sendo feitas pelas esquinas de Sergipe. Também tem gente supondo que a demora da Secretaria em retomar a obra visa contrariar a família Reis, adversária dos Ribeiro, também aliados do governador e com um maior poder de fogo. Enquanto os Reis contam apenas com o mandato de Fábio, os Ribeiro exibem orgulhosos um deputado federal, uma deputada estadual, uma prefeita e um conselheiro do Tribunal de Contas de Sergipe. Diante disso, surge uma importante indagação: em qual palanque Fábio Mitidieri subirá nas eleições de Lagarto, em 2024? Marminino!


Batendo pesado


A deputada estadual Linda Brasil (Psol) garante que o governador Fábio Mitidieri (PSD) não tem competência para administrar Sergipe sendo, portanto, incapaz de gerir a máquina pública. A crítica da parlamentar foi feita após a aprovação pela Assembleia do Projeto de Lei autorizado o Estado a criar o Programa das Organizações Sociais (OS’s). De acordo com a psolista, o Legislativo autorizou o governo a passar para a iniciativa privada a gestão de serviços públicos importantes, como saúde e educação: “Fábio está entregando o nosso dinheiro nas mãos dos empresários”, acusa Linda Brasil. Crendeuspai!


Novos conselheiros


Mais de 29 mil eleitores foram às urnas em Aracaju, ontem, para eleger 30 conselheiros tutelares. O pleito contou com 34 locais de votação e 130 seções eleitorais, distribuídos entre os seis distritos. O processo eleitoral teve a participação de 12% a mais do número de votantes da eleição anterior. Os conselhos tutelares são órgãos permanentes e zelam pelo direito das crianças e dos adolescentes. Em Aracaju, o salário de conselheiro tutelar é de R$ 1.972,08. A posse dos eleitos está prevista para o dia 10 de janeiro de 2024. Então, tá!


Volta pra casa


O prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira (PDT), está reassumindo o cargo hoje, após passar 15 dias na China em viagem oficial. Neste período, a chefia do Executivo aracajuano ficou sob a responsabilidade do vereador e presidente da Câmara Municipal, Ricardo Vasconcelos (Rede). Logo após reassumir o comando da capital sergipana, Edvaldo será homenageado com a Medalha Mérito Bombeiro Militar, em solenidade alusiva aos 103 anos da corporação. Ah, bom!


Fake news, a praga


As notícias falsas têm preenchido o tempo dos desocupados e tirado o sono das pessoas atingidas pelas fofocas. Políticos desprovidos de ética fazem uso de mentiras para desgastar os adversários. Por ser um ano eleitoral, 2024 vai registrar um verdadeiro festival de fake news produzidas para atingir os candidatos, principalmente os majoritários. Cabe ao cidadão avaliar cada informação recebida e só passá-la pra frente se atestar a sua veracidade. Nunca é demais lembrar que quem propaga mentiras é tão culpado quanto quem às cria. Portanto, se ligue para não se complicar depois. Danôsse!


Dores de luto


A cidade de Nossa Senhora das Dores parou, ontem, para assistir o sepultamento do ex-prefeito José Américo de Almeida Filho. Antes do enterro, ocorreu uma missa de corpo presidente. O político morreu no último sábado, num hospital de Aracaju, onde estava internado há dias. José Américo era irmão do ex-prefeito de Aracaju e ex-deputado Almeida Lima. Em nota, a Prefeitura de Nossa Senhora das Dores lamentou a morte do político. Descanse em paz, amigo!


Sucessão indefinida


Ainda deve demorar algum tempo para os partidos definirem com quais chapas vão às eleições em Aracaju, em 2024. Tanto governistas quanto oposicionistas não demonstram pressa em iniciar os entendimentos em torno da disputa majoritária. É claro que a imprensa segue queimando possíveis postulantes à cadeira de prefeito e lançando candidaturas, mas estas não passam de balões de ensaio. Pelo andar da carruagem, as composições só acontecerão depois do carnaval de 2024, sendo que algumas só serão definidas nas convenções partidárias. Até lá, muita gente, inclusive quem não possui qualquer expressão política em Aracaju, tentará compor as chapas majoritárias. Home vôte!


Faltoso contumaz


O deputado federal Gustinho Ribeiro (Republicanos) está entre os cinco deputados federais que mais faltaram às sessões sem justificativas. Desde que tomou posse, no início deste ano, o parlamentar sergipano esteve ausente do plenário 13 vezes, ou 16,25% das sessões legislativas. Reportagem publicada pelo portal de notícias Metrópoles revela que o campeão de faltas sem justificativas é o deputado Júnior Lourenço (PL-MA), com 23 ausências. Misericórdia!


Trair e coçar...


É estranho ouvir políticos reclamando que foi traído, ou que o governo está cheio de ocupantes de cargos em comissão que votam na oposição. Alguns reclamam pelos cantos que, mesmo tendo apoiado o governador Fábio Mitidieri (PSD) jamais foram chamados para empregar os apadrinhados numa sinecura. Ora, e qual é o político que não acende uma vela para Deus e outra para o diabo? Aos queixosos que andam por aí, com anzol nas costas, procurando traídas, vale lembrar o velho adágio popular: trair e coçar, é só começar. Desconjuro!


Afiando o discurso


Em resposta ao desafio feito pelo ministro da Educação, Camilo Santana, para falar sobre um destino turístico do Brasil, o também ministro Márcio Macêdo encheu a bola de Sergipe: “Nossa terra tem a maior preciosidade de uma nação: seu povo. Além disso, somos a terra do amendoim cozido, do caranguejo, praias de Pirambu, Abais, de Atalaia e do Saco. Das cidades históricas de Laranjeiras e São Cristóvão. Do Cânion de Xingó e da Grota do Angico, local de morte de Lampião e Maria Bonita e fim do cangaço”. Até parece que Márcio está afiando o discurso para quando 2026 chegar. Aff Maria!


Abaixo o desmatamento


E o vereador aracajuano Breno Garibalde (União) está preocupado com o desmatamento que vem ocorrendo no bairro Jabotiana. Após o parlamentar pedir ajuda ao promotor de Justiça Eduardo Matos, este verificou que as obras realizadas naquela área periférica de Aracaju foram autorizadas pela Justiça Federal. “Lamentavelmente, a justiça liberou e o nosso Plano Diretor vigente permite esses absurdos”, se queixa Breno. O vereador não escondeu o seu sentimento de impotência para preservar o verde no bairro Jabotiana. Só Jesus na causa!



Comments


bottom of page